Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Tomodachi (ともだち)

Little Tomodachi (ともだち)

30
Jun22

A aplicação que o leva a descobrir as praias e tesouros escondidos da Costa Vicentina

Niel Tomodachi

O percurso começa em Sines e termina em Burgau. Inclui mais de 20 praias secretas e mais de 250 quilómetros de estrada.

Mesmo quem se orgulha de conhecer muito bem o território nacional, não poderá afirmar com absoluta certeza que já conhece todos os recantos de Portugal. Provavelmente ainda terá muito para descobrir pelo País. Embora seja pequeno, tem vários tesouros escondidos, e a nova rota da Letzgo Travel quer dar a conhecer uma região cheia de encantos: a Costa Vicentina.

É a experiência perfeita para quem deseja viajar ao seu próprio ritmo e ideal para todos que gostam de passear de carro com os amigos e família. Começa em Sines e termina no Burgau.

No total, inclui mais de 40 pontos de interesse, mais de 20 praias secretas e uns impressionantes 250 quilómetros de estrada. Todo o percurso é feito com recurso a um assistente virtual que lhe irá dizer por onde deve ir, o que está a ver e que lhe contará alguns dos segredos bem guardados desta zona.

A rota pela Costa Vicentina custa 25€ na aplicação, mas os primeiros 500 novos utilizadores a descarregarem a app recebem-na de graça. A Letzgo Travel é gratuita e está disponível para os sistemas operativos Android e iOS

 

20
Mai22

Esqueça os hotéis. Pode dormir neste moinho de vento por apenas 54€

Niel Tomodachi

O Casal do Moinho foge aos padrões tradicionais de alojamento. Tem sido um sucesso entre os casais no AirBnB.

Já lá vai o tempo em que os moinhos serviam apenas para transformar a energia eólica noutro tipo de energia. Agora, também são utilizados como alojamento e procurados por casais que querem fazer uma escapadinha romântica no meio da natureza. 

No AirBnB há inúmeros alojamentos insólitos que nos dão vontade de sair da zona de conforto e de fugir aos hotéis tradicionais, sobretudo agora com a nova atualização do site. E por que não passar uma noite dentro de um moinho?

A 40 minutos de Lisboa, há um espaço deste género que tem sido um sucesso na plataforma. Com um jardim, uma piscina exterior sazonal e vista para o lago, o Casal do Moinho é uma casa de férias fora do comum. Fica em Enxara do Bispo, em Mafra, e tem uma pontuação de 4,80 estrelas em cinco no AirBnB. O moinho de vento foi restaurado para oferecer todas as condições necessárias para uma experiência única no meio de uma beleza rural natural.

Situado num planalto no interior de Portugal, dentro do moinho há uma cozinha com micro-ondas, um frigorífico e uma chaleira. O alojamento tem ainda uma casa de banho com chuveiro, um quarto com uma cama e um espaço comum com um sofá-cama. Dá para quatro hóspedes e o preço é bastante amigável: só custa 54€ por noite, mais a taxa de serviço.

Durante o dia, pode aproveitar para fazer uma caminhada até ao cimo da Serra do Socorro. As redondezas do moinho estão cheias de jardins floridos e um pequeno lago de peixes e tartarugas. 

Os hóspedes têm livre acesso à piscina exterior e às espreguiçadeira. De manhã, quando acordam, recebem um pequeno-almoço continental.

 

11
Mai22

As melhores escapadinhas para descobrir os campos floridos em Portugal

Niel Tomodachi

Longe da confusão da cidade e no meio da natureza existem vários Airbnb perfeitos para aproveitar os dias longos da primavera.

A primavera é sinónimo do desabrochar das flores e dos longos dias de sol com temperaturas amenas. É, portanto, a altura perfeita para uma escapadinha romântica no meio da natureza, onde o barulho ensurdecedor da cidade é substituído pelo chilrear dos pássaros.

Com a chegada do mês de maio, os campos no interior de Portugal estão ainda mais bonitos, proporcionando um verdadeiro espetáculo de cor e aromas. Se quer aproveitar os dias mais longos mas não sabe onde, existem uma série de alojamentos que pode encontrar na plataforma Airbnb e que são perfeitos para desfrutar dos campos floridos de maio. De norte a sul do País, e sem esquecer as ilhas, encontra várias opções para aproveitar a primavera na sua máxima beleza.

