Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Tomodachi (ともだち)

Little Tomodachi (ともだち)

27
Out22

Porto recebe mega festa de eletrónica de Halloween

Niel Tomodachi

É da organização do festival Neopop e vai acontecer a 31 de outubro, na Super Bock Arena.

Na noite de Halloween, 31 de outubro, a Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota, no Porto, vai receber uma enorme festa de música eletrónica por parte da organização do festival Neopop, que todos os anos acontece durante o verão em Viana do Castelo.

O cartaz inclui performances do espanhol Héctor Oaks, da dupla francesa KAS:ST e do neerlandês Reinier Zonneveld. Mas o alinhamento inclui ainda DJ sets de Renato Ratier, BTSS, Biia e Tiago Fragateiro.

Os bilhetes encontram-se à venda e podem ser comprados online, entre os 35€ e os 95€. O Neopop regressa a Viana do Castelo no próximo ano, entre 10 e 12 de agosto.

 

08
Set22

Festival de Francesinhas à moda do Porto na Maia foi adiado — já há novas datas

Niel Tomodachi

As más condições atmosféricas previstas para este fim de semana levaram a organização a adiar o evento.

Uma das maiores chuvadas dos últimos meses vai cair este fim de semana, segundo as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) e já está a causar impacto. As más condições atmosféricas previstas levaram a organização a adiar o Festival de Francesinhas da Cidade da Maia, que devia arrancar esta sexta-feira, 9 de setembro, e estender-se até dia 18.

“Por motivos exteriores à vontade da Câmara Municipal da Maia e da entidade promotora (previsão climatérica muito adversa) o evento terá de ser adiado”, anunciou a autarquia.

Na mesma nota, contudo, o município já revelou novas datas para a iniciativa. É de 7 a 16 de outubro que o Parque Central (Rua Simão Bolívar, 83-87) da cidade recebe o festival que tem o típico prato portuense como protagonista. Nessa altura, já haverá tendas no espaço, pelo que chuva, caso surja, não seja um problema. A entrada mantém-se gratuita, razão pela qual só paga aquilo que consumir.

Alfândega Douro, Cufra, Alicantina e Santa Francesinha serão os restaurantes responsáveis por servir o prato tão apreciado pelos portugueses (e não só) na sua versão tradicional (10€). Para que ninguém tenha de ficar de fora, o Santa Francesinha apresentará também uma opção vegetariana e outra vegan — ambas custam 12€.

À NiT, a organização adiantou que, tal como em Setúbal, o Mirone, em Vila Nova de Gaia, vai disponibilizar os seus cachorrinhos à Porto (4€). Para acompanhar, conte com cerveja (2€), claro, vinho (12€/garrafa), água (1€) e refrigerantes (2€).

Uma feira com enchidos, queijos, lapas da Madeira, bolo do caco, vinhos e muito mais, que decorre em paralelo, é outra novidade da edição.

Antes disso, de 22 de setembro a 2 de outubro, o Festival de Francesinhas realiza-se em Oeiras. 

 

05
Set22

O maior evento animal solidário é já este sábado. Animal Fest regressa a Loures

Niel Tomodachi

Organizado pela Associação Click Positivo, tem entrada gratuita e diversas atividades para os patudos e os seus tutores

Prepare o seu animal para este fim-de-semana, porque certamente será agitado. O Animal Fest está de regresso a Loures (a dois passos de Lisboa), no próximo sábado, dia 10 de setembro, trazendo o maior evento solidário ao ar livre a nível nacional e as atividades para os tutores e os seus companheiros de quatro patas prometem.

Após dois anos de adaptação ao online, regressa ao Parque Adão Barata, ou Parque da Cidade de Loures, onde já não marcava presença desde o ano de 2019. Desta forma, das 15 horas às 22 horas, os animais e tutores poderão divertir-se num horário bastante preenchido, com atividades de meia em meia hora.

A entrada é gratuita e o programa envolve ações de socialização, como encontros de raça,  e de sensibilização, como cuidados a ter com os cães séniores em abrigos e o enquadramento legal do bem estar animal, lecionado pela Polícia de Segurança Pública (PSP).

