Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Tomodachi (ともだち)

Little Tomodachi (ともだち)

25
Ago22

Nova versão de 'Pinóquio' chega à Disney+ em setembro

Niel Tomodachi

O filme é realizado por Robert Zemeckis e conta com Tom Hanks no papel de Geppetto.

Pinóquio: Confira novo pôster e trailer oficial do live-action da Disney

Os membros do Disney+ poderão assistir a partir do dia 8 de setembro a uma nova versão do clássico ‘Pinóquio’ diretamente a partir do serviço de streaming. A nova versão chega precisamente nesse dia e, para ver o que pode esperar, pode encontrar no mais recente trailer.

‘Pinóquio’ conta com realização de Robert Zemeckis (‘Regresso ao Futuro’ e ‘Quem Tramou Roger Rabbit?’) e adapta o clássico de animação da Disney lançado em 1940 em praticamente todos os aspetos. No papel de Pinóquio temos Benjamin Evan Ainsworth, Joseph Gordon-Levitt como Grilo Falante e Tom Hanks como Geppetto.

Notar que a Netflix também tem a caminho um filme sobre esta história de um fantoche que deseja tornar-se um menino de verdade, sendo que este projeto conta com realização de Guillermo del Toro e será lançado em dezembro.

 

13
Jun22

Emirados proíbem filme por cena de beijo entre duas pessoas do mesmo sexo

Niel Tomodachi

Os Emirados Árabes Unidos anunciaram hoje a proibição do filme de animação 'Lightyear', da Pixar Studios, o primeiro da grande produtora norte-americana a conter uma cena de beijo entre duas pessoas do mesmo sexo.

Emirados proíbem filme por cena de beijo entre duas pessoas do mesmo sexo

Estado do Golfo, que inclui o emirado de Dubai em particular, e tem um Ministério da Tolerância, é relativamente liberal em comparação com os seus vizinhos, mas continua governado por inúmeras restrições no aspeto político e social.

"O filme de animação 'Lightyear', que tem estreia prevista para 16 de junho, não está autorizado a ser exibido em nenhum cinema dos Emirados Árabes Unidos, por violação das normas relacionadas ao conteúdo mediático vigentes nos Emirados Árabes Unidos", anunciou o Media Regulatory Office no Twitter.

De acordo com este órgão dependente do Ministério da Cultura e Juventude, todos os filmes "estão sujeitos a acompanhamento e avaliação antes da data de exibição ao público de forma a garantir que os conteúdos difundidos sejam adequados no que diz respeito à classificação etária".

Questionado pela agência de notícias francesa AFP, o ministério não respondeu aos pedidos de esclarecimento sobre as "normas" violadas pelo 'Lightyear', já tendo sido afixados nas ruas do Dubai cartazes do filme.

Esta proibição ocorre seis meses depois de o país ter anunciado que os filmes exibidos nos seus cinemas não seriam mais censurados, mas apenas classificados de acordo com a idade dos espetadores, com uma nova categoria de obras proibidas para menores de 21 anos.

A censura é uma prática muito difundida no mundo árabe, especialmente na região muito conservadora do Golfo. Filmes que contêm cenas consideradas prejudiciais à moral são muitas vezes cortados ou até mesmo completamente proibidos.

Em abril, a Arábia Saudita pediu à Disney que retirasse "referências LGBTQ" ao filme da Marvel, 'Doutor Estranho no Multiverso da Loucura', para que não pudesse ser exibido nos cinemas do reino ultraconservador, vizinho dos Emirados.

Nos últimos anos, os Emirados adotaram reformas sociais apresentadas como liberais para atrair mais expatriados, sendo o país composto por cerca de 90% de estrangeiros de todo o mundo.

Apesar dessas reformas, a Organização Não Governamental Human Rights Watch acusou, na semana passada, as autoridades de criminalizar "atos vagos" como qualquer comportamento que "ofenda a modéstia e a moral pública" ou que "incite uma vida de pecado".

 

25
Mai22

Chegou o novo trailer de “Thor: Amor e Trovão”, o próximo filme da Marvel

Niel Tomodachi

É apresentado o enigmático e bizarro vilão interpretado por Christian Bale — que está irreconhecível.

