Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Tomodachi (ともだち)

Little Tomodachi (ともだち)

27
Mar21

São Paulo vai ter uma livraria só com livros escritos por mulheres

O nome do espaço remete para um ensaio de Virginia Woolf

Niel Tomodachi

A livraria vai abrigar cinco mil exemplares de 1 500 obras, de 150 editoras.

standard_compressed_George_Charles_Beresford_-_Vir

Vai chamar-se Gato sem Rabo a primeira livraria em São Paulo, Brasil, só com livros escritos por mulheres. Idealizada por Johanna Stein, o nome remete para o ensaio “Um teto todo seu”, de Virginia Woolf.

Em 65 metros quadrados, a livraria vai abrigar cinco mil exemplares de 1 500 obras, de 150 editoras. Títulos de ficção e não-ficção, dos clássicos à literatura infantil, para mostrar a diversidade da produção no feminino. A abertura será em abril, mas os encontros em torno dos livros ficam adiados para depois da pandemia.

 

26
Mar21

"Se Algum Dia Vieres à Terra"

Niel Tomodachi

350x (6).jpg

Sobre o Livro:

Inspirado pelos milhares de crianças que conheceu nas suas viagens à volta do mundo para apoiar a UNICEF e a ONG Save the Children, Sophie Blackalll criou um magnífico guia do nosso planeta. Bem mais do que um simples compêndio, é um apelo a todos nós para que cuidemos não só da Terra mas também uns dos outros.

Se algum dia vieres à Terra,
Há algumas coisas que precisas de saber…
Nós vivemos em casas dos mais variados tipos.
Nas mais variadas famílias.

Somos todos diferentes uns dos outros,
Mas somos todos extraordinários.
E, juntos, partilhamos
Um planeta maravilhoso.

Este livro é muito especial, completo e fascinante!

Através dele podem ser abordados importantes conceitos sobre o mundo (espaço, seres vivos, estações do ano, natureza,…) e diversidade humana (cultura, profissões, famílias, condições físicas, sociais).

 

Sobre a Autora:

Sophie Blackall é uma artista australiana e ilustradora de livros infantis. Vive e trabalha em Brooklyn, Nova Iorque. Conquistou vários prémios, como o Ezra Jack Keats Award e duas vezes a Medalha Caldecott.
Formada em Design, Sophie já ilustrou mais de 30 livros para crianças. O seu trabalho inclui também animação e ilustrações para a imprensa.

 

18
Mar21

Histórias Para Crianças#18

Niel Tomodachi

"Ser Pequeno na Cidade" de Sydney Smith 

Obra galardoada e aclamada pela crítica!

350x (6).jpg

Pode ser um pouco assustador estarmos sós na grande cidade. Há sempre movimento, muito barulho, pessoas que andam apressadas, animais e lugares que nos metem medo…
Mas há sempre uma maneira de chegarmos mais tranquilos e seguros para junto daqueles que gostam de nós.

Da partilha da sensação de ser pequenino na grande cidade às dicas e conselhos a quem também se pode estar a sentir assim perdido e desamparado, este é um livro intimista que traduz esse sentimento que é real e que todos, em alguma altura da nossa vida, já sentimos.
Edição de capa dura, com ilustrações de Sydney Smith, autor multipremiado, que acompanham e complementam a história.

 

"Papá das Pernas Longas" de Nadine Brun-Cosme

350x (2).jpg

Uma manhã, o carro do pai teve problemas para começar a andar. O pai leva o Mateus ao infantário, mas este fica preocupado a pensar que o carro pode não funcionar à hora de o ir buscar.

O pai começa então a derrubar os medos de Mateus apresentando uma série de sugestões cada vez mais criativas para modos alternativos de transporte - de um trator a um dragão, um urso polar a um barco a remos. Mas, se tudo mais falhar, ele virá a pé. . . porque para ir buscar o Mateus, as pernas do pai nunca estarão muito cansadas.

E uma vez em casa, haverá uma festa com convidados muito especiais, que será animada e brilhante.

Livro alegre, com ilustrações coloridas, frescas e engraçadas de uma ilustradora francesa excecionalmente talentosa e cheia de charme retro.