Além disso, contará com a presença de Yuki e Gold, os cães adotados já em adultos, para contar a sua história. E terminará com o “desfile dos melhores amigos” entre cães e tutores.

 

O evento é organizado pela Associação Click Positivo, que foi fundada em 2017, com sede no município de Loures, com o intuito de melhorar a comunicação dos tutores com os seus cães, dando dicas e métodos de treino para facilitar o processo. Além do Animal Fest, desenvolvem várias ações de sensibilização e encontros em matilha, de forma a proporcionar “momentos descontraídos de aprendizagem”.

Ainda não tem nada na agenda para este sábado? Está na altura de marcar presença no Animal Fest, em Loures, e de levar o seu animal e a sua família para um serão muito divertido.

 

31
Ago22

Festival das Francesinhas à moda do Porto chega a Maia em setembro

Niel Tomodachi

A iniciativa regressa ao norte, após passagem por Setúbal, para 10 dias de festa protagonizados pelo típico prato portuense.

A digressão do Festival de Francesinhas à moda do Porto continua a todo o vapor. Depois de passar por destinos como Câmara de Lobos, na Madeira; Angra do Heroísmo, nos Açores; Coimbra; Seixal e, mais recentemente, Setúbal, o evento prepara-se para tomar conta da Maia. A entrada no festival é livre — só paga aquilo que consumir.

O Parque Central (Rua Simão Bolívar, 83-87) da cidade foi o escolhido para receber a iniciativa, que acontece de 9 a 18 de setembro, sempre das 12 às 15 horas e das 18 e às 23 horas. Ao todo, são 10 dias de festa com o típico prato portuense como protagonista.

Alfândega Douro, Cufra, Alicantina e Santa Francesinha são os restaurantes responsáveis por servir o prato tão apreciado pelos portugueses (e não só) na sua versão tradicional (10€). Para que ninguém tenha de ficar de fora, o Santa Francesinha apresenta também uma opção vegetariana e outra vegan — ambas custam 12€.

À NiT, a organização adiantou que, tal como em Setúbal, o Mirone, em Vila Nova de Gaia, vai disponibilizar os seus cachorrinhos à Porto (4€). Para acompanhar, conte com cerveja (2€), claro, vinho (12€/garrafa), água (1€) e refrigerantes (2€).

Uma feira com enchidos, queijos, lapas da Madeira, bolo do caco, vinhos e muito mais, que decorre em paralelo, é outra novidade da edição.

De 22 de setembro a 2 de outubro, o Festival de Francesinhas volta a realizar-se, mas dessa vez em Oeiras. 

 

20
Jun22

Aquele que seria o primeiro festival LGBTIA+ de Portugal foi cancelado

Niel Tomodachi

A organização já tinha anunciado que estavam com várias dificuldades para tornar possível o evento prometido.

O LGBT+ Music Festival foi oficialmente cancelado, após algumas semanas de incerteza quanto ao seu futuro. A decisão foi anunciada através de uma publicação no Instagram.

“É com um enorme pesar no coração que temos de lhe dizer que tomámos a decisão devastante de cancelar o LGBT+ Music Festival. Lamentamos imenso anunciarmos isto tão perto do festival, mas fizemos mesmo de tudo para conseguirmos avançar com o evento mesmo que fosse numa escala menor”, lê-se no texto.

O enorme acontecimento musical que contaria com Iggy Azalea, Bimini Bon Boulash, Peaches, Todrick Hall, entre outros, iria decorrer na Alfândega do Porto de 1 a 3 de julho.

“Já enviámos mensagens a todos aqueles que compraram bilhete para tratarmos do processo de reembolso. Por favor verifiquem a vossa caixa de email”, escreve a organização.

Escusado será dizer que os comentários não são de apoio aos organizadores. Muito pelo contrário. Vários comentários à publicação no Instagram comparam o festival portuense ao Fyre Festival, um fiasco que deu origem a um documentário na Netflix. “A forma como isto foi tratado foi abismal. Ainda bem que não me apressei para comprar bilhetes”, escreve um utilizador. “Vemo-nos em tribunal” e “deviam ter muita, muita vergonha de vós mesmos” são outras das críticas.

