Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Tomodachi (ともだち)

Little Tomodachi (ともだち)

27
Jan23

Taylor Swift lança vídeo para Lavender Haze que conta com o modelo trans Laith Ashley

Niel Tomodachi

Taylor Swift lança vídeo para Lavender Haze que conta com o modelo trans Laith Ashley

Taylor Swift lançou um novo vídeo para o seu aclamado álbum Midnights. Lavender Haze é assim o mais recente single da artista estadunidense e conta com o modelo trans Laith Ashley.

Ashley surge como o já clássico interesse amoroso no novo vídeo de Taylor Swift para Lavender Haze e, num momento em que a representação e representatividade trans estão sob ataque, é mais importante que nunca.

Swift já havia falado desta participação de Ashley em outubro aquando do lançamento do álbum. A revelação surgiu esta sexta-feira. O single anterior, Anti-Hero, cedeu esta semana a primeira posição da Billboard Hot 100 (a Flowers de Miley Cirus). Anti-Hero reinou oito semanas nos EUA, tendo tornado-se no single de Taylor com mais semanas em primeiro lugar da tabela.

O vídeo, dirigido e escrito por Swift, abre com a cantora e Ashley na cama, enquanto o casal se abraça no final do vídeo numa mensagem que está a ser celebrada por fãs.

Dados os intermináveis abusos cometidos contra a comunidade trans, fãs estão a celebrar ao ver a representação trans de forma tão proeminente num videoclipe de uma das maiores estrelas do mundo.

A estrela de Anti-Hero também recebeu elogios da organização LGBTQ+ GLAAD. A organização expressou como é “incrível” ver um homem trans em destaque num vídeo de uma estrela tão grande como Swift.

Source: https://esqrever.com/2023/01/27/taylor-swift-lanca-video-para-lavender-haze-que-conta-com-o-modelo-trans-laith-ashley/

 

21
Jan23

Adriana Calcanhotto anuncia novo álbum. Primeiro single lançado hoje

Niel Tomodachi

'Horário de verão' é o primeiro single do novo disco da artista brasileira. ‘Errante’ tem data prevista de lançamento para março.

Adriana Calcanhotto anuncia novo álbum. Primeiro single lançado hoje

Adriana Calcanhotto lançou, esta sexta-feira, o primeiro single do seu 13.º álbum, que será editado no próximo mês de março.

Num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, a artista revela que 'Horário de Verão' nasceu durante uma tour que fez em Portugal. "Fala sobre as falsas ilusões numa relação, com uma associação direta ao momento em que, no horário de verão, as luzes mudam de lugar, tal como refere o verso da canção", lê-se na nota.

Em termos de melodia, 'Horário de Verão' conjuga bossa-nova com um toque de samba e vice-versa.

Já o disco 'Errante', que será lançado em março, marca o regresso de Adriana Calcanhotto a estúdio depois de ter lançado 'Só', no decorrer da pandemia, em 2020.

'Errante' conta com diversas composições inéditas da artista. O álbum foi produzido em novembro e dezembro de 2021, no Rocinante studio, em Araras, Rio de Janeiro, Brasil. Todo o trabalho foi gravado com a banda composta também por Alberto Continentino, Davi Moraes e Domenico Lancelloti, com o apoio de Diogo Gomes, Jorge Continentino e Marlon Sette.

Entretanto, Adriana Calcanhotto já tem concertos marcados para Portugal. A 26 de maio no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, a 27 de maio no Cine-Teatro de Estarreja, a 29 de maio no Teatro Micaelense, em Ponta Delgada, a 31 de maio na Casa da Música, no Porto, e a 23 de junho no Teatro das Figuras, em Faro.

 

17
Jan23

Capa do novo álbum de Lana Del Rey causa polémica (e é censurada)

Niel Tomodachi

Cantora aparece seminua na imagem da capa no novo álbum, algo que acabou por motivar a sua exclusão do Instagram, onde viola as regras de conteúdo.

