Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Tomodachi (ともだち)

Little Tomodachi (ともだち)

19
Mai22

Vida de Zelensky contada em novo livro de banda desenhada

Niel Tomodachi

Parte das receitas da venda será doada à Cruz Vermelha.

Vida de Zelensky contada em novo livro de banda desenhada

história de vida do presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, vai ser contada num novo livro. Depois da biografia, que chegou às bancas portugueses na semana passada, Zelensky vê a sua vida e a sua jornada de comediante a líder em tempos de guerra no livro de banda desenhada ‘Political Power: Volodymyr Zelensky’, publicado pela TidalWave Comics.

Segundo a agência de notícias Reuters, trata-se de um livro de 22 páginas, que “conta a história de como Zelensky, que uma vez interpretou um presidente fictício num programa de televisão, foi levado ao poder em 2019, prometendo acabar com uma guerra de separatistas apoiados por Moscovo”. 

"Quem é ele? O que é que o move? Porque é ele o líder certo para a Ucrânia neste momento? Estas são as coisas sobre as quais eu estava curioso quando comecei a pesquisa", disse o escritor Michael Frizell, citado pela Reuters.

 

Já o editor do livro, o norte-americano Darren G. Davis, confessou que a obra “significa muito” para sim devido à sua “herança ucraniana”. “Todos os meus avós imigraram da Ucrânia. Queria utilizar este meio não só para contar uma história, mas também para, de alguma forma, doar à causa ao mesmo tempo”, acrescentou.

O livro conta com ilustrações do artista Pablo Martinena, que também ilustrou biografias de David Beckham, Nelson Mandela e Donald Trump e parte das receitas da venda será doada à Cruz Vermelha.

 

14
Mai22

Livraria Lello edita 'O Principezinho' em ucraniano e doa verba à Unicef

Niel Tomodachi

Por cada exemplar vendido no âmbito da iniciativa 'Livraria Lello X UNICEF - READ FOR UKRAINE', dez euros serão dados à Organização. 

Livraria Lello edita 'O Principezinho' em ucraniano e doa verba à Unicef

Livraria Lello, no Porto, editou 'O Principezinho', obra de Antoine de Saint-Exupéry, em língua ucraniana e irá doar parte do valor da venda do livro à UNICEF para ajuda às crianças da Ucrânia. Por cada exemplar vendido no âmbito da iniciativa 'Livraria Lello X UNICEF - READ FOR UKRAINE', dez euros serão dados à Organização. 

"Ciente de que um livro pode ser uma poderosa arma do bem e o refúgio ideal para uma realidade demasiado difícil de enfrentar, a Livraria Lello editou uma das obras mais vendidas da sua coleção de clássicos da Literatura, 'O Principezinho', em ucraniano", explica a livraria no site oficial.

"A tradução, paginação e revisão da obra ficaram a cargo de profissionais ucranianos, que fizeram o trabalho enquanto viviam, na primeira pessoa, a escalada do conflito", é ainda referido. 

 

Mas como contribuir? 

  • A partir de 28 de abril – Pode adquirir o livro (pré-venda) na loja online da Livraria Lello, por 15,90€. Serão doados 10€ à UNICEF e um exemplar de 'O Principezinho' em ucraniano ser-lhe-á enviado, a partir do dia 24 de maio;

 

  • A partir de 24 de maio – Poderá adquirir o livro na Livraria Lello ou na loja online, por 15,90€ e 10€ serão doados à UNICEF.

 

Notícias ao Minuto

Livraria Lello edita 'O Principezinho' em ucraniano e doa verba à Unicef© Livraria Lello

13
Mai22

“Find your light”: a nova conta da Pandora brilha no escuro — é linda

Niel Tomodachi

A marca de joalharia estabeleceu uma parceria com a UNICEF e criou uma peça única com um objetivo solidário.

Quando falamos nos nossos sonhos, independentemente da idade, os nossos olhos revelam a importância que têm para nós. Quando são os miúdos que sonham com um mundo que ainda lhes cabe na palma da mão, os olhos deles brilham de forma ainda mais intensa.

Num lançamento em colaboração com a UNICEF, a Pandora lançou uma conta pendente que procura ajudar menores carenciados a manter esse brilho no olhar.

A Pandora Glow-in-the-dark Lightbulb, em prata 925, é “uma lâmpada de vidro azul que brilha no escuro e ganha vida ao refletir luz durante todo o dia e noite”, diz a marca em comunicado. É uma narrativa simbólica, com base num futuro luminoso, mas com uma estética que chega a todas as mulheres de forma bem tangível.