 

 

04
Jun22

Alterações inesperadas no primeiro festival LGBT do País deixam comunidade revoltada

Niel Tomodachi

A organização fez um anúncio bastante vago no Instagram. Os comentários zangados e a comparação com o Fyre Festival foram imediatos.

O LGBT+ Music Festival está agendado para os dias 1, 2 e 3 de julho, mas vai sofrer alterações no seu formato. O anúncio foi feito pela organização na passada quarta-feira, 1 de maio, através de uma publicação nas redes sociais.

“Pedimos desculpa pelo silêncio e temos a certeza que estão curiosos para saberem mais atualizações do festival. Infelizmente, temos enfrentado um grande número de problemas internos que tornaram as coisas difíceis para a nossa equipa. Temos trabalhado bastante para ter a certeza de que o festival ainda acontecerá, mas devido às circunstâncias atuais decidimos que será feito num formato diferente. Pedimos desculpa por anunciarmos estas mudanças tão perto do evento, mas estamos a fazer tudo o que podemos para oferecer uma experiência maravilhosa a todos os participantes”, lê-se no texto.

Apesar de referirem que o evento decorrerá num formato diferente, não adiantaram mais pormenores, o que acabou por revoltar os participantes. “Basicamente fizeram um anúncio onde nada foi anunciado. Perfeito”, lê-se num comentário. Outros, comparam-no com o Fyre Festival, um evento que prometia ser o melhor festival de sempre, mas acabou por ser um gigantesco flop. Os artistas não compareceram, a comida não era a prometida, e as condições eram quase nulas. O caso tornou-se tão mediático que até resultou num documentário na Netflix.

Um festival inovador em Portugal

O LGBT+ Music Festival foi anunciado em janeiro. Pouco tempo depois, o evento foi confirmado no Porto, e deveria acontecer na Alfândega. Desde o início, prometia ser um festival histórico para a comunidade LGBTQIA+ portuguesa e europeia.

O projeto nasceu a partir de uma reunião entre Marco Azevedo e Pedro Abelha, com experiência na área dos festivais, e o diretor da associação Variações, Diogo Vieira da Silva, que promove o turismo e o comércio LGBTI em Portugal e organizou o evento Porto Pride.

“Num almoço informal onde discutimos várias questões surgiu a ideia, houve uma proposta em cima da mesa: e se fizermos um festival direcionado para este segmento? Faz sentido? Existe público? Esgrimimos argumentos e chegámos à conclusão de que seria algo interessante”, explicou à NiT Diogo Vieira da Silva.

A ideia era que o evento acontecesse em 2020, mas a pandemia de Covid-19 obrigou a que fosse adiado. Os organizadores reuniram-se novamente em outubro do ano passado e puseram mãos à obra. Segundo Diogo Vieira da Silva, vai ser “provavelmente” o maior evento LGBT+ de sempre em Portugal. Mais: “é, sem dúvida, dos maiores do mundo”. “Pelo menos ao nível do cartaz e da projeção que estamos a ter, vai ser um dos mais relevantes.”

Para definir o alinhamento, escolheram artistas LGBT+ ou músicos que simpatizam ativamente com a causa. Desde então que confirmaram nomes como Iggy Azalea, Bebe Rexha, Todrick Hall, Melanie C, Ludmilla, Peaches ou Bimini Bon Boulash. “É um conceito global que estamos a experimentar no Porto, mas que não vai só acontecer nesta cidade. Nós vamos fazer este festival noutras partes do mundo. Portugal é o mentor da ideia e isso deve deixar-nos orgulhosos”, revelou Diogo Vieira da Silva.

O futuro do evento é agora incerto, e garantem que em breve serão conhecidas as novas alterações. “Por favor estejam atentos às atualizações enquanto continuamos a trabalhar nos detalhes. Se tiver alguma pergunta ou preocupação, sinta-se à vontade para nos enviar uma mensagem ou um email para hello@lgbtmusicfestival.com. Iremos responder assim que possível. Mal podemos esperar para vos vermos num fim de semana de celebração no Porto”, conclui a publicação do Instagram.