A primeira sugestão são as cabanas na Villa Campus, em Santarém, uma autêntica eco-experiência, onde pode também aproveitar várias atividades como percursos pedestres e provas de vinho. Com uma cama e um sofá cama duplo, uma piscina partilhada e uma área de entrada reservada com um banco, cadeiras e mesas, não precisa de muito mais para aproveitar estes dias de férias. 

O alojamento proporciona um conjunto de rotas e experiências, disponibilizando um mapa com vários percursos que o levam a descobrir o rio Alviela e o aqueduto de água que vem da barragem de Castelo de Bode para Lisboa. Cada uma das noites tem um custo de 123€, com as taxas de limpeza e de serviço já incluídas.

Outra opção de escapadinha no meio da natureza é o retiro de paz na montanha, em Vinhais, Bragança. Uma casa de campo restaurada, situada numa antiga aldeia abandonada, onde encontrará o conforto necessário para um convívio com amigos. Com uma varanda com uma vista incrível para a montanha, este alojamento tem com dois quartos, uma casa de banho, uma sala acolhedora e uma cozinha totalmente equipada. A estadia mínima é de três noites, que acabam por custar, no total, 305€, já com a taxa de limpeza e de serviço.

Quando se fala em passar a noite em plena natureza, é impossível deixar de fora a ilha de São Miguel, nos Açores. Mesmo ao lado de uma lagoa vulcânica, nas Sete Cidades, Ponta Delgada, poderá reservar uma casa rústica com uma arquitetura de raiz tipicamente açoriana. Os hóspedes têm acesso a todas as áreas da casa e jardim e ainda podem usufruir das bicicletas e caiaques disponibilizadas pelo alojamento. Com três quartos, uma sala de estar e de jantar, uma cozinha totalmente equipada e um quintal, a estadia mínima é de três noites (381€).

 

09
Mai22

A nova app que facilita a vida aos turistas que visitam o norte do País

Niel Tomodachi

Explorar o mapa da região, pesquisar ofertas turísticas por categorias e consultar informações são algumas das funções da app.

Vivemos numa era digital na qual os telemóveis raramente ficam esquecidos em casa, uma realidade que permitiu a criação de múltiplas aplicações que salvam qualquer um em momentos de maior desespero. Como, por exemplo, visitar uma nova cidade e não saber por onde começar. 

A nova app portuguesa WeDoVisit, recentemente lançada e apresentada na BTL ‒ Bolsa de Turismo de Lisboa, ajuda precisamente os turistas ‒ nacionais e estrangeiros ‒ a conhecerem os pontos de referência do norte do País. A um clique de distância, podem definir o plano da visita e ter acesso a uma experiência mais personalizada. 

“A WeDoVisit foi pensada para dar resposta a uma nova forma de fazer turismo, tendo em conta as mais recentes tendências de mercado e o novo perfil de visitante que se começa a afirmar. Uma forma mais autónoma e pessoal de viajar onde cada um assume as rédeas da sua estadia e define os seus planos de passeio, propondo-se a conhecer o destino ao seu ritmo e privilegiando as ofertas que mais se adequam às suas motivações e interesses”, lê-se no comunicado.

Com esta aplicação os utilizadores podem explorar o mapa da região selecionada, consultar informações sobre os principais pontos de interesse, pesquisar ofertas turísticas por categorias e guardar os locais favoritos. O grande destaque da plataforma é a possibilidade de poder responder a um pequeno questionário para conhecer as preferências pessoais de cada um. Assim, o visitante consegue encontrar um conjunto de artigos e sugestões sobre o que pode fazer e visitar. 

Depois de instalar a WeDoVisit, o primeiro passo é escolher o destino que pretende visitar: Porto, Minho, Douro e Trás-os-Montes. De seguida, pode escolher as várias categorias disponíveis: alojamento, atividades ao ar livre, desportos, gastronomia e vinhos, património, saúde e bem estar, serviços, tours, transportes, vida noturna, arte e cultura e outras informações úteis. 

“O que o inspira nas suas viagens? Uma paisagem, uma história, um sabor ou um sentimento?” ou “o que mais gosta de fazer?”, são algumas das questões que a aplicação coloca aos seus utilizadores. Com base nas respostas, o utilizador recebe uma lista de opções que vão ao encontro às suas preferências. 