A história ideal para partilhar com todas as crianças ansiosas com os momentos de separação dos pais!

 

"Artur e as Pessoas Muito Apressadas" de Nadine Brun-Cosme

350x (3).jpg

Todos os dias, o Artur tem de se despachar a fazer tudo. O pai, a mãe, o professor e a auxiliar da escola dele estão sempre cheios de pressa!

Assim correm os seus dias, rodeado de pessoas muito, muito, apressadas. Até que, certa manhã, o Artur tem finalmente a oportunidade de fazer as coisas ao seu ritmo…

Livro alegre com ilustrações coloridas, frescas e engraçadas!

História com espírito caloroso e reconfortante sobre a relação próxima entre pais e filhos.

 

"Papá Ventania" de Emer Stamp

350x (4).jpg

Completamente Pun-Tástico

Papá Ventania é um urso Muito Ventooosooo.

Aonde quer que vá.
Faça o que fizer.
E a pior parte?
A culpa Nunca é dele!

Os mais novos acharão hilariante a história à volta dos puns, e aprenderão a importância de assumir culpas, ao invés de envergonhar os outros.

 

"A Melhor Forma" de Naomi Jones e James Jones 

350x (2).jpg

Esta é a história absolutamente irresistível de um triângulo que está à procura do seu lugar no mundo.
Pois é. O triângulo sente-se sozinho. Não conhece mais nenhum igual a ele... Além disso, acha que ninguém quer brincar com ele, porque não se encaixa nas outras formas. Porém, os círculos, os quadrados, os hexágonos e as estrelas demonstram-lhe o contrário. Juntos, descobrem novos jogos e possibilidades de brincar. O triângulo é a única forma que consegue encaixar-se em todas as formas. Ele é… a forma perfeita.

Este é um livro com um estilo gráfico elegante, afetuoso e com uma mensagem muito importante sobre diversidade, interação e integração de pessoas de culturas e aspetos diferentes.
As crianças vão adorar os diferentes padrões e desenhos, enquanto aprendem que a singularidade não é um problema e que quanto maior a variedade, melhor.

 

16
Mar21

Histórias Para Crianças#17

Niel Tomodachi

 Oi Amiguinhos!!! 

Durante o período em que as crianças pequenas estão em casa, ler para elas pode ser uma atividade prazerosa para toda a família.

Partilho neste post mais livros para todos, sendo alguns deles novidades deste mês de Março.

::::

"Obrigado, Professor!" de Kobi Yamada

350x (2).jpg

Quem não se lembra da sua professora preferida, do seu professor predilecto?
Que seria de nós sem os professores, essas pessoas especiais que nos inspiram, nos apoiam e nos estimulam?

Este livro é para eles: os educadores, os treinadores, os orientadores.
Para lhes agradecer por todos os mundos que nos abriram.
Para lhes agradecer a diferença que fizeram na nossa vida.

 

"O Dragão que Não Gostava de Fogo" de Gemma Merino

Da vencedora do prémio Oscar's Book

350x (6).jpg

Todos os bons dragões adoram voar e cuspir fogo. Não gostam de água. Então o que deve um pequeno dragão fazer quando descobre que sabe nadar como um peixe e que estar na água é... Maravilhoso? e o que irá o seu pai dragão pensar?

Uma história encantadora e divertida sobre aceitação, diferença, e amor familiar.

 

"O Macaco Rabugento Não Quer Dormir" de Suzanne Lang

350x (3).jpg

Desta vez, o Quim Panzé, o chimpanzé, está de bom humor!
Hoje vai a uma festa de pijama na árvore dos pais e não podia estar mais entusiasmado com todas as atividades que a família planeou.
Vão pescar térmitas, fazer um banquete noturno e contar histórias assustadoras.
O Quim mal pode esperar para ficar acordado a noite toda!

Será que a falta de sono não o vai deixar rabugento?

 

"O que Veem as Estrelas" de Nuno Camarneiro

350x (4).jpg

Quando uma menina chamada Rita, um cão chamado Bernardino e um cientista chamado Alfredo se encontram num jardim, todas as perguntas são possíveis.
De olhos fechados e com as ideias muito abertas é possível observar o universo inteiro, mesmo planetas em forma de cachimbo, girafas marrecas e jardins onde crescem livros.

