Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Tomodachi (ともだち)

Little Tomodachi (ともだち)

08
Nov22

Lefties tem pijamas e camisolas de Natal para toda a família. Patudos incluídos

Niel Tomodachi

O cão e o gato lá de casa não vão ficar a olhar. Também têm gorros, bandanas e bandoletes só para eles.

O tempo mais frio e a chuva convidam a que comecemos a usar roupa mais quente, sejam os camisolões para sair à rua ou os pijamas mega confortáveis com que nos vamos deitar. Se a isto juntarmos os motivos natalícios, tão típicos desta época, o resultado pode ser muito divertido – e muito familiar, para coroar o momento festivo em beleza.

E quando falamos em família, claro está que nem o cão ou o gato ficam de fora. São cada vez mais os lares onde os amigos de quatro patas são considerados membros da família e as empresas não estão a deixar passar essa tendência ao lado.

A pensar precisamente nisto, a Lefties – marca que pertence ao grupo espanhol Inditex, que detém igualmente a Zara, Bershka e outras insígnias – já tem propostas natalícias para todos os gostos, desde as sweatshirts até às camisolas de Natal, sem esquecer os pijamas e a coleção para os patudos.

Uma das sugestões é a do pijama familiar natalício com motivos alusivos à época – sendo que o dos animais de estimação faz pandan com os de todos lá em casa. O pijama do patudo custa 8,99€, ao passo que para mulher e para homem tem o valor de 12,99€. Já para as meninas dos 4 aos 14 anos custa 9,99€, sendo que pode comprar o dos rapazes (na mesma faixa etária) também pelo mesmo preço.

Se preferir o pijama familiar natalício com motivos do Snoopy Peanuts, o do amigo de quatro patas custa 9,99€.

Os pijamas são confecionados em 100 por cento algodão e o facto de estarem disponíveis para todos os membros da família acabam por se transformar numa peça de roupa divertida para partilhar em casa.

 

Lefties tem mais surpresas para os pets

Mas as sugestões da Lefties para o seu amigo de quatro patas não se ficam por aqui. No website da marca pode ver todas as propostas natalícias, tanto para cão como para gato.

Além dos pijamas, a coleção de Natal para os pets conta com camisolas (algumas das quais também a condizer com as da restante família), bandoletes, gorros e sets de bandanas e laços de Natal, com muitas formas e motivos. O difícil vai ser escolher.

 

06
Nov22

Trabalhadores com filhos menores de 12 anos têm direito a folgar ao fim de semana

Niel Tomodachi

Para exigir que funcionários nesta situação trabalhem ao sábado e domingo, a empresa precisa de provar que estes são insubstituíveis.

O Supremo Tribunal de Justiça definiu que os empregadores são obrigados a dar folga aos funcionários que tenham filhos menores de 12 anos, mesmo quando não estão em causa famílias monoparentais, avança o jornal “Público” este sábado, 5 de novembro.

A decisão surgiu na sequência da avaliação de um caso apresentado pela empregada de uma loja na Primark, que alegava que precisava de folgar aos fins de semana para tomar conta dos filhos, uma vez que o marido trabalhava por turnos e não tinham as condições necessárias para pagar a uma ama, nem um familiar que pudesse assumir a função.

“O direito à conciliação da atividade profissional com a vida familiar e o direito à proteção da paternidade e maternidade estão inseridos na Constituição”, disse o Supremo para justificar o motivo de considerar que a trabalhadora tinha razão contra a entidade empregadora.

Para obter um parecer favorável, as empresas precisam de provar em tribunal que o funcionário em causa é indispensável e que a sua ausência compromete o funcionamento do negócio, acrescentaram os juízes.

 

19
Out22

A maratona do Porto está de volta com provas especiais para toda a família

Niel Tomodachi

Corrida de 42 quilómetros junto ao mar e ao rio decorre a 6 de novembro, mas antes disso é possível juntar-se à Expo Maratona.

Não sabemos se é o terreno ou a beleza do percurso, mas a EDP Maratona do Porto é propícia à obtenção de recordes. Em 2017, a queniana Monica Jepkoech conseguiu terminar a prova em menos de 2h27 minutos; e em 2021, um conterrâneo, Zablon Chumba, correu os 42,19 quilómetros em menos de 2h09. Mas não se assuste com estes números. Há opções para corredores amadores e até para famílias inteiras.