O projeto apresenta-se como a app oficial da região norte, que será promovida em toda a rede de postos de turismo da região, do Porto ao Minho, e do Douro a Trás-os-Montes. A ideia é “colocar a inovação digital ao serviço dos turistas” e dar a conhecer locais menos convencionais e tradicionalmente menos visitados, como as zonas do interior. 

“Sendo um setor que ainda está a dar os primeiros passos nesta área,o potencial de oportunidades que podem ser exploradas é enorme. Desde logo, a segmentação de ofertas e a dinâmica de apresentação de sugestões personalizadas, em função dos perfils e das características, são alguns dos benefícios mais evidentes que esta aplicação vem proporcionar, não apenas aos utilizadores, mas também aos parceiros deste projeto”, explica Ana Bessa, a responsável de marketing da WeDoVisit.

aplicação é gratuita e os conteúdos estão disponíveis em português e em inglês para os sistemas Android e iOS. 

 

08
Mai22

O circuito que o leva a conhecer as paisagens únicas das ilhas norueguesas

Niel Tomodachi

Vai poder dormir nas casas tradicionais dos pescadores da Noruega . Conheça os pormenores deste roteiro incrível.

Já não há desculpas para adiar ainda mais aquela viagem que está na sua bucket list há anos. Com o levantamento das restrições e com o mundo a regressar lentamente ao normal, é hora de tirar do armário a mala de viagem que ficou fechada a sete chaves durante a pandemia e partir para uma aventura inesquecível. 

Com tantas ofertas e destinos incríveis, a tarefa de escolher o melhor sítio para visitar pode ser bastante complicada. Para o ajudar nessa indecisão, a Nordictur tem vários pacotes de viagens impossíveis de resistir. Um deles, leva-nos às fantásticas ilhas norueguesas Lofoten e Vesteralen. 

Com partidas diárias até 30 de setembro de 2022, o primeiro passo para embarcar nesta aventura é apanhar um avião até Oslo, capital da Noruega. Depois de aterrar, deverá seguir para o alojamento Comfort Hotel Børsparken ou similar no centro da cidade, onde pernoitará no primeiro dia no país nórdico.

No dia seguinte, já depois de uma boa noite de sono, aproveite o pequeno-almoço no hotel para repor energias, até porque vai ser um dia longo a explorar a cidade. O roteiro é livre e pode planear o programa a seu gosto, mas a empresa recomenda que visite alguns pontos específicos de Oslo, como o Palácio Real, o Teatro Nacional e o Parque Frogner. Este último trata-se de um bizarro parque de esculturas de Gustav Vigeland, com mais de 200 obras que mostram figuras humanas com diversos estados de espírito e em momentos diferentes da vida. 

Depois de explorar a cidade, no terceiro dia irá despedir-se da capital norueguesa e seguir caminho para o próximo destino: Harstad. Para chegar lá, terá de apanhar um avião até Evenes, onde irá apanhar o transporte que o vai acompanhar durante toda esta aventura. 

No quarto dia, a viagem continua, desta vez em direção a Andenes, nas ilhas Vesteralen. Durante o caminho, irá passar por vales e vilas como Kvaefjord, Refsnes e Flesnes. Pode aproveitar o resto do dia para visitar o Museu da Baleia ou fazer um passeio de barco com direito a observação de baleias.

O dia seguinte começa com uma viagem até à capital das ilhas Lofoten, onde irá passar pelas cidades de Sortland e Stokmarknes. Nesta última cidade, a Nordictur recomenda uma visita ao Museu Noruegês do Coastal Express, que mostra a história do navio através de fotografias, exibições, pinturas e filmes históricos. Nesse dia, irá passar a noite num Rorbu, as tradicionais casas norueguesas utilizadas pelos pescadores, na região de Svolvaer.

As casas tradicionais da Noruega.
 
 

Depois da experiência de dormir como um verdadeiro pescador da Noruega, dá-se início ao sexto dia, que será livre. Pode aproveitar para explorar as vilas mais pitorescas da região, as praias de areia branca e as pequenas aldeias de pescatórias. É uma oportunidade única para descobrir o método tradicional da seca do bacalhau, a principal atividade económica de Svolvaer. Se ainda tiver tempo livre, o aquário e o Museu de Kabelvag são outras opções interessantes.

No sétimo dia, vai apreciar as paisagens únicas da região numa viagem rumo ao sul. Pelo caminho, não deixe de conhecer o Museu Viking em Lofotr e a vila piscatória de Nusfjord. A noite voltará a ser passada num Rorbu tradicional, desta vez na região de Reine. 