Capa do novo álbum de Lana Del Rey causa polémica (e é censurada)

Lana Del Rey viu uma publicação sobre o seu novo álbum, com data de lançamento prevista para 24 de março, ser excluída do Instagram porque a foto partilhada viola a política de conteúdo da rede social.

Na imagem, que será a capa do novo disco 'Did You Know That There's A Tunnel Under Ocean Blvd', a artista aparece seminua.

Além de anunciar a nova data de lançamento, na mesma publicação, Lana Del Rey partilhou, segundo a revista Rolling Stone, o alinhamento do álbum e outras capas alternativas, conforme pode ver mais abaixo.

O disco, que é o nono de estúdio da artista, contará, ao todo, com 16 músicas: 'The Grants', 'Did You Know That There's a Tunnel Under Ocean Blvd', 'Sweet', 'AW', 'Judah Smith Interlude', 'Candy Necklace', 'Jon Batiste Interlude', 'Kintsugi', 'Paris, Texas', 'Grandfather Please Stand on The Shoulders of My Father While He's Deep-Sea Fishing', 'Let the Light In', 'Margaret', 'Fishtail', 'Peppers' e 'Taco Truck xVB.

14
Jan23

Vem aí o novo Walkman da Sony e vai ser a loucura total (comece já a poupar)

Niel Tomodachi

O aparelho chega às lojas europeias este mês. Os nostálgicos dos anos 80 (e os colecionadores) vão delirar.

Acabamos de entrar em 2023, mas a Sony prepara-se para proporcionar uma viagem aos anos 80 com o lançamento de um novo Walkman. O NW-A306 não envolve cassetes, mas recupera o design do icónico aparelho que muitos ainda têm por casa.

Segundo comunicado da marca, aqui citado pelo “Público”, a versão moderna (e mais leve) do aparelho foi “concebida para que os utilizadores ouçam a música tal como foi idealizada pelo artista e com um som de elevada qualidade”.

A proposta, que oferece “36 horas de reprodução” com qualidade mais baixa, “32 horas de reprodução de áudio de alta resolução ou 26 horas com a app do serviço de streaming”, destaca-se por um ecrã e controlos laterais táteis de reprodução.

O produto conta, igualmente, com uma tecnologia de amplificação digital para reduzir a distorção de ruído e ligação wi-fi para ouvir música através de aplicações ou depois de feito o download.

Com um valor recomendado de 400€, o NW-A306 chega às lojas europeias até ao final de janeiro. Este vai estar disponível nas cores preto e azul, além de permitir usar auscultadores sem fios.

Tem até 36 horas de autonomia
 
12
Jan23

Vem aí “Portuguesa”, o novo álbum de Carminho

Niel Tomodachi

Sai em março. As composições incluem poemas da própria cantora, mas também de autores clássicos e músicos contemporâneos.

Carminho prepara-se para lançar um novo álbum. Chama-se “Portuguesa” e irá sair a 3 de março. O primeiro single será apresentado precisamente um mês antes, a 3 de fevereiro. A capa e o alinhamento do disco — o sexto da carreira da fadista de 38 anos — já foram revelados.

“‘Portuguesa’ foram dez dias no estúdio Namouche em Lisboa, no mês de março de 2022 e os dois anos que os antecederam. Continuo à procura da vertigem onde posso encontrar, com novas combinações da mesma matriz, a minha identidade. É a história que tenho vindo a escrever, as minhas origens, influências e a música em que me revejo”, revela a cantora em comunicado sobre o novo projeto, que contou com produção da própria.

Ao todo, são 14 composições — algumas com letra e música sua, outras provenientes de outros autores, tanto clássicos como contemporâneos. Usa poemas de Sophia de Mello Breyner Andresen, David Mourão-Ferreira ou Manuel Alegre, mas também de Marcelo Camelo, Luísa Sobral, Joana Espadinha e Rita Vian. Consulte o alinhamento completo.