 

"A Verdade sobre os Avós" de Elina Ellis

350x (11).jpg

Quando somos crianças, todos os adultos parecem muuuuuito velhinhos.

Mas ser mais velho não significa ser chato e deixar de namorar ou de dançar. Este livro mostra que a idade não impede que as pessoas sejam surpreendentes e desejem ser felizes.

Elina Ellis, vencedora do prémio Macmillan de Ilustração, criou este livro para acabar com os preconceitos sobre as pessoas mais idosas.

Livro divertido e nostálgico, com ilustrações num estilo muito original, de uma ilustradora inglesa excecionalmente talentosa.

Uma quebra com os estereótipos sobre a terceira idade e uma celebração desta fase da vida com alegria, ternura e bom-humor, ideal para momentos de partilha entre avós e netos.

Edição de capa dura e com acabamentos de fino recorte.

 

"O Rapto do Príncipe Oleomargarine" de Mark Twain e Philip Stead

350x (12).jpg

Esta história intemporal é o primeiro livro infantil ilustrado de Mark Twain, imaginado por duas das figuras mais importantes da literatura infantil atual, Philip e Erin Stead.

Uma noite em 1880, num hotel em Paris, as filhas de Mark Twain pediram que ele lhes contasse uma história.

Através de uma imagem numa revista, Twain inventa a história de Johnny, um rapaz pobre que possuía umas sementes mágicas e se viu envolvido na missão de salvar um príncipe que fora raptado.

Mais tarde, Twain acrescentaria algumas notas à história, mas esta ficou por terminar... até agora!

 

"Não Tenho Medo do Escuro" de Jakub Cenkl e Helena Haraštová

350x (3).jpg

Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para Educação Pré-Escolar.

Ultrapassar a fase típica do medo do escuro vai ser mais fácil com a ajuda deste livro! Ao longo das páginas a criança poderá identificar-se com os medos do personagem principal, mas em todas elas o medo não passa de fruto da sua imaginação -basta puxar as abas, acender as luzes e perceber que afinal nada há a temer. Uma ajuda indispensável para superar os medos das crianças.

 

15
Mar21

E que tal ler com o pai (ou com o avô) no Dia do Pai? (Part.III)

Niel Tomodachi

diadospais-guialisboa-lisboa-dicas-confinamento-coPorque o teu pai merece o melhor do mundo, esta seleção de livros para o Dia do Pai ajudar-te-á a dizer-lhe adoro-te uma e outra vez.

:::::

"Pai Sarilho" de David Walliams

image.jpg

Há pais para todos os tamanhos e feitios. Uns são rechonchudos e outros mais magrinhos. Existem pais mais altos e mais baixos. Uns são muito tolos e outros muito sérios. Mas também há os mais caladinhos e os que fazem a festa toda.

E é claro que existem pais bons, como também aqueles que nos metem em sarilhos...

Uma história para ler a toda a velocidade, sobre carros, corridas e mauzões. 

 

“O Pai mais horrível do Mundo”, de João Miguel Tavares

o-pai-mais-horrível-do-mundo-1.jpg

João Miguel Tavares inspirou-se no seu filho Gui para retratar o mais antigo conflito doméstico: a vocação dos filhos para fazer asneiras e o esforço dos pais para os educar e proteger.

Com belíssimas ilustrações de João Fazenda, “O Pai mais horrível do Mundo é o livro ideal para todos os miúdos que acham os pais uns grandes chatos, e para todos os pais que ainda assim conseguem manter o sentido de humor.

 

“O Meu Pai”, de Antony Browne

o-meu-pai.jpg

“O meu pai podia ser um doutor ou um atleta, podia ser um dançarino ou um grande cantor. Mas é o MEU pai, que há-de gostar sempre de mim.”

O “O Meu Pai é o livro ideal para filhos, filhas… e especialmente pais. Livro cartonado, ilustrado a cores. Um tributo aos pais num livro cheio de carinho.