Esta segunda-feira, 23 de maio, foi divulgado o novo trailer de “Thor: Amor e Trovão”, que estreia nos cinemas a 7 de julho. Desta vez, Thor (Chris Hemsworth) vai estar numa jornada distinta de tudo aquilo por que já passou — está à procura de paz interior, longe das aventuras cósmicas do costume.

A reforma, contudo, é interrompida por um vilão enigmático conhecido como Gorr, o Carniceiro dos Deuses (Christian Bale), que é oficialmente apresentado nas novas imagens. 

Este assassino deseja a extinção de todos os deuses. Thor vai pedir ajuda de Rei Valkiria (Tessa Thompson), Korg (Taika Waititi) e da ex-namorada Jane Foster (Natalie Portman) que agora é a Poderosa Thor — uma vez que, de forma surpreendente, ela consegue dominar o seu martelo mágico, Mjolnir.

Juntos vão ter de desvendar mais sobre Gorr e tentar travá-lo. O filme foi realizado pelo próprio Taika Waititi e é a próxima grande produção da Marvel. O elenco inclui ainda Bradley CooperChris PrattRussell CroweMelissa McCarthySam Neill e Dave Bautista, entre outros.

 

09
Mai22

Avatar 2 vem mesmo aí – e já há título e trailer

Niel Tomodachi

avatar-the-way-of-water-poster-1652105534773.jpeg

Em 2009, o mundo foi apanhado de surpresa pela estreia de um filme que se viria a tornar dos mais famosos (e vistos) de sempre: Avatar, de James Cameron, é uma epopeia fantástica pelo mundo de Pandora, onde seres alienígenas azuis lutam com corpos humanos híbridos pelos recursos e sobrevivência do seu planeta.

Agora, é certo que vai chegar a muito desejada sequela: o novo Avatar já tem título, trailer e já são conhecidos os primeiros detalhes. O filme vai chamar-se “Avatar: The Way of Water” (“Avatar: O Caminho da Água”) e deverá ser o primeiro de quatro filmes, dentro deste universo, a ser produzido nos próximos anos.

Foi também anunciado que os dois personagens principais, Jake Sully (interpretado por Sam Worthington) e Neytiri (Zoe Saldana) estão de volta, só que desta vez aparecem já com uma família.

Outros atores do primeiro filme também participam e James Cameron continua na realização. Quanto a datas, sabe-se que a obra deve sair em dezembro de 2022, um atraso de quase dez anos desde que se começou a falar numa sequela para aproveitar o sucesso milionário do primeiro filme.

Enquanto esperamos pela estreia e por mais detalhes, podemos ver o primeiro trailer oficial:

 

06
Mai22

“As Aventuras de Gulliver”: o filme ucraniano de animação com bilhetes solidários

Niel Tomodachi

Estreou a 5 de maio, nas salas de cinema de todo o país, um filme produzido na Ucrânia e que fala de um personagem imortalizado por um livro famoso: as “Viagens de Gulliver”.

A animação “As Aventuras de Gulliver” baseia-se precisamente na obra de Jonathan Swift mas leva, desta feita, Gulliver a voltar a Lilliput, o reino onde é considerado um herói.

Só que, uma vez lá, as surpresas não são boas: Gulliver é visto e tratado como um impostor, porque os liliputianos cresceram a acreditar que o seu mítico e “verdadeiro” salvador era, de facto um gigante…. o herói chega a ser preso. Como se salvará?

Em Portugal, a versão é dobrada por João Manzarra, Pedro Leitão e Carla Correia, entre outros. Sendo uma produção ucraniana, a NOS Audiovisuais e vários cinemas aderentes criaram uma ação de bilhetes a 4 euros, metade dos quais serão diretamente doados à We Help Ukraine, uma plataforma de apoio aos refugiados ucranianos.

 

07
Abr22

O novo “Monstros Fantásticos” retrata o fascismo — e a homossexualidade de Dumbledore

Niel Tomodachi

É o terceiro filme da saga que pertence ao universo de “Harry Potter”. Mads Mikkelsen é agora Grindelwald, depois de Johnny Depp.