 

16
Mai22

Vem aí o 1.º Festival de Jogos de Tabuleiro para Famílias

Niel Tomodachi

Sentes que és um verdadeiro às em jogos de tabuleiro e que só falta o mundo descobrir as capacidades que sempre soubeste ter? Pois esta pode ser a tua oportunidade! No Casino Estoril, concelho de Cascais, vai realizar-se o 1.º Festival de Jogos de Tabuleiro para Famílias.

O evento acontece a 21 e 22 de maio, das 10 horas às 20 horas, no Salão Preto e Prata do Casino Estoril.  Será, certamente, um fim de semana especial para familiares e amigos que participem neste encontro.

Segundo a organização, a ideia surgiu porque os jogos de tabuleiro na Europa, incluindo Portugal, claro, vêm revelando um público cada vez mais interessado nos numerosos eventos que são organizados.

“Imagine a sua família à volta de uma mesa a jogar jogos de tabuleiro tendo como pano de fundo os jardins do Casino Estoril. Os jogos de tabuleiro aproximam famílias, contribuem para relações mais saudáveis entre todos e trazem momentos de diversão que ficarão nas memórias das crianças e dos adultos para sempre”, descrevem os promotores.

Organizado pelo Instituto de Apoio à Criança – IAC, o 1.º Festival de Jogos de Tabuleiro conta com o apoio da Junta de Freguesia do Estoril e do Casino Estoril.

A entrada custa 1 euro (paga a partir dos 18 anos).

As reservas podem ser feitas para a ticketline, pelo telefone 707 234 234 ou online.

 

03
Mai22

Se gosta de caminhar não vai querer perder este festival no Alentejo

Niel Tomodachi

O Art and Walking Festival acontece de 6 a 15 de maio em vários concelhos da região e paga o que quiser para participar.

A primeira edição do Alto Alentejo Art and Walking Festival acontece em vários concelhos da região de 6 a 15 de maio, com caminhadas aos sábados e domingos e outras atividades durante a semana. Se gosta de caminhar ao ar livre e apreciar paisagens naturais, esta iniciativa que procura “promover os inúmeros percursos pedestres do território, com as suas magníficas paisagens e valores naturais” é uma ótima oportunidade.

Esta região do País é uma zona de contrastes, com as extensas planícies a sul, os grandes lagos a ocidente, as montanhas de São Mamede a nordeste e a forte influência das paisagens da beira baixa a norte, onde o Alentejo cruza o rio Tejo. Este erritório oferece um conjunto alargado de percursos pedestres ao longo dos seus quinze municípios.

No total, são 16 visitas guiadas e passeios distribuídos ao longo dos dois fins de semana nos sete municípios aderentes (Avis, Campo Maior, Monforte, Ponte de Sor, Elvas, Sousel e Arronches).

A iniciativa partiu da direção do Hotel Monte Filipe que, inspirado na galeria de arte pública de estatuária de Alpalhão, onde está localizado, organizou duas edições do Art and Walking Festival, em 2018 e 2019. Agora, em colaboração com a SAL – Sistemas Ar Livre, que detém a marca Portugal Walking Festival, expandiram a atividade a todo o Alto Alentejo. José Pedro Calheiros, organizador do evento, sublinha que a região “é um destino privilegiado para a prática de turismo de natureza, com especial destaque para os passeios pedestres”. 

Para participar apenas precisa de fazer a inscrição nos percursos que pretende fazer, através do site da organização. As participações têm um pagamento franco. Isto que dizer que durante a atividade, ou no final, paga o que considerar justo. “Este valor reverte integralmente para os guias do respetivo passeio”, refere a organização.

 

20
Abr22

Dois anos depois, o festival dedicado à literatura de viagens regressa a Óbidos

Niel Tomodachi

A programação do evento inclui exposições, workshops, conversas, oficinas; uma feira do livro e espetáculos de música e dança.

Palavras escritas, ditas e ilustradas. Em viagens, livrarias, ou à volta da mesa. Todos os roteiros cabem na quarta edição do Latitudes – Literatura e Viajantes, evento que se assume como ponto de encontro por excelência dos apaixonados pelos dois universos que lhe dão nome. Os lançamentos de obras; exposições; workshops; conversas; oficinas; experiências literárias para os mais novos; uma feira do livro; espetáculos de música e dança sobre a temática vão tomar conta de Óbidos entre 21 e 24 de abril. O festival acontece após dois anos de pausa forçada pela pandemia de Covid-19.