 

“O Pai Galinha e o seu Pintainho”, de Bernardino Pacheco

o-pai-galinha-e-o-seu-pintainho.jpg

A história de um pai com coração de mãe. Um livro que nos revela que o amor de pai é tão incondicional como o de mãe. Bernardino Pacheco fugiu ao cliché quando criou um Pai que tem tanto de super-herói como de fada do lar.

Vão adorar “O Pai Galinha e o seu Pintainho!

 

“O Meu Pai é o Melhor do Mundo”, de Maria João Lopo de Carvalho

o-meu-pai-é-o-melhor-do-mundo.jpg

“O Gil odeia ser gozado pelos colegas.

– O que é que faz o teu pai, Gil?

A resposta é sempre a mesma:

– O meu pai é só Pai…”

O que mais ninguém sabe é que o pai do Gil pertence à família dos Invencíveis e que tem mesmo Poderes Altamente Invencíveis!

O Meu Pai é o Melhor do Mundo… e o vosso?

 

“O Meu Pai é Um Homem-Pássaro”, de David Almond

O-Meu-Pai-é-um-Homem-Pássaro.jpg

Esta é a história da pequena Lizzie que, após a morte da mãe, se vê obrigada a desempenhar o papel de adulto perante o seu pai. Jack vive num mundo seu e, para se aproximar do pai, a jovem Lizzie começa a preparar a chegada dos participantes no Grande Concurso do Homem-Pássaro, que irá decorrer na povoação onde vivem.

Todos podem participar, basta que queiram atravessar o rio a voar. O pai de Lizzie é um dos participantes no Grande Concurso, e acredita que com as suas asas feitas de penas verdadeiras, conseguirá voar sem dificuldades. Será mesmo verdade? E Lizzie conseguirá acompanhar o pai neste voo?

O Meu Pai é Um Homem-Pássaro é uma aventura fantástica repleta de carinho e momentos divertidos.

 

14
Mar21

E que tal ler com o pai (ou com o avô) no Dia do Pai? (Part.II)

Niel Tomodachi

dia-do-pai-revista-estante-fnac.jpg

Olá a todos, continuamos com as sugestões de leitura para o Dia do Pai. 

Eles vão adorar!!!

:::::

"O Meu Pai é Incrível!", de Sabrina Moyle

pik_livrosdiapai-10.jpg

"O Meu Pai é Incrível!" é um livro ternurento que mostra que a chave para a felicidade está nas coisas mais simples, uma celebração do amor entre filhos e pais.

A merecida homenagem a todas as qualidades que fazem dos pais as criaturas mais incríveis do universo!

Páginas com frases simples e mensagens divertidas, repletas de humor, e ilustrações muito ternurentas, coloridas e apelativas!

Inspirador, mágico e inesquecível, ideal para aprofundar a relação pais-filhos!

 

“O meu papá é grande, é forte, mas…”, de Coralie Saudo

O-Meu-Papa-e-Grande-e-Forte-Mas.jpg

Todas as noites é sempre a mesma coisa. Este papá de gravata e com um ar exausto não quer ir para a cama e faz uma grande birra antes de se ir deitar. Por fim, depois de muitas negociações e de voltas e mais voltas pela casa toda, lá se consegue levá-lo. Mas ainda é preciso ler-lhe um livrinho antes da fatídica pergunta do costume: «Alexandre, meu filho, posso dormir na tua cama?»

Nesta história contada ao contrário, a inversão dos papéis diz-nos que um pai pode ser realmente grande e forte – como se constata no exercício de puro deleite em que consiste a visualização das ilustrações -, mas nem por isso deixa de precisar de colo ou de ter medo do escuro.

O lado mais frágil da idade adulta consumada na paternidade alcança neste “O meu papá é grande, é forte, mas… a doce melancolia de um tom sépia, que nos diz metaforicamente aquilo que poucas vezes deixamos transparecer.

 

“Gosto Muito de Ti, Papá… e de todas as coisas que tu dizes e fazes”, de Susan Akass

Gosto-Muito-de-Ti-Papá.jpg

Gosto Muito de Ti, Papá… e de todas as coisas que tu dizes e fazes é um livro delicioso cheio de todas aquelas coisas ternas e engraçadas que os pais fazem, para nos ouvirem dizer “Gosto muito de ti”.