Apesar de as obras manterem a passagem pela Ponte Luís I fora do percurso, os cenários junto à Foz e ao Rio Douro não deixam de atrair milhares de pessoas que gostam de correr ou simplesmente passar um dia divertido com os amigos. Por isso mesmo, nesta 18.ª edição da EDP Maratona do Porto também é possível participar na APO Family Race Corrida dos Ossos Saudáveis, com 10 quilómetros, ou na EDP Fun Race, uma caminhada de apenas seis quilómetros.

Todas as provas arrancam às 8 horas, do dia 6 de novembro, no Sea Life Porto, em Matosinhos. A meta é cortada no Queimódromo. A organização conta que terá mais de 10 mil inscrições nesta edição.

“Esperamos que seja um dia dedicado ao desporto e à saúde, de convívio entre amigos e famílias, onde sejam atingidos os objetivos pessoais de cada participante. Estamos a organizar um evento que preencha as expectativas de todos e que seja um momento de competição, mas também alegria e superação”, explica Jorge Teixeira, diretor-geral da Runporto.com.

Antes disso, nos dias 4 e 5, pode participar na Expo Maratona, na Alfândega do Porto. Além do levantamento dos kits de participante, por aqui não faltam atividades, ofertas e informações sobre o evento para os atletas. Em 2021, mais de dez mil participantes marcaram presença neste evento, que este ano conta até com uma Pasta Party — uma refeição preparada especialmente para os atletas, que será servida entre o meio-dia e as 17 horas, de dia 5.

Até ao dia 1 de novembro, é possível inscrever-se na EDP Maratona do Porto e fazer parte desta super corrida que já conta com atletas inscritos de 43 países.

 

 

08
Set22

Preparar a 'carteira' no regresso às aulas: Este simulador pode ajudar

Niel Tomodachi

O orçamento familiar pode sofrer algumas oscilações neste mês de regresso às aulas. Para apoiar na organização das despesas e receitas, o portal Todos Contam disponibiliza um simulador do orçamento familiar.

Preparar a 'carteira' no regresso às aulas: Este simulador pode ajudar

regresso às aulas está à porta e, para muitos, este período representa um acréscimo de despesas, o que obriga a um ajuste no orçamento familiar. 

Nesta senda, o portal de literacia financeira Todos Contam disponibiliza um simulador do orçamento familiar - ao qual pode aceder aqui -, que pode ser útil, em particular, nesta fase.  

O simulador em questão "é uma ferramenta de apoio à elaboração do orçamento familiar", que "permite calcular a diferença entre rendimentos e despesas".

Além disso, "permite, também, avaliar o peso dos encargos financeiros no total dos rendimentos (taxa de esforço)".

"Para obter resultados corretos é importante que os valores inseridos em cada rubrica sejam o mais exatos possível. Quanto mais rigorosos os dados introduzidos, mais realistas e úteis serão os resultados obtidos. Os rendimentos ou despesas cujo valor exato não é conhecido devem ser estimados e considerados pelo valor que se admite mais se aproxima do real", pode ler-se no portal. 

 

08
Set22

A 'Porquinha Peppa' introduz casal homossexual no elenco

Niel Tomodachi

A introdução destas novas personagens surge durante um episódio intitulado 'Families' ('Famílias').

A 'Porquinha Peppa' introduz casal homossexual no elenco

famoso desenho animado 'Porquinha Peppa', dirigido ao público pré-escolar introduziu pela primeira vez no seu elenco um casal homossexual.

A introdução destas novas personagens surge durante um episódio intitulado 'Families' ('Famílias'), que foi para o ar esta terça-feira no Canal 5 do Reino Unido.

Neste episódio, a protagonista da série, a própria Peppa, é apresentada às mães da amiga Penny Polar Bear que lhe mostra a sua família através de um desenho que está a fazer durante o episódio.

O programa infantil foi criado pelos britânicos Mark Baker e Neville Astley, e está no ar desde 2004. Nos 18 anos de história do desenho animado esta é a primeira vez que um casal do mesmo sexo é mencionado.

Esta família aparece dois anos depois de uma petição criada num site com sede nos Estados Unidos (EUA), que exigia uma "família de pais do mesmo sexo na Porquinha Peppa".  A petição acumulou quase 24 mil assinaturas e motivou a vontade de criar as personagens.

De acordo com a BBC, o desenho animado britânico não é o primeiro programa infantil a apresentar casais do mesmo sexo. Já o desenho animado americano Arthur, destinado a crianças dos quatro aos oito anos, mostrou, em 2019, um casamento homossexual na sua 22.ª temporada.