Segundo a organização, o evebnto torna a dar “especial ênfase à ilustração, quer através de residências artísticas, quer através de várias iniciativas de ilustração ao vivo pela vila e por todo o concelho”. Ambas contam com o apoio dos Urban Sketchers Portugal, representantes nacionais de uma comunidade global de artistas que viajam e desenham o que observam, tendo como suporte apenas um caderno, bloco ou objeto semelhante — o diário gráfico —, e do Grupo Risco, que realiza expedições para desenhar a fauna e a flora dos locais que visitam.

Da programação, composta por cerca de 40 propostas, vale realçar, logo no primeiro dia, o encontro-jantar literário inspirado numa “Viagem a Portugal”, de José Saramago; a apresentação da edição especial da obra homónima do Nobel da Literatura de 1998; a inauguração da exposição “Sketch Tour Portugal”, que dá nome ao livro apresentado também dia 21; e a conferência “Turismo Literário enquanto produto turístico”, enumera o Público.

Já no segundo dia, sobressai uma aula aberta sobre literatura de viagens; uma palestra sobre mulheres viajantes e a inauguração da exposição de pintura “Voar”, de Carlos Viseu.

Conversas sobre literatura de viagens e antropologia, crónicas de viajantes, mulheres viajantes; a apresentação da série documental “Viagem a Portugal”, com o realizador Ivan Dias; e uma tertúlia sobre uma viagem a Marrocos, inspirada pelo escritor norte-americano Paul Bowles, que viveu e morreu no país africano, preenchem o terceiro dia.

Uma conferência sobre a primeira travessia aérea do Atlântico Sul, empreendida há um século por Gago Coutinho e Sacadura Cabral; uma palestra sobre o itinerário “Bowlesiano” em Portugal e a apresentação do livro “Os Retornados de Xangai — Histórias de Portugueses no Oriente”, de António Caeiro, sobressaem no calendário de atividades planeadas para o encerramento da iniciativa.

 

18
Abr22

Torres Vedras - Cidade dos Livros. Festival vai ser retomado este ano

Niel Tomodachi

O festival Torres Vedras - Cidade dos Livros é retomado este ano, após dois anos de interrupção devido à pandemia de covid-19, com mais de uma centena de eventos durante um mês, a partir de quinta-feira, foi hoje anunciado.

Torres Vedras - Cidade dos Livros. Festival vai ser retomado este ano

Em conferência de imprensa, a vice-presidente da câmara, Ana Umbelino, explicou que, nesta quinta edição, o festival estende-se às várias freguesias do concelho, "numa lógica de descentralização e de levar a cultura a todo o território", assim como a espaços não culturais, como o mercado municipal ou a Igreja de Santiago, "para chegar a todos os públicos".

Com mais de uma centena de atividades, o programa conta com encontros com escritores, sessões de conto, colóquios, tertúlias, formações, performances teatrais, exposições de ilustração e de livros de cordel, visitas guiadas, oficinas infantojuvenis, lançamentos de livros, feira de livros, nos quais participam cerca de 40 convidados, alguns dos quais oriundos do Brasil, Espanha e Bielorrússia.

No ano do centenário de José Saramago, o festival integra a exposição "Voltar aos passos que foram dados", entre 22 e 30 de abril, e exibe o filme "O ano da morte de Ricardo Reis", de João Botelho.

O programa, que se prolonga até 22 de maio, é organizado pela Câmara Municipal de Torres Vedras em parceria com várias organizações culturais deste concelho do distrito de Lisboa.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Quotes:

“How wonderful it is that nobody need wait a single moment before starting to improve the world.” ― Anne Frank

Pesquisar

Nelson's bookshelf: currently-reading

Alfie - O Gato do Bairro
tagged: currently-reading

goodreads.com

2022 Reading Challenge

2022 Reading Challenge
Nelson has read 0 books toward his goal of 50 books.
hide

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Afiliado Wook

WOOK - www.wook.pt

Comunidade Bertand

Afiliado Miniso

Read the Printed Word!

Em destaque no SAPO Blogs
pub