Recuperadas as energias, tem o dia livre para explorar toda a região e ficar encantado com as tradicionais casas em madeira e cheias de cor. O circuito continua no dia seguinte e o último destino da viagem é Henningsvaer, uma das maiores vilas piscatórias da região. Aproveite bem, porque depois é dia de regressar à capital da Noruega e aproveitar a última noite no país nórdico.

Os roteiros para as ilhas Lofoten e Vesteralen começaram em maio e vão funcionar até setembro deste ano. A opção mais económica custa 2.070€ para duas pessoas, sem o voo incluído. Existem viagens de ida e volta desde 194€ com saída do Porto e, a partir de Lisboa, a viagem custa desde 144€. Se preferir, pode escolher o pacote com o voo incluído, por 3.045€.

 

05
Mai22

Comboio Histórico do Douro regressa a 4 de junho, com viagens até outubro

Niel Tomodachi

O Comboio Histórico regressa à Linha do Douro a 4 de junho, estando programadas 37 viagens até 29 de outubro entre as estações do Peso da Régua e do Tua, anunciou ontem a CP.

A CP — Comboios de Portugal disse hoje, em comunicado, que a campanha de 2022 arranca a 4 de junho, com viagens todos os sábados, até 29 de outubro, e aos domingos, de 3 de julho a 9 de outubro.

A composição inclui cinco carruagens de madeira, datadas do início do século XX e a locomotiva a vapor, percorrendo o percurso habitual pelo Património Mundial da Humanidade, entre o Peso da Régua (distrito de Vila Real) e o Tua (distrito de Bragança), com paragem na vila do Pinhão. As carruagens possuem 254 lugares.

Antes da partida do comboio, na estação, há uma receção aos clientes e a bordo há animação com danças e cantares regionais.

Depois, no Pinhão (Alijó) os turistas podem observar os painéis de azulejos da estação e o abastecimento de água à locomotiva, e em Foz — Tua podem visitar o Centro Interpretativo do Vale do Tua.

O programa do Comboio Histórico na Linha do Douro arrancou no final da década de 90.

Entre as principais propostas de melhoria que resultaram da consulta realizada pela CP aos clientes do Comboio Histórico do Douro encontram-se a inclusão da inversão da locomotiva no serviço e a realização de uma visita ao Centro Interpretativo do Vale do Tua.

 

03
Mai22

A cidade portuguesa que todos os amantes de gastronomia têm de visitar

Niel Tomodachi

O ranking da Holidu destacou a cidade nortenha, nomeadamente a francesinha e as ruas estreitas e cheias de cor.

Há quem viaje à procura de boas praias, calor ou festas que durem a noite toda. Outros gostam de partir em busca de boa comida e bons vinhos — entre visitas a monumentos históricos. Para quem pertence a este último grupo, opções não faltam e para ajudar na escolha, o Holidu (um motor de pesquisa para casas de férias) elaborou um ranking que com as cidades onde é possível ter uma experiência gastronómica fantástica, sem gastar um balúrdio.

Para criarem o índice, compilaram uma lista com as 150 melhores cidades do mundo segundo o site bestcities.org e também utilizaram a base de dados do custo de vida da Numbeo. Tiveram em consideração ambos os fatores e ordenaram as cidades da mais barata à mais cara. O resultado final foi um ranking com algumas entradas surpreendentes e outras expectáveis.

Apenas existe uma cidade portuguesa no top 10: o Porto. A cidade nortenha ficou na sétima posição. Segundo o Holidu, o preço médio de uma refeição fica nos 36,50€, enquanto que um capuccino ronda os 1,58€. Em termos gastronómicos, destacam, claro, a francesinha, “uma deliciosa sanduíche com carne de vaca, linguiça, salsicha fresca, queijo e molho.”

A enorme beleza da cidade como as ruas estreitas onde encontramos casas cheias de cor e personalidade, galerias de arte, miradouros que oferecem paisagens de cortar a respiração e ainda enormes espaços verdes, também foram destacados.

Segundo a lista do site, é em Belgrado (Sérvia) que terá uma experiência gastronómica fora de série sem ter de pagar muito por isso. Ali, uma refeição de três pratos para duas pessoas fica por menos de 30€. Pode passar pelos restaurantes ou simplesmente visitar os vários stands de comida que encontrará pelas ruas. A capital sérvia tem também uma energia frenética e um ambiente jovem, sendo o destino perfeito para pessoas mais novas e que procuram novas experiências.