 

“O Meu Pai é o Melhor do Mundo”

250x.jpg

O Meu Pai é o Melhor do Mundo” é um livro-álbum com frases alusivas ao pai, para ser preenchido em conjunto pelos pais e pelos filhos.

 

"Com o Papá" de  James Brown e Cally Johnson-Isaacs 

image.jpg

Com o dia de amanhã irei sonhar, no meu travesseiro, porque o papá é tão especial e entre todos é sempre o PRIMEIRO.

Com o papá, todos os momentos são muito especiais!

 

“Querido Pai”, de Orianne Lallemand

querido-pai.jpg

Em “Querido Pai, todos os pais do mundo são contemplados com palavras amorosas, ternurentas e de grande admiração.

 

“Foi o Pai que me Disse”, de Pauline e Astrid Desbordes

250x.jpg

O Gonçalo observa as andorinhas no céu.

– Vão para o outro lado da Terra – explica o pai.

– Também posso ir tão longe quando for grande?

É assim que começa mais um livro encantador em que o pequeno Gonçalo é o protagonista.

Desta vez, explora-se a relação pai-filho, num diálogo curioso, rico e comovente, acompanhado de ilustrações certeiras.

Foi o Pai que me Disse” é um livro que nos pertence a todos, que nos comove do princípio ao fim e que nos relembra como é crescer, percecionar o mundo e seguir o nosso caminho pela vida.

A destacar :Ideal como presente; texto comovente e divertido; estimula a imaginação e o raciocínio da criança.

 

13
Mar21

E que tal ler com o pai (ou com o avô) no Dia do Pai?

Niel Tomodachi

O Dia do Pai acontece a 19 de março mas podemos já, em conjunto com os mais pequenos, começar a preparar um presente para assinalar a data. 

pai-lendo-980x490.jpg

Escolhi alguns livros que vão adorar ler com os papás no Dia do Pai… ou em qualquer outra altura! E como os avós são pais duas vezes, têm também direito a um mimo especial.

Reuni, por isso, livros para ler com o Pai, para o Pai ler, para ler ao Pai, para ao Pai oferecer. 

:::::

“O Meu Urso Grande, o Meu Urso Pequeno e Eu”, de Margarita del Mazo e Rocio Bonilla

Imagem_Urso_Grande_Urso_Pequeno-739x1024.jpg

Esta é uma história ternurenta e familiar, desenhada pela ilustradora do bestseller “De que cor é um Beijinho?” e para abobrinhas dos 4 aos 6 anos. Pelas suas páginas passeiam sentimentos de amor, união e partilha que vão tocar os corações dos mais novos e dos papás.

 

Uma homenagem aos pais, “O Meu Urso Grande, o Meu Urso Pequeno e Eu” conta história emocionante sobre como o inverno pode ser acolhedor com a companhia certa.

 

“Eu e o meu Papá”, de Alison Ritchie

Eu-e-o-Meu-Papa.jpg

O pequeno urso e o seu papá fazem coisas maravilhosas. Vão passear pela montanha, nadam no rio à chuva, e contam histórias assim que as estrelas aparecem no céu. Fazem tudo juntos!

Eu e o meu Papá” é uma calorosa e engraçada história que irá fazer qualquer criança e claro, o seu papá, sentir-se especial.

 

“Porque adoro o meu pai”, de Alison Reynalds

Porque-Adoro-o-Meu-Pai.jpg

Porque adoro o meu pai” tem páginas especiais para a criança escrever e desenhar, para mostrar porque é que o pai é tão especial.

 

“O Lobito Azul Adora o Papá”, de Daniel Picouly e Frédéric Pillot

O-LOBITO-AZUL-ADORA-O-PAPA-CAPA-768x838.jpg

Um livro simples e terno sobre o amor dos pais que vai deliciar toda a família. “O Lobito Azul Adora o Papá” é um livro de capa almofadada que segue a aventura do pequeno Lobito Azul que se prepara para oferecer ao Papá Lobo um presente tão grande como o seu amor por ele!

