Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Tomodachi (ともだち)

Little Tomodachi (ともだち)

29
Jul22

Nova série de Neil Patrick Harris é uma espécie de “O Sexo e a Cidade” do mundo gay

Niel Tomodachi

“Uncoupled” estreia esta sexta-feira na Netflix. É do criador do super êxito “Emily em Paris”.

Chama-se “Uncoupled” e é a nova série de Darren Star, o homem por trás de “O Sexo e a Cidade” e “Emily em Paris”. A produção de oito episódios, criada em colaboração com Jeffrey Richman, estreia esta sexta-feira, 29 de julho, na Netflix.

O protagonista é Michael Lawson (Neil Patrick Harris), um agente imobiliário bem-sucedido de Nova Iorque, habituado a vender penthouses por milhões de dólares. Michael está com o companheiro Colin há 17 anos. Contudo, na noite do 50.º aniversário de Colin, quando Michael lhe prepara uma extravagante festa de supresa, o parceiro decide abandoná-lo e terminar a relação de forma fria.

O que resta é um Michael destroçado que se terá de deparar com um admirável mundo novo que não compreende — o dos encontros amorosos, passados quase 20 anos. Agora há aplicações para conhecer pessoas, redes sociais e fotos íntimas enviadas em chats.

O enredo acompanha a jornada de Michael, ora cómica ora dramática, enquanto conhece pessoas que lhe falam desde tratamentos preventivos da SIDA até botox no anús, passando pela discussão sobre o uso ou não de preservativos. Michael só queria mesmo conviver em casa com Colin — alguém que, compreensivelmente, vai demorar a esquecer.

“Uncoupled” está a ser bastante comparada a “O Sexo e a Cidade”. Nesta história, Michael acaba por representar o papel de Carrie Bradshaw, enquanto Colin é, claro, Big. O protagonista tem ainda os seus melhores amigos Billy e Stanley — que partilham características com Charlotte, Samantha ou Miranda —, além da sua parceira de negócios Suzanne.

Não só os temas são idênticos, como o imaginário é semelhante. Toda a série de “Uncoupled” se passa entre a elite económica nova-iorquina, de personagens que vivem em apartamentos em arranha-céus deslumbrantes, onde não há necessidade de se falar sobre classes sociais ou política. 

Tudo isso fica posto de parte para que os espectadores apenas se concentrem na vida amorosa de Michael. As diferenças geracionais também estarão em destaque, enquanto o protagonista se vai cruzando com algumas pessoas mais novas. 

Além de Neil Patrick Harris, cujo papel está a ser bastante elogiado, o elenco de “Uncoupled” inclui nomes como Emerson BrooksNic RouleauColin HanlonJonah PlattIván Amaro BullónTisha CampbellTuc WatkinsBrooks Ashmanskas ou Jay Santiago, entre outros.

 

14
Jun22

Documentário revelador sobre Jennifer Lopez estreia esta terça-feira na Netflix

Niel Tomodachi

A atriz atuou ao lado de Shakira no Super Bowl, mas não ficou contente com a decisão. O assunto é abordado no filme.

"Let’s Get Loud”, “On the Floor”, “Ain’t Your Mama” e “Jenny From The Block” são alguns dos êxitos da música pop que poucos podem dizer que nunca ouviram uma única vez. E poucos são também os artistas que têm um repertório tão vasto e bem sucedido quanto o de Jennifer Lopez, que consegue criar hits tanto em inglês ou espanhol. Apesar da sua já longa carreira, a também atriz raramente fala publicamente sobre os detalhes e pormenores por trás dos muitos sucessos. “Jennifer Lopez: Halftime” é o documentário da Netflix que nos vai fazer olhar para a artista sob uma nova perspetiva. 

O projeto conta com várias entrevistas a JLo, a alcunha pela qual também é conhecida, nas quais revela facetas desconhecidas, mostrando uma vulnerabilidade a que nunca foi propriamente associada.

O principal destaque do documentário será a performance da artista no intervalo da Super Bowl, em 2020, onde subiu ao palco ao lado de Shakira. Fizeram história ao tornarem-se no primeiro ato latino a atuar no evento desportivo. No entanto, Lopez descreveu a atuação como “a pior ideia do mundo”. 

“Temos apenas seis malditos minutos. Temos 30 segundos de cada música, e se demorarmos um minuto, já era, só temos cinco restantes. Mas tem que haver certos momentos em que cantamos. Temos que cantar a nossa mensagem. Esta foi a pior ideia do mundo, ter duas pessoas a fazer o mesmo Super Bowl. Pior ideia do mundo”, diz Jennifer Lopez.