Na segunda posição encontramos Budapeste (Hungria). “A cura das águas termais, a arquitetura impressionante e a incrível vida noturna não são as únicas razões pelas quais Budapeste é um destino muito procurado”, começam por dizer. Num restaurante barato uma refeição custa, em média, 6,56€. As cervejas são ainda mais baratas, rondando os 1,71€. Graças aos ruin bars, bares situados no interior de edifícios abandonados, Budapeste consegue proporcionar um ambiente bastante hipster. Nestes espaços não faltam graffitis e plantas coloridas como decoração.

O top 3 é encerrado por Sófia (Bulgária). Quem visita este país costuma dar uma maior atenção às montanhas e às praias na costa, mas na capital encontrará todo um mundo por descobrir. Na verdade, é devido ao facto de ser tão desvalorizada que acaba por se tornar numa cidade que vale a pena visitar. Ali, não encontrará multidões e ambientes caóticos. E opções ond comer petiscos típicos búlgaros, refeições vegetarianas ou provar cervejas artesanais não faltam.

 

17
Abr22

Já há data para a reabertura da catedral de Notre-Dame

Niel Tomodachi

A catedral de Notre-Dame, símbolo de Paris, vai voltar a poder ser visitada em 2024, cinco anos depois de um violento incêndio que quase a destruiu, a 15 de abril de 2019.

A data coincide com a realização dos Jogos Olímpicos na capital francesa.

A revelação foi feita pelo padre Nuno Aurélio, reitor do Santuário de Nossa Senhora de Fátima de Paris. “Dois mil e vinte e quatro mantém-se como o ano da reabertura, mas não estará tudo terminado”, explicou à Agência Lusa.

A fase de reconstrução deste monumento simbólico só começou no início de 2022, após sucessivos atrasos devido à descontaminação por chumbo, à pandemia da covid-19 e às escavações arqueológicas.

“Há partes do próprio edifício que têm agora de ser reconstruídas. Não houve grandes danos nos vitrais e os mais importantes foram salvos porque quando caiu o teto da catedral acabou por criar um efeito de chaminé e o calor dissipou-se, não os danificando”, descreveu o padre Nuno Aurélio.

O fogo começou ao final da tarde no telhado e causou a queda deste, além de outros danos significativos.

Na altura, a igreja estava a ser alvo de obras de restauro, presumindo-se que o sinistro possa estar relacionado com as mesmas.

A restauração da catedral de Paris está a cargo do Estado francês, com 1.200 toneladas de andaimes a tornarem possível a reconstrução do que se chama a ‘floresta’ de Notre-Dame, a estrutura em madeira que suporta o telhado da igreja.

Para isso, foram cortados 1.000 carvalhos, que chegaram de toda a França e cuja madeira está agora a ser seca e tratada.

Esta nova floresta deve começar a chegar aos ateliês dos carpinteiros no início de 2023 e será depois instalada.

No interior da catedral também já começaram os trabalhos de restauro, financiados pela Igreja. Entre 150 e 180 pessoas dedicam-se atualmente a este trabalho minucioso, que inclui a pintura e a escultura, podendo chegar às 400 quando a restauração se acelerar.

 

12
Abr22

A melhor praia da Europa fica em Portugal (e a terceira também)

Niel Tomodachi

A Praia do Porto Santo, na Madeira, conquistou o primeiro lugar no ranking do "European Best Destinations", com 22 entradas.

Não há português alheio ao facto de que Portugal tem praias inacreditáveis, que brilham ora pelos acessos ao mar, ora pelo areal suave que se estende por vários quilómetros, ora pelos dois. A sua fama, contudo, vai muito além das fronteiras nacionais, facto que se comprova facilmente pelas distinções que volta e meia recebe de viajantes internacionais.

Depois dos utilizadores do Tripadvisor terem colocado a Praia da Falésia, no Algarve, em 12.º lugar numa lista com as 25 melhores praias do mundo para visitarmos em 2022, foi a vez de viajantes de todas as latitudes elegerem a praia de areia dourada de Porto Santo como a melhor da Europa. Destaca-se mum ranking com 22 entradas compilado pelo “European Best Destinations”.

