Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Tomodachi (ともだち)

Little Tomodachi (ともだち)

16
Abr22

A dieta onde pode perder até 3 quilos num mês a comer o mesmo de sempre

Niel Tomodachi

Além de emagrecer, o método da nutricionista Jeanette Hyde ajuda a prevenir doenças cardíacas e diabetes.

Levante a mão quem nunca tentou seguir uma dieta rigorosa, mas acabou por desistir e recuperar todo o peso perdido. A boa notícia é que esses dias podem ficar enterrados no passado. Tudo graças à nova dieta de Jeanette Hyde, que é ideal para quem não consegue viver com restrições alimentares. O novo livro da nutricionista britânica chama-se “A Dieta das 10 Horas” e chegou a Portugal no dia 5 de abril. 

O jejum intermitente consiste em intercalar períodos de jejum com períodos de alimentação. Na prática, o objetivo é fazer com que o corpo consuma a gordura que tem acumulada e que, consequentemente, haja uma perda de massa gorda. Este método tem sido associado a inúmeros benefícios, como a gestão de peso, a diminuição da inflamação e até mesmo a reposição dos níveis saudáveis de açúcar no sangue.

A dieta mais conhecida de jejum intermitentes é a 16/8. Ou seja, pode comer ao longo de um período de oito horas e jejuar nas restantes 16 horas do dia. No entanto, um jejum de 16 horas pode parecer difícil de concluir diariamente para muitas pessoas.

Apoiada em vários estudos — como o “Cell Metabolism”, publicado no final de 2020, que concluiu que comer durante um período diário de dez horas é extremamente benéfico para a saúde —, o método de Hyde aposta em comer num período de 10 horas. Pode ser, por exemplo, entre as oito e as 18 horas, ou das 10 às 20 horas.

Idealizado por uma das nutricionistas mais relevantes do Reino Unido, este é um plano fácil, acessível e testado com sucesso por centenas de pessoas de todo o mundo. No livro “A Dieta das 10 horas”,  Jeanette explica como fazer o jejum e dá dicas e exemplos de como outras pessoas se ajustaram ao plano.

Ao longo de mais de 150 páginas, a autora sugere também receitas simples para ajudar a gerir o peso, melhorar a saúde cardíaca, reduzir o risco de diabetes tipo 2 e hipertensão, assim como reforçar o sistema imunitário, com resultados satisfatórios após apenas três meses.

“Achamos que uma janela de dez horas para comer é muito fácil de cumprir. E os resultados são extraordinários, em termos de redução de peso, colesterol mau e pressão arterial”, explica a nutricionista.

Foram analisadas centenas de pessoas com excesso de peso e problemas como pressão arterial alta, excesso de gordura localizada na barriga, níveis de colesterol elevados, e que estavam a tomar medicação para essas condições. Ao seguirem o jejum de 10 horas durante três meses, “os participantes não só emagreceram, como melhoraram bastante os seus problemas de saúde associados ao excesso de peso”, concluiu a autora.

Em média, cada um perdeu cerca de três quilos e houve uma redução média de quatro por cento na medida de cintura. Não lhes foi pedido para reduzirem as calorias ingeridas, apenas que seguissem o regime de comer no período máximo de 10 horas, e jejuar nas restantes 14.

O livro da editora Guerra e Paz já está à venda nas livrarias nacionais e custa 15€.

 

28
Ago21

O vegetal anti-stress que vale a pena juntar à sua dieta (em sopa ou sumo)

Niel Tomodachi

O aipo tem vários benefícios, ajuda a saciar e é incrivelmente pouco calórico.

355645a53bc14d4f7bed67e9a1c92178-754x394.jpg

Há alimentos que são perfeitos para juntar na sopa. E há outros que funcionam bem em sumos. No entanto, não são muitos os alimentos que podem adaptar-se perfeitamente aos dois cenários como é o caso do aipo.

O aipo tem vários benefícios mas uma das razões pelas quais se tem tornado mais famoso (e até inspirado um sumo em particular) é o facto de ser muito pouco calórico: tem apenas 16 calorias por 100 gramas.

O aipo pode ser também uma ótima fonte de vitaminas como A, B, C, E e K e ainda de minerais como o cálcio, o potássio, o sódio e o fósforo. O aipo pode surgir com duas colorações, branco, ou verde, mas em termos nutricionais é melhor optar pela última.

Quando cozido, as calorias do aipo até podem aumentar ligeiramente (estima-se que para 24 calorias por 100 gramas), mas convém salientar que isto está longe de ser um problema. Até porque uma das características do aipo é ser rico em água e fibras, o que quer dizer que também pode ajudar a promover a sensação de saciedade. E como é óbvio, se nos sentimos mais satisfeitos, temos menos tendência a “empanturrar” o nosso organismo.