O seu problema não é com Shakira, mas sim com a própria organização do evento, e com a ideia que estariam a passar aos norte-americanos — e a todos aqueles que veem a atuação. “Foi um insulto dizer que precisavam de duas latinas para um trabalho que, historicamente, apenas um artista faz.”

Também a cantora colombiana parece estar de acordo com JLo. “Sei que as pessoas do Super Bowl querem que fiquemos juntas o tempo todo. Mas não houve confirmação sobre os minutos que eu terei”, comenta Shakira. Lopez responde: “Eles disseram 12 minutos, e disseram-me em off que podíamos ter um ou dois minutos extras, então podemos contar com 13 ou 14 minutos. Eu acho, Shakira, que temos de ter é metade disso para cada uma. Se vão ter duas headliners, eles deveriam ter-nos dado 20 minutos. Era isso que deviam ter feito.”

O documentário terá cerca de uma hora e meia.

 

13
Jun22

Netflix confirma o regresso de “Squid Game”

Niel Tomodachi

Após muitos rumores e confirmações oficiosas, chega finalmente o sim oficial da plataforma.

É o maior êxito de sempre da plataforma de streaming e quase todos apostariam no que acaba de ser confirmado. “Squid Game” vai mesmo voltar para uma segunda temporada.

A confirmação oficial chegou este domingo, 12 de junho, pela mão de Hwang Dong-hyuk, o criador da série sul-coreana. Através de uma nota partilhada com os fãs, revelou que a Netflix deu a luz verde para avançar.

“Foram necessários 12 anos para dar vida à primeira temporada de ‘Squid Game”, mas bastaram 12 dias para que se tornasse na série mais popular de sempre da Netflix”, começou por notar o realizador e argumentista. “Como escritor, realizador e produtor da série, quero deixar um agradecimento a todos os fãs por todo o mundo. Obrigado por nos verem e adorarem a nossa série.”

Do que tratarão os novos episódios, pouco ou nada se sabe, mas Dong-hyuk fez questão de antecipar possíveis regressos ao ecrã.

“E agora, o Gi-hun vai regressar. O Front Man vai voltar. A segunda temporada vem aí. O homem no fato com ddakji poderá reaparecer e vão ser apresentados ao namorado de Young-hee, Cheol-su.”

Contra todas as expectativas, “Squid Game” tornou-se rapidamente na série em língua estrangeira mais vista na plataforma e, ao fim de 28 dias do lançamento, acumulava já mais de 1,6 mil milhões de horas de visualização. Um número mais do que suficiente para a coroar não só como a mais vista em língua estrangeira, mas mesmo quando comparada com as de língua inglesa.

 

28
Mai22

“Man vs Bee”: Netflix vai ter uma série nova com Mr. Bean

Niel Tomodachi

Os fãs da personagem mais caricata e desastrada de sempre já podem saltar de alegria: o ator está de volta.

Boas notícias para os fãs portugueses de “Mr. Bean”: finalmente, foi confirmada a data de estreia da primeira temporada da série que marca o regresso desta personagem. A produção chega à Netflix portuguesa a 24 de junho.

Nesta comédia, Rowan Atkinson é Trevor e foi contratado para tomar conta de uma mansão enquanto os donos se ausentam de férias. A tarefa que se apresentava muito simples rapidamente se transformou numa bola de neve de peripécias. A causa: uma abelha.

A primeira temporada tem 10 episódios. Em cada capítulo, Trevor tenta das mais variadas formas matar a abelha, até que as coisas correm realmente mal e acaba em tribunal a ser julgado por 14 crimes, incluindo condução perigosa, destruição de obras de arte inestimáveis e fogo posto.

Criada pelo próprio Rowan Atkinson e William Davies, a série conta com um elenco composto por alguns atores mais conhecidos em Inglaterra. Daniel Fearn é Lewis, Chizzy Akudolu dá vida à juíza e Aysha Kala é a detetive que investiga o caos que se passou na mansão. Jung Lusi é Nina, a proprietária da casa, Tony McCarthy, o prisioneiro 1968, e Brendan Murphy é Eric.

 

20
Mai22

Criador de “Squid Game” revela detalhes sobre a segunda temporada

Niel Tomodachi

A série sul-coreana da Netflix foi um fenómeno mundial e vai ter continuação. Mas ainda irá demorar algum tempo até estrear na plataforma.

"Squid Game”, a série sul-coreana da Netflix, foi o grande fenómeno televisivo de 2021. Algum tempo depois, foi confirmado que a produção teria uma segunda temporada. Agora, em declarações à revista “Vanity Fair”, o criador Hwang Dong-hyuk adiantou alguns detalhes sobre o projeto.