E se for um elefante? Ou um urso? Ou então um cavalo? Com a ajuda da Mamã Lobo, o pequeno Lobito vai encontrar a prenda ideal para mostrar ao Papá Lobo o quanto gosta dele.

 

“Pê de Pai”, de Isabel Martins

pê-de-pai.jpg

Um pai é mesmo uma pessoa muito especial. Capaz de se dobrar, desdobrar, encolher e esticar, um pai transforma-se, num passe de mágica, nos objetos mais incríveis.  Ou será que nunca repararam nos pais transformados que andam por aí?

Pais-cabides, pais-ambulâncias, pais-aviões, pais-sofás, pais-escadotes, pais-travões… Basta abrir os olhos e observar.

Pê de Pai é um livro que olha de perto a relação de cumplicidade entre pai e filho e que os convida a descobrirem-se juntos ao virar de cada página.

 

“Eu quero o meu papá!”, de Tracey Corderoy

Eu-Quero-o-Meu-Papá.jpg

“Há dias em que precisamos mesmo do nosso papá!

Pois para o Artur, esse era um desses dias!

Quando o seu castelo se desmorona e não há forma de o manter de pé, quando faz um dói-dói e parece que há até monstros no lago…

Nesses momentos, pela ajuda e conforto como mais ninguém consegue dar, há apenas uma solução… gritar bem alto:

—Eu quero o meu papá!”

Eu quero o meu papá!” é um livro muito amoroso sobre tudo aquilo que todos nós… queremos, afinal.

 

 Durante os próximos dias continuarei a colocar mais sugestões...

 

12
Mar21

"Sorri"

Niel Tomodachi

250x (1).jpg

Sobre o Livro:

Conheça o livro Sorri das Edições Devir. Uma amorosa história educativa para crianças dos 8 aos 15 anos.

Raina só quer ser uma aluna normal do sexto ano.

Mas uma noite, depois dos Escuteiros, ela tropeça e cai, ferindo gravemente os dois dentes da frente.

O que se segue é uma longa e frustrante jornada, umas alturas com aparelho e outras sem ele, cirurgia, um embaraçoso aparelho externo nos dentes, e até uma prótese com dentes falsos.

E para além disto tudo, ainda há mais coisas com que lidar: um tremor de terra enorme, confusão por causa de rapazes e amigos que afinal revelam que não são assim tão amigos. A história da Raina leva-nos desde o sexto ano à secundária, onde ela descobre a sua voz artística, descobre o que realmente significa a amizade e onde ela finalmente… sorri.

O livro vendeu mais de 3,5 milhões de cópias nos Estados Unidos e obteve importantes prémios na área da Banda desenhada. 

É um original da Scholastic, uma das editoras mundiais mais importantes no género infanto-juvenil.

É também a estreia das Edições Devir em livros para esta faixa etária.

2010 > Prémio Boston Globe-Horn Book Livro de Honra

2010 > Prémio Kirkus Melhor Livro

2010 > Escolha do Editor do New York Times

2011 > Prémio Eisner para Melhor Publicação para Adolescentes  

 

Sobre a Autora:

Raina Telgemeier

 

www.devir.pt

06
Fev21

Carta escrita em 1969 por criança fez previsão certeira do futuro

Niel Tomodachi

Ao que parece, os 'Simpsons' não têm o monopólio das artes da divinação. Uma carta encontrada num sofá, escrita em 1969, revela a imaginação de uma menina que falava já em videochamadas. Agora, procura-se a autora.

naom_601e7d804424e.jpgFoi descoberta perdida num sofá - peça de mobiliário que pode ser uma verdadeira cápsula do tempo - uma carta escrita em 1969, por uma menina de 11 anos, que fazia impressionantes previsões para o futuro.

A missiva, completa até com as correções de um docente, data de 23 de fevereiro de 1969 e foi escrita por uma jovem estudante que tentava imaginar o mundo em 1980. As suas ideias são sinistramente precoces: fala de uma mudança radical na tecnologia e até prevê aquilo que hoje conhecemos como a revolução da plataforma Zoom.