Diferentes estudos têm destacado os fitonutrientes e as potencialidades anti-inflamatórias do aipo. Há também investigações que têm realçado os contributos que pode dar em ter termos de colesterol e pressão sanguínea.

Um dos dados mais curiosos é que este vegetal pode dar também uma ajuda na diminuição nos níveis de stress. Claro que o simples ato de comer aipo não resolve os problemas que a pessoa tem na sua vida pessoal ou profissional. Mas este alimento conta com óleos essenciais e magnésio presentes na sua composição, capazes de terem um contributo positivo para o sistema nervoso.

O aipo pode ser muito versátil.
 

Muitas vezes, há nutrientes que um determinado alimento pode ter, mas que podem precisar da combinação com outros alimentos, para potenciar os benefícios. Em termos de saúde óssea, o aipo é bastante independente, além de cálcio, é rico em vitamina K, precisamente um vitamina que ajuda na fixação de cálcio.

Na cozinha mediterrânica o aipo há séculos que é opção e muitas vezes é ingrediente incluindo em sopas mas também já teve o seu momento de fama como sumo. Kim Kardashian, Miranda Kerr, Sylvester Stallone e o tenista Novak Djokovic estão entre alguns dos nomes que já admitiram a dada altura serem fãs do sumo de aipo. Há até livros dedicados quase em exclusivo ao tema.

Um dos debates em torno desta dieta de sumo foi sobre se havia mesmo muitos benefícios ao consumi-lo em sumo, a verdade é que faltavam (e ainda faltam provas). E nos benefícios que já se conhecem não têm de ser exclusivos em sumo.

Na verdade, uma as boas características da alimentação é que ser diversificada. E uma das vantagens do aipo é que pode bem adaptar-se a diferentes opções. Não acredita? Carregue na galeria e descubra algumas receitas, para todos os gostos, onde pode experimentar aipo.

20
Ago21

O programa alimentar criado pela nutricionista que diz para não se fazer dieta

Niel Tomodachi

Mais aprendizagem, menos restrições, com um acompanhamento diário de Sónia Marcelo, em consultas e pelo WhatsApp.

c9f0f895fb98ab9159f51fd0297e236d-1-754x394.jpeg

Dietas. A palavra em si tem já tanta história que é coisa para nos assustar. Mas não é preciso olhar para a palavra com temor. Na verdade, mais importante do que não comer, é saber o que comer, porquê e com que objetivos. Não é por acaso que a própria nutricionista Sónia Marcelo não é fã deste conceito de dietas.

É esta abordagem que Sónia Marcelo pretende dar ao programa “Leve e Plena”, um programa completo de acompanhamento nutricional que será feito de forma diária, incluindo através do WhatsApp.

Em consulta define-se um plano de ação com objetivos, estratégias para as dificuldades que cada pessoa sente, e um plano alimentar, “com alimentos reais, saborosos e saciantes”, explica a nutricionista.

Há também dicas e estratégias pensadas para o dia a dia e para aqueles momentos que mais facilmente podem desviar-nos do rumo, como festas, eventos e convívios sociais. A ideia é ter também um plano que se adapta à pessoa e é capaz de se adaptar às diferentes circunstâncias, através do tal acompanhamento próximo.

Este programa conta também com uma parte dedicada a exercícios de coaching e orientações para a pessoa não se perder nas informações nos rótulos (sabendo assim o que está de facto a escolher. Há ainda um total de 10 sessões individuais com a pessoa. A ideia passa por um plano abrangente, que promete, entre este fim de verão e antes do próximo Natal, permitir a quem tem lutado contra o peso perceber como pode mudar, sem sacrifícios desnecessários ou dietas iô-iô.

O programa completo tem o valor de 975€. As inscrições e mais informações podem ser feitas através da página “Dicas de uma Dietista”. Pode também seguir Sónia Marcelo nas redes sociais.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Quotes:

“How wonderful it is that nobody need wait a single moment before starting to improve the world.” ― Anne Frank

Pesquisar

Nelson's bookshelf: currently-reading

Alfie - O Gato do Bairro
tagged: currently-reading

goodreads.com

2023 Reading Challenge

2023 Reading Challenge
Nelson has read 11 books toward his goal of 55 books.
hide

Arquivo

    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Afiliado Wook

WOOK - www.wook.pt

Comunidade Bertand

Afiliado Miniso

Read the Printed Word!

Em destaque no SAPO Blogs
pub