Conta com a gravação “Find your light”.
 
 

Por se tratar de uma conta solidária, 15€ do valor de cada venda vão ser doados à campanha Charms for Change, da UNICEF. Na base, está a missão conjunta da ONG e da marca com o objetivo de garantir que as futuras gerações têm acesso a oportunidades que lhes permitam realizar os seus sonhos.

A novidade está disponível no site da Pandora, assim como nas lojas físicas. Esta conta pendente custa 59€.

 

11
Mai22

CAMPANHA 1€ ABEM

Niel Tomodachi

banner-de-campanhas-website-abem_-702-x-315-contri

Campanha 1€ abem:

 

A campanha solidária “1€ abem:”, promovida a favor do Programa abem:, arranca hoje nas farmácias aderentes de Portugal Continental e Regiões Autónomas e decorre até ao próximo dia 25 de maio. A iniciativa desafia os portugueses a doarem 1€ a favor do Fundo Solidário abem:. O valor angariado será integralmente aplicado na aquisição de medicamentos prescritos para pessoas carenciadas abrangidas pelo Programa abem: Rede Solidária do Medicamento.

“A saúde é, sem dúvida, o bem mais precioso que temos, e o acesso ao medicamento é fundamental para garantir o controle da doença. Infelizmente existem muitas famílias cujos rendimentos não lhes permitem adquirir os medicamentos prescritos. Não podemos ficar indiferentes a estas situações. O Fundo Solidário abem: ajuda a colmatar estas necessidades. Continuamente procuramos, num esforço comum, aumentar o número de beneficiários que ajudamos”, esclarece Maria de Belém Roseira, associada fundadora do Programa abem: da Associação Dignitude.

“Durante os próximos dias apelamos à solidariedade e espírito de entreajuda dos portugueses para que mais pessoas em situação de grave carência económica possam usufruir deste apoio. Cada euro angariado contribui diretamente para que alguém possa comprar os medicamentos de que necessita”, conclui.

O Programa abem: Rede Solidária do Medicamento permite o acesso, de forma digna, a medicamentos prescritos a quem não tem capacidade financeira para os adquirir. Os beneficiários são referenciados por entidades parceiras locais, como Câmaras Municipais, Juntas de Freguesia, Instituições Particulares de Solidariedade Social, Cáritas e Misericórdias.

A nível nacional, o Programa já apoiou 27.467 beneficiários de 15.483 famílias, dos quais 13% são crianças. Já foram dispensadas, ao abrigo do abem: 1.600.092 embalagens de medicamentos desde o seu início, em maio de 2016.

 
 

É também possível apoiar esta iniciativa através de:

MBWAY: 932 440 068

Transferência bancária: PT50 0036 0000 9910 5914 8992 7

A Associação Dignitude, promotora do Programa abem:, emite recibos de donativo no âmbito do Estatuto de Benefícios Fiscais. Para tal, os doadores devem enviar comprovativo de transferência, nome e NIF para geral@dignitude.org.

 

https://abem.dignitude.org/campanha-1e-abem/

 

07
Mai22

A maior corrida solidária do mundo é já neste domingo

Niel Tomodachi

A inscrição custa 15€, valor que reverte na íntegra para a investigação científica das lesões na espinhal medula.

No próximo domingo, 8 de maio, volta a correr-se por uma boa causa em 195 países. O motivo? A Wings for Life World Run, que se define como “a maior corrida solidária do planeta”, está de volta para mais uma edição. Na nona vez que acontece, o objetivo é o mesmo de sempre: angariar a maior quantidade de fundos possível para a investigação científica das lesões na espinhal medula.

“Em qualquer geografia, todos correm juntos graças à app Wings for Life World Run, uns de dia, outros de noite, debaixo de sol extremo ou com baixas temperaturas exteriores”, começa por explicar a organização em comunicado.

Acrescenta: “a corrida marca a diferença por não ter uma distância fixa nem uma meta — em vez disso, os participantes são perseguidos por um carro meta virtual que começa a andar 30 minutos depois da partida, aumentado progressivamente a velocidade até apanhar o último corredor”. Em Portugal continental, a iniciativa arranca ao meio-dia.

Caso queira inscrever-se, só precisa de aceder ao site do desafio. A inscrição tem um custo de 15€, valor que reverte na íntegra para o apoio à investigação da cura do tipo de lesões mencionadas. “Nas oito edições realizadas até agora realizadas foram angariados 33,3 milhões de euros”, afirmam.