O argumentista e realizador disse que deverá estrear entre 2023 e 2024. Ainda não tem um guião preparado, mas há várias ideias concretas, que já está a apresentar à plataforma de streaming. 

“A humanidade vai ser novamente testada através destes jogos”, disse, acrescentando que Gi-hun (Lee Jung-jae) estará presente, além de estar a ponderar sobre a possibilidade de colocar o misterioso Front Man — que supervisiona os jogos — num lugar de maior destaque.

Depois de as personagens “se terem focado em matarem-se umas às outras” durante a primeira temporada, agora Hwang Dong-hyuk quer abordar outra questão: “será que a verdadeira solidariedade entre humanos é possível?”

 

14
Abr22

Heartstopper: Série da Netflix ganha trailer romântico e divertido

Niel Tomodachi

Série de romance LGBTQ+ baseada em HQ, Heartstopper ganhou trailer oficial pela Netflix

None

Inspirada nos quadrinhos de Alice Oseman, Heartstopper é a nova série de romance LGBTQ+ da Netflix que ganhou o trailer oficial nesta quarta, 13. A produção acompanha a relação de Charlie (Joe Locke) e Nick (Kit Connor) e chega ao streaming em 22 de abril.

Tímido e inseguro, Charlie se apaixona por Nick, popular jogador de rúgbi do colégio onde estudam. Ao serem colocados como dupla em uma das aulas, uma amizade improvável surge entre os dois. No entanto, Charlie é assumidamente gay, enquanto Nick é hetero.

Apesar de saber dos problemas que essa paixão pode trazer, Charlie não ignora os sentimentos e também Nick começa a questionar o que realmente sente pelo amigo. Com a ajuda dos amigos, os dois embarcam em uma jornada de descobertas em uma trama leve, romântica e divertida.

No Twitter, a autora Oseman compartilhou uma foto dos atores que vivem os protagonistas com a mensagem: “Eu apresento Kit Connor e Joe Locke como o Nick e o Charlie da série. Estou muito animada em compartilhar essa foto deles nos bastidores. Kit e Joe são muito talentosos, fofos e divertidos. Tem sido muito divertido conhecê-los. Por favor, juntem-se a mim e compartilhem amor e apoio hoje.”

 

Além de Locke e Connor, elenco conta com Jenny Walser, William Gao, Yasmin Finney, Corinna Brown, Kizzy Edgell, Sebastian Croft, Cormac Hyde-Corrin, Tobie Donovan, Rhea Norwood, Fisayo Akinade, Chetna Pandya e Alan Turkington. A direção dos oito episódios de 30 minutos fica por conta de Euros Lyn. Além disso, Heartstopper também ganhou um pôster oficial. Confira:

10
Abr22

Netflix está a planear um spin-off de “The Crown” que poderá abordar a era vitoriana

Niel Tomodachi

A prequela — que pode desenrolar-se 50 anos antes dos episódios da primeira temporada — poderá estrear já em 2023.

A série britânica (e sobre a família real) “The Crown” é um dos maiores sucessos da Netflix. Apesar de terminar na sexta temporada — a quinta estreia em novembro deste ano — a Netflix está em conversações com Peter Morgan, o criador do projeto, para colaborarem novamente, desta vez num spin-off que se desenrolaria 50 anos antes dos episódios da primeira temporada.

Segundo o site “Deadline”, poderiam abordar os anos anteriores à Segunda Guerra Mundial ou o período vitoriano, antes da rainha Victoria falecer, em 1901.

Já o “Daily Mail” adianta que a prequela ainda sem nome pode estrear pouco depois da última temporada de “The Crown”, que deve ser lançada só em 2023. Acrescentam ainda que este novo projeto deverá ter cinco temporadas.

O novo capítulo de “The Crown” contará com Imelda Staunton enquanto Rainha Isabel, Dominic West no papel de Príncipe Charles, Jonathan Pryce como Príncipe Philip e Jonny Lee Miller a encarnar John Major, um primeiro-ministro britânico.

Também já foi anunciado que a atriz Philippine Leroy-Beaulieu, conhecida pelo seu papel como patroa de Emily em “Emily em Paris”, terá um pequeno papel na nova temporada. De acordo com o “Daily Mail”, a atriz interpretará Monique Ritz, viúva de Charles Ritz — responsável por ter vendido o seu hotel de Paris a Mohamed Al Fayed. Foi naquele hotel que a princesa Diana, agora interpretada por Elizabeth Debicki, e Dodi Fayed (Khalid Abdalla) passaram a sua última noite, antes do trágico acidente de viação a 31 de agosto de 1997 que vitimou ambos e parou o Reino Unido.