Também outros desenhos animados abordaram os relacionamentos LGBTQI+, nomeadamente Adventure Time e Steven Universe, ambos com origem nos EUA, mas dirigidos ao público de 10 ou mais anos.

 

31
Ago22

Falta um mês para os aumentos massivos do gás. Eis o comparador de preços, faça bem as contas

Niel Tomodachi

Entre oito e 30 euros por mês. Estes são os aumentos de gás natural que as energéticas já avançaram e que entram em vigor a 1 de outubro. Ainda há um mês para simular os melhores preços, saber se pode aceder ao mercado regulado e evitar um choque no orçamento familiar

gas pexels-gary-barnes-6248788

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) dispõe de um novo comparador de preços de ofertas comerciais de gás natural e eletricidade disponíveis no mercado, em forma de lista interativa que dispensa simulações ou dados da fatura. Uma ferramenta que se impõe como urgente uma vez que as energéticas já anunciaram aumentos mensais que vão dos oito aos 30 euros mensais.

Recorde-se que a Galp anunciou na segunda-feira, 29 de agosto, que o aumento do preço do gás natural, em outubro, rondará os oito euros, para o escalão mais representativo de clientes, refletindo o “custo de aquisição em linha” com os preços no mercado internacional.

“O aumento em causa rondará os oito euros para o escalão mais representativo de clientes da Galp”, indicou a empresa numa nota aos clientes, enviada à Lusa, após ter anunciado, na semana passada, que iria atualizar os preços do gás natural, a partir de 1 de outubro.

Segundo a energética, “o novo preço reflete o aumento do respetivo custo de aquisição em linha com a evolução do preço deste produto no mercado internacional”. A Galp disse ainda reconhecer “o impacto que o atual contexto do mercado está a provocar na fatura dos seus clientes”.

Também no mesmo dia, a Goldenergy revelou que, para a maioria dos clientes, o preço do gás residencial e para os pequenos negócios iria ser aumentado, em média, dez euros, já com as taxas e os impostos incluídos.

Este anúncio aconteceu depois de a EDP Comercial ter afirmado que vai aumentar o preço do gás às famílias em média em 30 euros mensais, mais taxas e impostos, a partir de outubro, devido à escalada de preços nos mercados internacionais e após um ano sem atualizações.

No dia seguinte ao anúncio da EDP, o Governo anunciou que vai propor o levantamento das restrições legais existentes, para permitir o acesso às famílias e pequenos negócios ao mercado regulado. “O Governo decidiu que vai propor o levantamento das restrições legais existentes, para permitir o acesso às famílias e pequenos negócios ao mercado regulado [do gás natural], anunciou o ministro do Ambiente, Duarte Cordeiro, em conferência de imprensa.

Segundo o governante, a medida abrange 1,5 milhões de clientes. Sublinhe-se, porém, que os preços do gás natural para os consumidores em mercado regulado também irão aumentar em outubro, em 3,9% em relação ao mês anterior, segundo anunciou a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), em junho.

Assim, a 1 de outubro irá registar-se um aumento de 8,2% para o ano 2022-2023, face ao ano anterior (2021-2022) adiantou a ERSE, ressalvando que “tendo presente as atualizações da tarifa de energia ao longo de 2022, os consumidores em mercado regulado irão observar em outubro de 2022 um aumento médio de 3,9% face ao mês anterior”.

Estas atualizações dizem respeito às tarifas de venda ao segmento doméstico (consumos inferiores ou iguais a 10.000 m3/ano) que ainda estão no mercado regulado.

Em julho, os preços também foram alvo de uma atualização, aumentando 3,3%. Assim, a partir do mês passado, a fatura de um casal sem filhos com consumo anual de 138 m3 aumentou 0,33 euros, sendo que para um casal com dois filhos (consumo anual de 292 m3) o aumento médio é de 0,70 euros. Em outubro, no primeiro caso há um acréscimo de 0,48 euros e no segundo 0,87 euros em média, face a setembro, segundo a ERSE.

Numa conjuntura de grande volatilidade dos preços de energia, provocada, em grande medida, pela invasão da Ucrânia pela Rússia, a ERSE disponibiliza uma lista interativa dos ‘Preços das Ofertas Comerciais de energia em mercado’, colocando assim à disposição dos consumidores mais uma ferramenta que os ajude a encontrar a melhor oferta no mercado e a acompanhar a rápida evolução dos mercados retalhistas de eletricidade e gás natural”, informou o regulador da energia, em comunicado.