 

06
Mai22

“As Aventuras de Gulliver”: o filme ucraniano de animação com bilhetes solidários

Niel Tomodachi

Estreou a 5 de maio, nas salas de cinema de todo o país, um filme produzido na Ucrânia e que fala de um personagem imortalizado por um livro famoso: as “Viagens de Gulliver”.

A animação “As Aventuras de Gulliver” baseia-se precisamente na obra de Jonathan Swift mas leva, desta feita, Gulliver a voltar a Lilliput, o reino onde é considerado um herói.

Só que, uma vez lá, as surpresas não são boas: Gulliver é visto e tratado como um impostor, porque os liliputianos cresceram a acreditar que o seu mítico e “verdadeiro” salvador era, de facto um gigante…. o herói chega a ser preso. Como se salvará?

Em Portugal, a versão é dobrada por João Manzarra, Pedro Leitão e Carla Correia, entre outros. Sendo uma produção ucraniana, a NOS Audiovisuais e vários cinemas aderentes criaram uma ação de bilhetes a 4 euros, metade dos quais serão diretamente doados à We Help Ukraine, uma plataforma de apoio aos refugiados ucranianos.

 

05
Mai22

Pavilhão do Conhecimento tem Bilheteira Solidária com entradas grátis

Niel Tomodachi

A novidade surgiu no início de abril: a pensar na situação financeira mais complicada de muitas famílias portuguesas, por um lado, e manifestando apoio e acolhimento a novas famílias a chegar ao nosso país (como ucranianas), por outro, foi criada uma Bilheteira Solidária no Pavilhão do Conhecimento, no Parque das Nações, em Lisboa.

Quer isto dizer que há 20 entradas gratuitas disponíveis todos os dias – seja para pessoas ou famílias, desde que queiram mas não consigam visitar este centro educativo. Segundo explica a instituição, a ideia é também dar “uma resposta à realidade atual, prevendo que os cidadãos que se encontram em deslocação forçada possam ter acesso ao conhecimento no país de acolhimento, apesar da complexa realidade global”.

O pavilhão quer promover um acesso à cultura e ciência e uma cidadania ativa, sempre tendo como lema “A Ciência é para todos”. Os interessados só têm de pedir os bilhetes solidários, num projeto que funcionará numa base de confiança, não sendo preciso provar as carências económicas.

 

Sapatos à porta

Mas há mais novidades neste espaço! Foram também criadas novas regras de acesso ao Pavilhão do Conhecimento e estas definem que os visitantes terão de deixar os sapatos à porta.

Como já deves saber, o hábito de deixar sapatos na entrada é praticado há décadas em vários países, como por exemplo no Japão, e é cada vez mais considerado uma fonte de promoção de higiene e de saúde pública, pelo que o centro dará o exemplo. Ao mesmo tempo, ao largar os sapatos na entrada, podes explorar uma ativação sensorial da planta dos pés…

 

04
Mai22

Helpo: Dê porque é preciso

Niel Tomodachi

Dê porque é preciso

Campanha de angariação de bens para pessoas refugiadas da Ucrânia

Desde março que a Helpo, em parceria com a Câmara Municipal de Cascais, está a gerir um Supermercado Social com bens alimentares, produtos de higiene e outros bens necessários, para as pessoas refugiadas vindas da Ucrânia. Já fizemos mais de 1000 entregas a famílias acolhidas em Cascais.

Mas os bens escasseiam, ao passo que o número de famílias aumenta. 
Ajude-nos a encher novamente as prateleiras do supermercado social e fazer chegar estes bens a quem mais precisa... porque é preciso!

Os bens deverão ser entregues no Centro Logístico de Cascais - C3, de 2.ª a 6.ª feira, das 9h às 13h e das 14h às 17h. 

Consulte a lista de bens aqui.

Para mais informações, por favor contactar: margaridaassuncao@helpo.pt / 934512502 | catarinamarques@helpo.pt / 938418938

 

HELPO

04
Mai22

“Vivemos tempos difíceis” — Associação Midas precisa de ajuda

Niel Tomodachi

A areia de gato é, neste momento, o bem de maior necessidade para esta associação de Matosinhos.

O dia a dia das associações de proteção animal é passado entre animais para cuidar, tratar, esterilizar, alimentar, desparasitar e… contas por pagar, sem nunca se saber até quando haverá ração suficiente ou dinheiro para ir a uma consulta urgente. A maioria das associações não tem apoios públicos, contando por isso com a boa vontade de quem também ama os animais e quer ajudar como pode.