 

1. “O Quarto” (fado Pagem)

Letra: Carminho
Música: Alfredo Marceneiro

2. “As Flores” (fado Flores)

Letra e Música: Carminho

3. “As Fontes” (fado Sophia)

Letra: Sophia de Mello Breyner Andresen
Música: Carminho

4. “Praias Desertas”

Letra e Música: Carminho

5. “Marcha de Alcântara de 1969”

Letra: José da Silva Nunes
Música: Jorge d’Ávila

 
 

6. “Fado é Amor”

Letra e Música: Joaquim Frederico de Brito

7. “Palma”

Letra: David Mourão-Ferreira
Música: Carminho

8. “Simplesmente Ser”

Letra e Música: Rita Vian

9. “É Preciso Saber Porque se é Triste” (fado Soneto)

Letra: Manuel Alegre
Música: Carminho

10. “Sentas-te a Meu Lado”

Letra e Música: Luísa Sobral

11. “Ficar”

Letra e Música: Joana Espadinha

12. “Pedra Solta”

Letra: António Campos
Música: Carminho

13. “Levo o Meu Barco no Mar”

Letra e Música: Marcelo Camelo

14. “Meu Amor Marinheiro”

Letra: António Campos
Música: Joaquim Pimentel

 

02
Dez22

Ana Moura apresenta novo disco, “Casa Guilhermina”, com dois concertos no Porto e em Lisboa

Niel Tomodachi

Ana Moura apresenta novo disco, “Casa Guilhermina”, com dois concertos no Porto e em Lisboa

“Casa Guilhermina” ficou disponível a 11 de novembro liderando o primeiro lugar do Top Nacional de Vendas desde então.

Depois do entusiasmo com que foi recebido o mais recente disco de Ana Moura, “Casa Guilhermina”, bem como o sucesso das ações dos Armazéns do Chiado e do concerto de apresentação exclusivo no Super Bock em Stock, Ana Moura vem agora convidar-nos para dois concertos, a 18 de março, na Super Bock Arena no Porto, e 19 de março, no Coliseu dos Recreios em Lisboa.

Nos últimos 2 anos, Ana Moura foi-nos surpreendendo com os singles e respetivos vídeo-clips “Andorinhas”, que conta com mais de 6 milhões de visualizações no Youtube e valeu à artista um Globo de Ouro na Categoria de Melhor Canção e um Prémio Play na categoria de Melhor Vídeo-clip; “Jacarandá”, uma sentida homenagem ao seu amigo Prince; “Agarra Em Mim”, que ultrapassa o milhão de visualizações e “Arraial Triste” que em apenas 1 mês, já ultrapassou as 300 mil visualizações. Neste período Ana Moura foi ainda agraciada com o Prémio Play para Melhor Artista Feminina.

18 de março, Super Bock Arena, Porto:

Preço dos bilhetes:
Plateia em Pé – 25€
Balcão 1 – 32€
Balcão 2 – 28€
Locais de venda:
Apenas são válidos os bilhetes adquiridos nos locais oficiais de venda.
meoblueticket.pt – Call Center Informações e reservas 1820 (24 horas), ABEP, Bilheteiras da Altice Arena, FNAC e  bilheteira.fnac.pt, Worten, ACP, El Corte Inglês, Turismo de Lisboa.

19 de março, Coliseu dos Recreios, Porto:

Preço dos bilhetes:
Plateia em Pé – 25€
Balcão 1 – 32€
Balcão 2 – 28€
Locais de venda:
Apenas são válidos os bilhetes adquiridos nos locais oficiais de venda. 
Bol.pt, FNAC, Worten, El Corte Inglês, CTT, ABEP, Coliseu de Lisboa.

 

30
Nov22

Marisa Liz lança novo single a solo, “Olha Lá”.