A informação apresentada nesta lista interativa da ERSE é atualizada em simultâneo com o simulador de preços, com base na informação disponibilizada por cada um dos comercializadores ao regulador.

A ERSE recomendou, ainda, que os consumidores, no início de cada ano e, preferencialmente duas vezes por ano, consultem o simulador de preços, para avaliar se existem em mercado ofertas comerciais que lhe permitam poupar na fatura de energia, recordando também que “o mercado é dinâmico” e, por isso, “todos os dias há o lançamento de novas ofertas comerciais e a descontinuação de outras”.

 

05
Ago22

Vamos ao cinema? Sim, cão e gato incluídos. É ao ar livre junto ao Convento do Carmo

Niel Tomodachi

A Cine Society vai exibir, na próxima segunda-feira, dia 8 de agosto, o filme "Ilha dos Cães" e os bilhetes custam apenas 12€.

Uma noite de clássicos espera por si junto ao Convento do Carmo, num daqueles que é dos melhores rooftops de Lisboa. Na próxima segunda-feira, dia 8 de agosto, pode inclusivamente levar o seu cão e gato, mas boa sorte a colocar-lhes os auscultadores.

O evento, que dura desde o início de junho, dá agora palco a um filme dedicado aos patudos. “Ilha dos Cães” (2018), realizado por Wes Anderson, passa-se num universo futurístico no Japão em que, após todos os cães serem banidos da cidade de Megasaki para a Ilha do Lixo, Atari, um miúdo de 12 anos, decide atravessar mundos e obstáculos à procura do seu cão de guarda. Quando chega à Ilha acaba por ser ajudado por uma matilha de patudos e a jornada não fica por ali, querendo também mudar o futuro da cidade.

Sentado no encosto das confortáveis cadeiras que preenchem o espaço e com auscultadores nos ouvidos, a visão e o som não serão problemas. Além disso, poderá ir buscar uma bebida ao bar e restaurante do Carmo Rooftop, sem perder pitada do filme.

A Cine Society convida mesmo todos os animais a juntarem-se, escrevendo, numa publicação do Facebook: “É a noite de trazer o cão. Traga o seu gato se ele conseguir aguentar”.

A sessão terá início às 21 horas e terminará às 23h15 e o filme será transmitido em inglês, mas com legendas em português. Os bilhetes podem ser adquiridos no website da Cine Society e têm um custo de apenas 12€.

Ao longo dos anos, a Cine Society tem tomado lugar no Carmo Rooftop, situado no Largo do Carmo, com uma vista incrível para o Elevador de Santa Justa, em Lisboa, e no Hotel Baía, com direito ao aroma do Oceano Atlântico, em Cascais.

Já passaram pela tela clássicos como “Dead Poets Society”, “Grease”, “Cinema Paraíso”, “Breakfast at Tiffany ‘s”, entre outros. Até ao final de agosto, os filmes mais aguardados são “Pulp Fiction” e “Mamma Mia”, que já esgotaram a lotação, mas também “Fight Club”, “Dirty Dancing”, “American Psycho”, entre outros.

 

01
Jun22

Projeto 12. Jogos, histórias e podcasts promovem “justiça acessível e centrada nos direitos da criança”

Niel Tomodachi

Plataforma disponibiliza textos, vídeos, histórias e jogos educativos, podcasts para temas como o divórcio, o bullying e ciberbullying, maus tratos, abuso sexual, passando por matérias como adoção, apadrinhamento civil, acolhimento residencial e familiar e também saúde mental, sentimentos e bem-estar infantil

pexels-pixabay-207891

Lançado há cerca de de duas semanas, o Projeto 12 é um site que disponibiliza informações e modelos de atuação em direitos e garantias das crianças e pretende desmistificar o papel da justiça junto de quem acompanha os mais novos.

A plataforma disponibiliza textos, vídeos, histórias e jogos educativas, podcasts para temas como o divórcio, o bullying e ciberbullying, maus tratos, abuso sexual, passando por matérias como adoção, apadrinhamento civil, acolhimento residencial e familiar e também saúde mental, sentimentos e bem-estar infantil.

O site contempla ainda conteúdos que ajudam pais, educadores e profissionais a prepararem as crianças em caso do ser necessário que os mais novos testemunhem perante a justiça. Conteúdos distribuídos por várias faixas etárias, consoante as diferentes maturidades de crianças e jovens que estão a lidar com os problemas enumerados.

[Fotografia: Caprura de ecrã]

A iniciativa foi desenvolvida pela Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças, em parceria com o ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa e a Logframe – Consultoria e Formação e contempla uma área para denúncia e comunicação de situações de perigo, que podem ser submetidas também sob anonimato.