Os voluntários dedicam as suas horas livres a cuidar dos animais que ninguém quer, que são abandonados ou que já nascem na rua. E uma das grandes angústias é ficar sem comida para lhes dar, detergentes para limpar os seus espaços ou fundos para ir a um médico veterinário, comprar pipetas ou simplesmente angariar mantas e cobertores quentes quando o frio de inverno aperta.

Quando a situação se torna insustentável, as associações — que têm páginas nas redes sociais, onde podem chegar a mais pessoas — têm de pedir uma ajuda extra. É o caso da Associação Midas, de Custóias (Matosinhos).

“Precisamos da vossa ajuda. Neste momento não conseguimos dar resposta a todas as necessidades que temos. Vivemos tempos difíceis, temos muitos animais a cargo… necessitamos de areia de gato”, pedem.

A associação, neste seu post no Facebook, dá a sua morada, para quem queira entregar em mão, e também o número para quem prefira fazer um donativo via MBWay: 916 559 343.

A Midas termina dizendo “Obrigada por estarem sempre presentes”, na expectativa de que as ajudas de facto cheguem.

Mesmo com sócios, que pagam quotas simbólicas, apadrinhamento de animais e número de telefone solidário, há meses em que as despesas são muito elevadas e rapidamente o dinheiro se esgota. É por isso que a associação lembra também, num outro post, que podemos tornar os nossos aniversários em dias ainda mais especiais ao criarmos uma angariação de fundos.

“Sabia que ao criar uma angariação de fundos está a ajudar os 180 animais que temos a cargo? Sim, e dos 180 quase 100 são animais seniores ou vítimas de maus-tratos. São animais que precisam de medicamentos diariamente e de cuidados redobrados. Sem falar nos que nos chegam diariamente para serem recuperados e encaminhados para adoção também. É muito fácil ajudar! Basta criar uma angariação de fundos e convidar os seus amigos a participarem”, diz. Tudo começa aqui.

A Associação Midas — Movimento Internacional para a Defesa dos Animais — é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 1998.

 

12
Abr22

Vem aí mais uma corrida exclusiva para mulheres

Niel Tomodachi

As inscrições para a EDP Corrida Mulher já estão abertas. O evento tem uma vertente solidária para apoiar o IPO do Porto.

O já tradicional corrida portuense está de volta e pretende reunir milhares de mulheres por uma causa solidária: a luta contra o cancro da mama. Parte do valor das inscrições da EDP Corrida da Mulher volta a reverter para o IPO do Porto.

Tal como muitas outras iniciativas, esta a corrida exclusiva para o sexo feminino também esteve suspensa durante dois anos, devido à pandemia de Covid-19. Pelo meio aconteceu uma edição online, mas a última, em estrada, teve lugar em 2019 e reuniu mais de 22 mil participantes.

A edição deste ano da EDP Corrida da Mulher volta a ter partida e chegada na Alameda das Antas, junto ao Estádio do Dragão. O início está marcado para as 10 horas. O percurso pode ser realizado a correr ou a caminhar e tem uma extensão de cinco quilómetros.

A prova destina-se exclusivamente a mulheres e é aberta a todas as faixas etárias. Desde a sua primeira edição, a EDP Corrida da Mulher já juntou mais de 224500 mulheres em homenagem a todas as que estão a lutar ou lutaram contra o cancro da mama.

As inscrições para a corrida mais feminina do ano estão disponíveis através do site da organização. Os preços variam entre os 9€ e os 15€, consoante a data de inscrição. Por cada mulher inscrita na corrida será doado 1€ ao IPO Porto.

Os kits e dorsais serão entregues no Centro Comercial Alameda Shop & Spot nos dias 20 e 21 de maio, entre as 10 horas e a meia-noite. A organização oferece uma T-shirt alusiva ao evento, mas não se esqueça que o restante equipamento é igualmente importante. 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Quotes:

“How wonderful it is that nobody need wait a single moment before starting to improve the world.” ― Anne Frank

Pesquisar

Nelson's bookshelf: currently-reading

Alfie - O Gato do Bairro
tagged: currently-reading

goodreads.com

2022 Reading Challenge

2022 Reading Challenge
Nelson has read 0 books toward his goal of 50 books.
hide

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Afiliado Wook

WOOK - www.wook.pt

Comunidade Bertand

Afiliado Miniso

Read the Printed Word!

Em destaque no SAPO Blogs
pub