Niel Tomodachi

Marisa Liz lança novo single a solo, “Olha Lá”. Tema é assinado pela artista e por Joana Espadinha

Depois do sucesso de “Guerra Nuclear” (o vídeo oficial soma quase 900 mil visualizações no YouTube), canção inédita de António Variações, Marisa Liz revela novo single a solo, “Olha Lá” já está disponível em todas as plataformas digitais.

“Olha Lá” é uma canção eletro-pop contagiante, assinada por Marisa Liz Joana Espadinha, sendo que na produção Marisa voltou a fazer parceria com Moullinex, com quem já tinha coproduzido “Guerra Nuclear”.

Marisa Liz nasceu em 82. A música desta década fez parte da sua infância e influenciou muito do que fez nos anos que se seguiram, mas nunca de uma forma tão próxima. Conta que “Quando comecei a compor esta canção sabia que iria trazer estas influências de volta, de uma forma que me fizesse renascer em 2022.”

Durante o processo de composição convidou Joana Espadinha para juntas terminarem a “Olha Lá”Moullinex foi escolhido para em conjunto produzirem o tema que marca o início desta nova viagem de Marisa Liz, a sua primeira canção totalmente a solo. “Uma canção que me traz coragem e poder de decisão”, diz a artista, autora, compositora e produtora.

Entusiasmada com este universo dos anos 80, teve a ideia de remeter todas estas influências para o videoclipe. Para o concretizar convidou a realizadora Cláudia Batalhão, o videoclipe já pode ser visto no YouTube.

Filmado em película, com roupas, decor, make up e cabelos que nos remetem para a época, Marisa Liz conta que “imaginei-me uma adulta nos anos 80 a contar a história de alguém que não vai aceitar menos do que aquilo em que acredita.”

Para Marisa Liz “Viver o OLHA LÁ foi e é um renascimento com batidas de coração que me impedem de não dançar e ser feliz em alturas de tempestade, e nesta história e na nossa vida, acredito que a seguir às tempestades descobrimos girassóis.”

Com “Olha Lá”, Marisa Liz mostra porque é uma das artistas mais criativas e relevantes da atual música portuguesa.

 

27
Nov22

Jennifer Lopez anuncia o primeiro álbum em oito anos

Niel Tomodachi

A cantora revelou que o novo disco “This Is Me...Now” será "mais cru e honesto" que os anteriores. Deverá ser lançado em 2023.

A jornada emocional, espiritual e psicológica” vivida nas últimas duas décadas por Jennifer Lopez. Será esse o tema central do novo disco da cantora, que foi anunciado pela própria esta sexta-feira, 25 de novembro.

O álbum remete para o terceiro disco de originais da artista, lançado em 2002, intitulado “This Is Me…Then”. Na nova capa, Lopez tenta também recriar a imagem que acompanhou o disco que contém um dos seus maiores êxitos, “Jenny from the Block”.

O anúncio foi também acompanhado de um vídeo que mostra a cantora e atriz há 20 anos, à medida que se transforma na sua versão atual, com 53 anos de idade. “A encabeçar uma nova era na música de Jennifer Lopez, o disco é um diário da jornada emocional, espiritual e psicológico das últimas duas décadas”, refere em comunicado.

“É um projeto cru e honesto, ainda mais do que qualquer outro dos projetos anteriores, onde compõe e canta sobre a sua vida e as suas experiências.” Lopez, que começou como atriz nos anos 90, tem oito discos de originais lançados, com o primeiro a sair em 1999, “On the 6”. O último disco que lançou, “A.K.A.”, chegou às lojas em 2014.

 

 

18
Nov22

Aurea lança 'Volta', a primeira canção que escreveu em português

Niel Tomodachi

Música conta com a participação especial de António Zambujo.

Aurea lança 'Volta', a primeira canção que escreveu em português

A artista portuguesa Aurea lançou, esta sexta-feira, um novo single. 'Volta' é a primeira canção em português escrita pela cantora e fará parta do próximo álbum, com edição prevista para 2023.