A menina descreve a chegada do seu futuro marido a casa, do trabalho, quando já tem 23 anos. "'Olá, querida!', disse-me ele. 'Tenho que ligar a um amigo meu'. 'Então, é melhor arranjares-te um pouco', respondi-lhe eu. Em 1969, o telefone era uma caixa quadrada com um auscultador em cima. Agora continua a ser um auscultador, mas pode ver-se as pessoas com quem se está a falar, porque há um ecrã onde se pode ver as pessoas. É um pouco como a televisão".

Notícias ao MinutoExcerto do texto escrito pela criança, onde fala de um telefone onde se podem ver as pessoas com quem se fala© Reprodução Mirror

"Tudo o que temos para comer é um bocado de pastilha elástica. Podem pensar que não temos suficiente para comer, mas estão enganados, porque este pedaço de pastilha elástica é comida. Mastiga-se esta pastilha e pode sentir-se a comida a descer. Até se sente o sabor. Não há coisas para lavar depois", escreve a criança, talvez (ou talvez não) inspirada pela escrita de Roald Dahl, que em 1964 publicou 'Charlie e a Fábrica de Chocolate', onde existe uma pastilha elástica semelhante. A criança imagina, ainda, que as portas de sua casa são "elétricas" e manuseadas com botões.

O texto foi avaliado como "Bom" pela professora ou professor, com certeza, mais focado na correção gramatical do que no conteúdo imaginativo.

A descoberta foi feita pelo marido de Rosa Beckerton [na imagem], que estava a limpar e a tratar da velha peça de mobiliário, num trabalho de restauração pedido por um cliente que o comprara em segunda mão.

Rosa, britânica de 66 anos de idade, decidiu tornar a carta pública, no caso da autora, que agora teria pouco mais de 60 anos, ainda estar viva. "O meu marido já encontrou todo o tipo de lixo perdido em sofás e outras mobílias, mas nunca nada tão interessante como isto", disse, em entrevista ao Mirror.

 

28
Jan21

Bibliotecas de Lisboa contam uma história por dia

Niel Tomodachi

image (1).jpg

A rede de Bibliotecas de Lisboa (BLX) trouxe as leituras de contos para o online e a quinta série da iniciativa “Uma história por dia não sabe o bem que lhe fazia” estreia já no dia 8 de fevereiro. O projeto de narração, que acontecia presencialmente em todas as bibliotecas da rede, virou-se para o digital com a pandemia e atualmente publica um vídeo por dia, de segunda-feira à sexta-feira.

Isabel Monteiro, do núcleo de promoção e mediação de leitura da BLX, afirma que esta é uma atividade para toda a família, pois “as histórias não têm público-alvo e são para todos, desde os mais pequenos aos mais adultos”.

A série cinco do projeto vai ter o tema de lendas portuguesas e em 60 episódios irá percorrer vários contos típicos do norte a sul do país, não esquecendo as ilhas. As narrações são realizadas pelas mediadoras de leitura das 18 bibliotecas da rede.

Isabel Monteiro afirma que tem sido positivo que pessoas que não conheciam o projeto antes da pandemia tenham passado a acompanhar as histórias. “Temos um público que nos segue desde o presencial, mas conseguimos chegar a pessoas de todo o país que não nos conheciam”, sublinhando ainda que já tiveram assistências de fora de Portugal.

Todos os contos e séries anteriores estão disponíveis no YouTube da rede e ainda vais a tempo de acompanhar a quarta série, a decorrer até dia 29 de janeiro.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Quotes:

"We need four hugs a day for survival. We need eight hugs for maintenance. And we need twelve hugs a day for growth." - Virginia Satir

Pesquisar

Nelson's bookshelf: currently-reading

Alfie - O Gato do Bairro
tagged: currently-reading

goodreads.com

2021 Reading Challenge

2021 Reading Challenge
Nelson has read 1 book toward his goal of 25 books.
hide

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Afiliado Wook

WOOK - www.wook.pt

Comunidade Bertand

Read the Printed Word!

Em destaque no SAPO Blogs
pub