Localizada no arquipélago da Madeira, que o site descreve como ideal para quem procura “um destino seguro e ensolarado, que combina natureza, bem-estar, desporto ao ar livre, gastronomia, golfe e ociosidade”, sobressai pelo areal dourado de grão fino e macio que trouxe fama a Porto Santo.

De acordo com a Direção Regional do Turismo, estas areias “são constituídas por microfósseis e pequenos fragmentos de algas calcárias, conchas de moluscos e outros restos fossilizados de organismos marinhos”, símbolo de “um passado com cerca de 30 mil anos de história” e “de imensa produtividade biológica”, que chegou à atualidade “apresentando qualidades e atributos terapêuticos e medicinais” muito “importantes para o tratamento de doenças do foro ortopédico e reumático, entre outras enfermidades”.

“O clima estável e seco com muito sol durante todo o ano e um mar cálido de águas límpidas e tranquilas” que “convidam a banhos prolongados e à prática de uma grande variedade de desportos náuticos” são a cereja no topo do bolo que tornam esta praia tão especial.

A praia de Bolonia, em Espanha, e a do Porto do Seixal, também na Madeira, fecham o pódio da “European Best Destinations”. “Esta praia incrivelmente instagramável, de areia preta vulcânica, é rodeada por restaurantes, chuveiros e casas de banho, além de acomodações com vista para o mar e falésias”, diz a publicação sobre o segundo representante nacional.

Praia do Porto do Seixal. Fotografia: Site Visit Madeira.
 
 
10
Abr22

O histórico comboio a vapor do Vouga volta a circular nos dias 16 e 17 de abril

Niel Tomodachi

Celebre a Páscoa enquanto descobre esta região incrível a bordo de um veículo ferroviário único. Os bilhetes já estão à venda.

Aveiro é o ponto de partida de uma viagem que tem tudo para tornar a sua Páscoa inesquecível. Trata-se de mais uma edição especial e limitada do histórico comboio a vapor do Vouga que, nos dias 15 e 16, leva os apaixonados por paisagens arrebatadoras até Macinhata do Vouga.

De acordo com a CP — Comboios de Portugal, “além da icónica locomotiva a vapor construída pela casa alemã Henschel & Sohn, o comboio circulará com uma carruagem napolitana da década de 30 do século passado” e “três carruagens históricas de madeira construídas na Bélgica (1908), Alemanha (1925) e em Portugal (1913)”. Esta última “nas oficinas do Porto, pelos então Caminhos de Ferro do Estado”.

O trajeto de ida tem início às 9 horas. Antes de chegar ao destino final, às 10h43, conte parar em Águeda entre as 9h56 e as 10h11 para o embarque de mais passageiros. Já em Macinhata terá à sua espera um grupo de música e cantares tradicionais da região, bem como uma mostra de produtos regionais. Haverá ainda tempo para uma visita ao Museu Ferroviário.

Para regressar ao ponto de partida, deve estar pronto para arrancar às 12h15. Chegará a Aveiro pelas 14h06, depois de uma nova paragem em Águeda entre as 12h45 e as 13h05. 

Naquela que é a cidade mais romântica da Europa para os leitores do “The Guardian”, poderá aproveitar para visitar o edifício da antiga estação de Aveiro, com 59 painéis de azulejos — que retratam profissões, figuras locais e paisagens da região e do País — a decorar ambas as fachadas, descreve a CP. “Para além disso [os viajantes] poderão conhecer e adquirir diversos produtos identitários (sal, ovos moles, vinhos e espumantes da Bairrada), acrescenta.

Por último, a empresa lembra que “caso se verifique a impossibilidade de utilização da locomotiva a vapor CP E214, recorrer-se-á à locomotiva diesel 9004, usada nas edições de verão”.

Para subir a bordo deste comboio, não se esqueça de comprar bilhete (online ou nas bilheteiras físicas). Para os adultos custam 35€, para as crianças dos 4 aos 12 anos ficam por 25€.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Quotes:

“How wonderful it is that nobody need wait a single moment before starting to improve the world.” ― Anne Frank

Pesquisar

Nelson's bookshelf: currently-reading

Alfie - O Gato do Bairro
tagged: currently-reading

goodreads.com

2022 Reading Challenge

2022 Reading Challenge
Nelson has read 0 books toward his goal of 50 books.
hide

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Afiliado Wook

WOOK - www.wook.pt

Comunidade Bertand

Afiliado Miniso

Read the Printed Word!

Em destaque no SAPO Blogs
pub