A música conta com a participação especial de António Zambujo e já pode ser ouvida nas diferentes plataformas.

Neste tema, Aurea canta em português uma letra escrita por si que representa a dualidade entre o amor e a dor, sentimentos que, embora antagónicos, se complementam e alimentam entre si.

O videoclipe foi realizado por João Pedro Moreira e conceito idealizado pela artista. Foi gravado num bairro típico da região de Lisboa e tem em conta a luz, a cor, a Portugalidade e o ambiente.

O novo álbum de Aurea, produzido por Fred Ferreira, irá incluir outras músicas escritas e cantadas em português, com a colaboração de vários músicos e produtores.

Um trabalho que cantora sente como se fosse uma "impressão digital" da sua experiência na música ao longo dos últimos 12 anos, mas também outro desafio criativo que começa agora a ser revelado.

Nos próximos meses de novembro e dezembro, a digressão 'SOUL SESSIONS' (grandes êxitos da Soul Music com roupagem natalícia) continua a percorrer o país com um conceito especial dedicado ao Natal e às canções que compõem o imaginário desta época festiva. Esta digressão passa por cidades como Beja, Caldas da Rainha, Coimbra, Leiria, Portimão e Vila do Conde.

 

13
Set22

Marisa Liz lança-se a solo com música inédita de António Variações

Niel Tomodachi

Após 12 anos à frente dos Amor Electro, a cantora aposta num percurso individual. O tema de estreia é produzido por Moullinex.

Em novembro do ano passado, os Amor Electro anunciaram que iriam fazer uma pausa na carreira por tempo indeterminado. Contudo, a banda tem continuado a atuar ao longo dos últimos meses, fazendo os concertos que já tinham acordado fazer.

Após 12 anos à frente da banda, Marisa Liz vai finalmente estrear-se a solo. A artista portuguesa de 39 anos irá apresentar um single na manhã da próxima sexta-feira, 16 de setembro. Trata-se de “Guerra Nuclear”, um inédito de António Variações, que contará com a voz do próprio.

A produção é de Moullinex, numa faixa também co-produzida pela cantora. O tema de Variações, provavelmente gravado em 1983, perdurou numa cassete enquanto maquete mas nunca foi editado em disco.  

“É um presente que caiu céu.’ Foi o que senti quando soube que esta canção era para mim. Tinha nas mãos a mensagem mais pura e forte que queria sentir e cantar. Tinha e tenho nas mãos a tristeza de saber que, infelizmente, esta mensagem continua a fazer sentido. Fui invadida de certeza, caíram-me lágrimas de amor e desejos de paz. Fui invadida de urgência. Era e é urgente passar esta mensagem do mestre. É urgente termos paz. O Variações sabia disso. Caiu um presente do céu. Para todos. Vamos ouvi-lo”, diz Marisa Liz no texto de apresentação do tema, citado pela “Blitz”.

A editora Universal Music Portugal acrescentou ainda: “Tendo conhecimento da existência de um tema inédito de António Variações que abordava a temática da ameaça da guerra nuclear, a família de António Variações e os seus publishers, Rossio Music, decidiram divulgar este tema, alertando para o ‘delírio nuclear’, sendo ele uma ameaça cada vez mais presente no dia a dia”.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Quotes:

“How wonderful it is that nobody need wait a single moment before starting to improve the world.” ― Anne Frank

Pesquisar

Nelson's bookshelf: currently-reading

Alfie - O Gato do Bairro
tagged: currently-reading

goodreads.com

2023 Reading Challenge

2023 Reading Challenge
Nelson has read 11 books toward his goal of 55 books.
hide

Arquivo

    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Afiliado Wook

WOOK - www.wook.pt

Comunidade Bertand

Afiliado Miniso

Read the Printed Word!

Em destaque no SAPO Blogs
pub