Ao Delas.pt, a psicóloga forense especializada em divórcio, direitos das crianças, parentalidade positiva e prevenção do abuso sexual de menores, Rute Agulhas, e a professora e especialista em Proteção de Crianças e Jovens em Risco, Joana Alexandre, traçam, no dia da Criança – que se assinala a 1 de junho – e por escrito, o retrato do projeto 12 e fazem um primeiro balanço da adesão.

 

Como surgiu este projeto e o quais os objetivos que pretendem atingir?

O projeto 12 é um projeto que visa contribuir para uma justiça acessível e centrada nas necessidades e nos direitos da Criança. Cofinanciado pela Comissão Europeia no âmbito do programa Rights, Equality and Citizenship, procura promover a concretização do Artigo 12.º da Convenção sobre os Direitos da Criança, adotada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 1989, e ratificada em Portugal em 1990. O projeto foi desenvolvido pela Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças, em parceria com o ISCTE-IUL – Instituto Universitário de Lisboa e a Logframe – Consultoria e Formação.

O projeto procurou desenvolver materiais que facilitem o processo de audição de crianças e jovens, ajustado à idade e necessidades das mesmas, bem como o treino e recomendações para profissionais sobre esta matéria, procurando melhorar os procedimentos subjacentes a um processo de audição. Todos os materiais e recurso se encontram em www.projeto12.pt

Rute Agulhas, Psicóloga especialista em Psicologia Clínica e da Saúde, Psicoterapia e Psicologia da Justiça [Fotografia: Orlando Almeida / Global Imagens]

Como pode chegar ao conhecimento das populações mais vulneráveis e/ou desinformadas no online? Como pode ser feito? Vão estar nas escolas, por exemplo? Ou outros mecanismos?

O objetivo é que diferentes profissionais possam fazer uso destes materiais em diferentes contextos. Um professor pode querer usar este recurso, por exemplo, no âmbito de Cidadania e Desenvolvimento. Outros profissionais que trabalhem em contexto comunitário, com famílias com menos recursos digitais, podem também socorrer-se do mesmo.

Professora e especialista em Proteção de Crianças e Jovens em Risco, Joana Alexandre [Fotografia: LinkedIn]

O site prevê várias matérias distribuídas por faixas etárias. Que detalhes de desenvolvimento separam as crianças dos 3-6 anos, até aos 12 e mais de 12 na perspetiva que quem ouve e recebe o relato de uma criança?

A idade e a maturidade são variáveis muito importantes que devem ser tidas em conta num processo de audição. As crianças mais novas, em idade pré-escolar, têm um funcionamento cognitivo mais concreto, são mais autocentradas, têm menor capacidade de atenção e concentração e distinguem apenas as emoções mais básicas. Assim, as entrevistas devem ser mais curtas, com questões mais breves e focadas e que não envolvam a dimensão temporal.

Na idade escolar, as crianças têm maior capacidade de atenção e concentração, conseguem situar os acontecimentos no tempo e distinguir entre pensamentos, emoções e comportamentos. São menos autocentradas e são muito sensíveis a juízos de valor. O entrevistador pode realizar entrevistas mais longas e colocar questões sobre a dimensão temporal, ao mesmo tempo que deve evitar juízos de valor.

Na adolescência, o pensamento torna-se mais abstrato, há maior capacidade de processamento de informação e de regulação emocional e uma capacidade de evocação semelhante à do adulto. Os adolescentes têm maior dificuldade em confiar e em descentrar-se. As entrevistas com adolescentes podem ser mais longas e envolver questões mais complexas, com a análise de várias hipóteses e de projeção no futuro.

Neste contexto, não só o Guia de Boas Práticas para a Audição da Criança (disponível no separador Profissionais) explica e sistematiza os procedimentos a adotar num processo de audição, em função da idade da criança, como também os materiais estão agrupados pelas diversas faixas etárias.

 

Com cerca de uma semana de existência, há já uma ideia do que tem sido mais pesquisado, por tipologias, temas ou idades das crianças? Se sim, quais?

O separador mais procurado tem sido o dos Profissionais, seguindo-se o dos Recursos e depois o dos 11-14 anos. A área dos Podcasts tem tido muitos cliques para ouvirem os áudios.