"Monstros Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore” é o novo filme da saga de prequelas de “Harry Potter”. Realizado por David Yates, e co-escrito pela autora dos livros J. K. Rowling, estreia nos cinemas portugueses esta quinta-feira, 7 de abril.

Não está a ser especialmente aclamado pela crítica, e já tinham existido vários motivos (e pretextos) para concluir a saga, mas enquanto for lucrativa a indústria de Hollywood não está interessada no seu fim.

Depois de uma pandemia que suspendeu a produção do filme, da substituição de Johnny Depp e das controvérsias em torno de Rowling, chega o terceiro capítulo da história. E cada vez mais distante da premissa original, uma vez que Newt Scamander (Eddie Redmayne) tem perdido algum protagonismo.

O enredo desenrola-se durante os anos 30. O feiticeiro maléfico Grindelwald (agora interpretado por Mads Mikkelsen) continua a tentar dominar o mundo mágico. Dumbledore (Jude Law) não o pode combater, pois assinaram um pacto de sangue no passado, prometendo que nunca iriam lutar um contra o outro.

Porém, o feiticeiro recruta Newt Scamander, o seu irmão Theseus (​​Callum Turner), a maga americana Lally Hicks (Jessica Williams), o franco-senegalês Yusuf Kama (William Nadylam), e o muggle americano Jacob Kowalski (Dan Fogler) para juntos formarem uma equipa que trave os planos de Grindelwald.

Yusuf Kama é enviado como espião infiltrado, enquanto os outros se instalam na Alemanha. Lá, assistem ao momento em que Grindelwald é absolvido de todos os crimes de que estava acusado — e depois anuncia que se vai candidatar à Federação Internacional dos Feiticeiros.

Mais tarde, a narrativa vai mudar-se para o Butão, na Ásia, onde decorrem as eleições através de uma tradição ancestral. “Monstros Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore” faz um claro paralelismo com a ascensão do fascismo na Europa nos anos 30. Grindelwald é a versão Hitler do mundo dos feiticeiros: um populista que consegue convencer muitas pessoas a juntarem-se à sua perigosa causa.

Este filme também aborda diretamente a homossexualidade de Albus Dumbledore, algo que só tinha sido mencionado de forma vaga em “Monstros Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald”.

Dumbledore e Grindelwald são ex-amantes que prometeram nunca se magoar um ao outro, mesmo que as suas jornadas os levassem por caminhos opostos. A tensão entre Mads Mikkelsen e Jude Law é palpável, aponta a crítica internacional.

O elenco do filme inclui ainda Katherine Waterston, Poppy Corby-Tuech, Ezra Miller, Paul Low-Hang, Richard Coyle e Oliver Masucci, entre outros.

 

05
Abr22

Criador de “Squid Game” prepara filme controverso e “mais violento” do que a série

Niel Tomodachi

Está também confirmada uma segunda temporada da produção da Netflix. “O universo [da série] acabou de começar”, diz o cineasta.

O criador de “Squid Game”, o cineasta sul-coreano Hwang Dong-hyuk, está a trabalhar num filme que se vai chamar “Killing Old People Club”, adianta a revista americana “Variety”, que assistiu a um encontro do criativo com jornalistas.

Hwang Dong-hyuk revelou que escreveu um guião de 25 páginas a partir de um livro do autor italiano Umberto Eco. Garante que será “outro filme controverso”. “Vai ser mais violento do que ‘Squid Game’.” Não foram adiantados mais detalhes sobre o projeto.

Tanto Hwang Dong-hyuk como a Netflix já asseguraram que “Squid Game” — uma das séries mais populares de sempre na plataforma de streaming — terá uma segunda temporada. Contudo, ainda não existe qualquer previsão em relação à data de estreia. “O universo de ‘Squid Game’ acabou de começar”, assegurou o sul-coreano quando foi revelado que a história teria continuidade.

 

12
Fev22

Já pode ver o trailer de "Three Months" o filme LGBT protagonizado por Troye Sivan

Niel Tomodachi

O filme “Three Months”, fala do quotidiano de uma pessoa que vive com HIV e é protagonizado por Troye Sivan, finalmente recebeu uma data de lançamento na Paramount+: 23 de fevereiro.