 

26
Fev22

Movie: "Cobalt Blue"

Niel Tomodachi

Azul-Cobalto-1.jpg

"Azul Cobalto" (Cobalt Blue) é um filme de romance e drama indiano que conta a história de uma dupla de jovens - um aspirante a escritor e sua irmã, que acabam por se apaixonar pelo enigmático inquilino da casa, e as consequências que esse triângulo amoroso causa para a família e a relação entre eles.

O filme é uma produção exclusiva da Netflix e é baseada no livro "Colbat Blue" escrito pelo próprio roteirista do filme, Sachin Kundalkar. 

É um filme emocionante e melancólico, que se sustenta numa trama complexa e cuja a alma reside nos dois irmãos que precisam aprender a superar a situação de uma forma cativante.

Uma história dramática muito sensível, alem de ser uma grande surpresa do cinema LGBTQIA+.

 

03
Fev22

"Anne Frank, A Minha Melhor Amiga" estreou no catálogo da Netflix

Niel Tomodachi

None

Anne Frank ficou conhecida mundialmente após a publicação do seu diário -  livro em que escreveu sobre a perseguição nazi que ela e a sua família enfrentaram. Mesmo após décadas, a sua história continua a ser extremamente relevante para entender as crueldades da Segunda Guerra Mundial. Agora ganhou um novo filme: "Anne Frank, A Minha Melhor Amiga."

Original da Netflix, o filme  Anne Frank, A Minha Melhor Amiga é baseado numa história real da amizade entre a Anne e a amiga Hannah Goslar, uma sobrevivente do Holocausto. A ocupação nazi em Amsterdão ao angustiante reencontro num campo de concentração.

 

 

25
Jan22

Aqui estão as primeiras imagens do novo filme de “Pinóquio”

Niel Tomodachi

Guillermo del Toro dirige este projeto que conta com um elenco de luxo. Estreia no final do ano na Netflix.

14 anos depois de Guillermo del Toro ter revelado que iria avançar com o seu projeto de paixão — uma nova versão em stop-motion da história clássica de “Pinóquio” —, chegam as primeiras imagens deste filme. Estreia em dezembro na Netflix e o primeiro teaser foi divulgado esta segunda-feira, 24 de janeiro. 

Ewan McGregor faz a voz do Grilo Falante, que vive dentro do coração do menino de madeira que é o protagonista. O elenco de luxo inclui ainda nomes como Cate BlanchettRon PerlmanTilda SwintonChristoph WaltzDavid BradleyTim Blake NelsonJohn TurturroBurn Gorman e Finn Wolfhard, entre tantos outros. Pinóquio vai ser interpretado pelo novato Gregory Mann.

Guillermo del Toro colaborou com Mark Gustafson (animador de “O Fantástico Senhor Raposo”) para este projeto. Inspiraram-se bastante no trabalho visual de Gris Grimly, que publicou uma versão ilustrada da história em 2002.

Dez anos depois, numa entrevista à “Entertainment Weekly”, Del Toro comparou a história de “Pinóquio” à do monstro de Frankenstein. “São ambas acerca de criaturas que são criadas e depois se perdem num mundo que não entendem. E são ambas jornadas de compreensão, de evolução do espírito”, descreveu o cineasta mexicano.

Por volta de 2018, a Netflix adquiriu o projeto e Guillermo del Toro começou a trabalhar afincadamente nele. Depois, enquanto todos os filmes da indústria de Hollywood tiveram que ficar em suspenso por causa da pandemia, esta versão animada de “Pinóquio” continuou a ser desenvolvida.

Curiosamente, chega no mesmo ano que a nova versão da história da Disney. Tal como tem feito com outros clássicos seus, os estúdios americanos vão estrear uma adaptação de imagem real, com atores de carne e osso, dirigida por Robert Zemeckis. O elenco também junta uma série de estrelas, incluindo Tom HanksLorraine BraccoLuke EvansJoseph Gordon-Levitt e Cynthia Erivo. Este projeto ainda não tem data de estreia.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Quotes:

“How wonderful it is that nobody need wait a single moment before starting to improve the world.” ― Anne Frank

Pesquisar

Nelson's bookshelf: currently-reading

Alfie - O Gato do Bairro
tagged: currently-reading

goodreads.com

2022 Reading Challenge

2022 Reading Challenge
Nelson has read 0 books toward his goal of 50 books.
hide

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Afiliado Wook

WOOK - www.wook.pt

Comunidade Bertand

Afiliado Miniso

Read the Printed Word!

Em destaque no SAPO Blogs
pub