 

(S)

16
Mai22

Vem aí o 1.º Festival de Jogos de Tabuleiro para Famílias

Niel Tomodachi

Sentes que és um verdadeiro às em jogos de tabuleiro e que só falta o mundo descobrir as capacidades que sempre soubeste ter? Pois esta pode ser a tua oportunidade! No Casino Estoril, concelho de Cascais, vai realizar-se o 1.º Festival de Jogos de Tabuleiro para Famílias.

O evento acontece a 21 e 22 de maio, das 10 horas às 20 horas, no Salão Preto e Prata do Casino Estoril.  Será, certamente, um fim de semana especial para familiares e amigos que participem neste encontro.

Segundo a organização, a ideia surgiu porque os jogos de tabuleiro na Europa, incluindo Portugal, claro, vêm revelando um público cada vez mais interessado nos numerosos eventos que são organizados.

“Imagine a sua família à volta de uma mesa a jogar jogos de tabuleiro tendo como pano de fundo os jardins do Casino Estoril. Os jogos de tabuleiro aproximam famílias, contribuem para relações mais saudáveis entre todos e trazem momentos de diversão que ficarão nas memórias das crianças e dos adultos para sempre”, descrevem os promotores.

Organizado pelo Instituto de Apoio à Criança – IAC, o 1.º Festival de Jogos de Tabuleiro conta com o apoio da Junta de Freguesia do Estoril e do Casino Estoril.

A entrada custa 1 euro (paga a partir dos 18 anos).

As reservas podem ser feitas para a ticketline, pelo telefone 707 234 234 ou online.

 

29
Abr22

A família aumentou? Há cursos para ensinar o seu cão bebé a socializar

Niel Tomodachi

Os primeiros meses de vida de um cachorro são essenciais para ele moldar a personalidade. E para a sua tranquilidade.

A chegada de um novo cão bebé é, sem dúvida, um momento de felicidade para toda a família. Mas também pode ser uma fase muito desafiante e stressante tanto para o cachorro, como para os tutores. 

É muito importante nesta fase que ele aprenda a socializar com as pessoas e com outros cães. “A socialização do cachorro é indispensável na sua educação pois previne comportamentos agressivos e medos, no futuro. Um cão bem socializado é mais fácil de ensinar e é mais facilmente aceite por pessoas e por outros cães”, explica o Centro de Formação Canina da Quinta das Tílias.

Não se preocupe. Não tem que fazer este processo sozinho. Há vários locais que o podem ajudar:

No Centro de Formação Canina da Quinta das Tílias, o curso de Sociabilização para Cachorros destina-se a cães com idades compreendidas entre as 12 e as 16 semanas de vida. Aqui o seu cão vai aprender a “relacionar-se de forma adequada, sem medos nem agressões, perante diferentes circunstâncias, pessoas, outros cães e outros animais”. E vai poder interagir com outros cães “ambientes distintos, aprendendo a inibir o mordisco, os códigos de comportamento, a dominar e a ceder”.

Este curso é ministrado num pacote de 4 aulas ao ritmo de uma aula por semana e custa 50€ (+IVA).

No Cão Nosso, as Puppy Classes destinam-se a cães com menos de seis meses e servem para que os cachorros “aprendam a relacionar-se com diferentes estímulos exteriores, como pessoas, outros cães, barulhos, superfícies, objetos variados, entre muitas outras coisas, de forma positiva e equilibrada”.

O curso do Cão Nosso é constituído por seis aulas, cada uma com uma duração total de 60 minutos, que decorrem aos sábados entre as 10:50h às 11:50h. O valor total da formação é de 184,50€.

O Instituto do Animal organiza aulas de obediência e socialização para cachorros com idades inferiores a seis meses. O objetivo é “ajudar os donos a educar os seus cachorros através de informação sobre comportamento animal e de aulas práticas onde ambos adquirem e exercitam competências que ajudam a alcançar aqueles objetivos de integração social. Este programa promove o autocontrolo, o respeito pelas regras e a comunicação eficaz entre cachorros”.

O programa é constituído por seis sessões de grupo semanais, com duração de 50 minutos e um valor de 168€.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Quotes:

“How wonderful it is that nobody need wait a single moment before starting to improve the world.” ― Anne Frank

Pesquisar

Nelson's bookshelf: currently-reading

Alfie - O Gato do Bairro
tagged: currently-reading

goodreads.com

2022 Reading Challenge

2022 Reading Challenge
Nelson has read 0 books toward his goal of 50 books.
hide

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Afiliado Wook

WOOK - www.wook.pt

Comunidade Bertand

Afiliado Miniso

Read the Printed Word!

Em destaque no SAPO Blogs
pub