ETD_CLIP_Three_Months_Trailer_021022.jpg

Produzido pela MTV Entertainment Studios , dirigido e escrito por Jared Frieder, “Three Months” conta a história de Caleb Kahn, que é descrito como um adolescente do “sul da Flórida que gosta da sua câmera, da sua cánabis, e da sua avó.”

“É um filme sobre como desconstruir a vergonha sobre o HIV e mostrar que já não é uma sentença de morte neste mundo moderno com acesso à saúde” , disse Frieder  num comunicado sobre a longa-metragem.

“É sobre uma criança que chega a uma certa idade [adolescência] e percebe que há muitas coisas que o fazem diferente e também fazem ele indispensável e digno de amar”, completou o diretor.

Screen-Shot-2022-02-02-at-2.39.47-PM-1643830804.pn

Já Sivan, conversou com o canal Entertainment Tonight e disse que o personagem é muito importante para ele. “Eu acho, que como alguém que lutou contra minha própria sexualidade quando era mais novo e minha imagem corporal numa idade mais velha, isso é muito, muito importante."

Além de Sivan, que escreveu duas canções inéditas para o filme, “ Three Months ” o filme conta com a participação de Viveik Kalra, Brianne Tju, Ellen Burstyn, Judy Greer, Javier Munoz,Louis Gosset e Amy Landecker.

 

10
Fev22

Flee, filme sobre um refugiado afegão gay, fez história ao ser nomeado para animação, documentário e filme internacional nos Óscares

Texto by esqrever

Niel Tomodachi

O filme dinamarquês Flee fez história nos Óscares ao ser a primeira produção a ser nomeada nas categorias de melhor filme de animação, melhor documentário e melhor filme internacional.

Flee (A Fuga) tem direção de Jonas Poher Rasmussen que criou a animação após uma entrevista com um amigo afegão de longa data identificado como Amin Nawabi. Este contou-lhe como chegou à Dinamarca e foi “duplamente marginalizado, sendo gay e refugiado”. Foram precisos quase 20 anos para Nawabi , hoje um académico, se sentir preparado para contar a sua história.

Sempre estive curioso sobre como é que ele tinha chegado aqui e porquê, mas ele não queria falar sobre isso. E eu, claro, respeitei. Mas a nossa amizade cresceu e esta coisa, esta história, foi uma espécie de caixa-negra na nossa amizade”, disse Rasmussen.

Flee conta a história de Amin Nawabi enquanto ele lida com um segredo doloroso que manteve escondido por 20 anos, um que ameaça descarrilar a vida que construiu para si mesmo e o seu futuro marido. Narrado principalmente através da animação ao diretor Jonas Poher Rasmussen, ele conta pela primeira vez a história da sua extraordinária jornada como uma criança refugiada do Afeganistão.”

Sinopse de Flee

A 94ª edição do Óscares acontece a 27 de março e em Portugal, a estreia de Flee está prevista para o dia 7 de abril.

 

(S)

03
Fev22

"Anne Frank, A Minha Melhor Amiga" estreou no catálogo da Netflix

Niel Tomodachi

None

Anne Frank ficou conhecida mundialmente após a publicação do seu diário -  livro em que escreveu sobre a perseguição nazi que ela e a sua família enfrentaram. Mesmo após décadas, a sua história continua a ser extremamente relevante para entender as crueldades da Segunda Guerra Mundial. Agora ganhou um novo filme: "Anne Frank, A Minha Melhor Amiga."

Original da Netflix, o filme  Anne Frank, A Minha Melhor Amiga é baseado numa história real da amizade entre a Anne e a amiga Hannah Goslar, uma sobrevivente do Holocausto. A ocupação nazi em Amsterdão ao angustiante reencontro num campo de concentração.

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Quotes:

“How wonderful it is that nobody need wait a single moment before starting to improve the world.” ― Anne Frank

Pesquisar

Nelson's bookshelf: currently-reading

Alfie - O Gato do Bairro
tagged: currently-reading

goodreads.com

2022 Reading Challenge

2022 Reading Challenge
Nelson has read 0 books toward his goal of 50 books.
hide

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Afiliado Wook

WOOK - www.wook.pt

Comunidade Bertand

Afiliado Miniso

Read the Printed Word!

Em destaque no SAPO Blogs
pub