Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Tomodachi (ともだち)

Little Tomodachi (ともだち)

28
Abr21

Contos de autoras de oito países lusófonos celebram Língua Portuguesa

Niel Tomodachi

Um livro infantil com 16 contos originais de autoras de oito países lusófonos vai ser editado em Moçambique para celebrar o Dia Mundial da Língua Portuguesa, em 05 de maio.

naom_5e1de2b0cee64.jpg

Intitulada "Contar Histórias com a Avó ao Colo", a obra remete para ditados e expressões populares e para o conhecimento passado de geração em geração, e conta com a participação de Lurdes Breda (Portugal), Mariana Lanelli (Brasil), Maria Celestina Fernandes (Angola), Natacha Magalhães (Cabo Verde), Kátia Casimiro (Guiné-Bissau), Angelina Neves (Moçambique), Olinda Beja (São Tomé e Príncipe) e Maria do Céu Lopes da Silva (Timor-Leste).

Depois da edição, em 2020, de "100 Papas na Língua", da autoria de Lurdes Breda, a opção este ano passou por alargar o novo livro à cultura de outros países lusófonos e às suas expressões populares.

Em declarações à agência Lusa, Lurdes Breda contou que a ideia foi a de que, "através de textos originais, com algum humor, se pudesse passar para as gerações mais novas coisas enraizadas na cultura de cada um dos países, sob o abraço da língua portuguesa que tem estas especificidades todas que as crianças nem fazem ideia".

"Com estes textos queremos dar a conhecer um bocadinho da cultura e das raízes culturais de cada um dos países. Temos uma série de usos e costumes completamente antagónicos e diferentes", acrescentou.

O livro reúne autoras de todos os estados-membros da CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa), à exceção da Guiné Equatorial: "Na Guiné Equatorial, nós não temos qualquer ligação, nem ao nível da língua, é um bocado estranho. Tentámos, mas aí não conseguimos chegar", observou a escritora de livros infantis, residente em Montemor-o-Velho, distrito de Coimbra.

O livro possui uma imagem "maternal e feminina", devido a todos os textos serem escritos por mulheres, embora Lurdes Breda recuse que se trate de um "projeto feminista".

Com edição da Escola Portuguesa de Moçambique -- Centro de Ensino e Língua Portuguesa e do Camões -- Centro Cultural em Maputo, "Contar histórias com a avó ao colo" tem coordenação editorial de Teresa Noronha, enquanto a ilustração e design editorial são da autoria de Tânia Clímaco.

À Lusa, a ilustradora de Torres Vedras revelou ter sido a primeira vez que fez um trabalho para escritores de fora de Portugal: "Todos falamos a língua portuguesa. No entanto, são países muito diferentes, de culturas diferentes, de cores diferentes e de realidades completamente diferentes", notou Tânia Clímaco.

"Tive de entrar do espírito de cada país. A primeira ilustração que fiz foi a de Portugal, estava 'em casa' e correu muito bem. Mas, os outros, confesso que fiz muita, mas muita pesquisa, para poder ilustrar estes textos", adiantou.

Tânia Clímaco deu exemplos, em Angola, do tecido samakaka ou da floresta de Maiombe, em Cabinda, que "não fazia a mínima ideia se era densa ou se não era", passando pela Cuca, figura mítica do folclore brasileiro, o "crocodilo terrível" que remeteu a ilustradora para a sua própria infância e para a série televisiva do Sítio do Pica-Pau Amarelo, as casas sagradas em Timor-Leste ou o 'Toca-toca', a expressão que, num dos textos da Guiné-Bissau, define um autocarro "azul e amarelo, muito específico", existência que "desconhecia completamente".

Se no início ficou "um bocadinho assustada" pela necessidade de "transportar os leitores para os locais" em países que não conhecia, especialmente os africanos, o resultado, alicerçado no trabalho de pesquisa, acabou por contentar as autoras dos textos.

"As ilustrações são baseadas nessas especificidades, nos pormenores de cada país. E todas viram as ilustrações e gostaram muito, tenho as cores e os ambientes de África e a minha linguagem gráfica acaba por ser uma segunda língua neste trabalho", observou Tânia Clímaco.

Falta agora conhecer os países por si retratados no livro: "Se me convidarem, já estou num avião", brincou.

Para além da edição do livro em suporte de papel, "Contar Histórias com a Avó ao Colo" estará igualmente disponível em suporte digital, formato de 'e-book', para descarregamento gratuito na página internet do instituto Camões de Maputo.

A obra contou ainda com um apoio da Rede de Bibliotecas Escolares, no que se refere à sua distribuição pelas bibliotecas das várias Escolas Portuguesas no estrangeiro e terá um vídeo oficial de suporte à sua divulgação, com testemunhos das autoras e leituras de crianças dos países envolvidos.

26
Abr21

Mulheres criadoras preservam em livro pintura da antiga louça de Coimbra

Niel Tomodachi

Uma artesã e uma ilustradora escreveram um livro infantil, que assumem como contributo para preservar as antigas técnicas de pintura da louça de Coimbra, disse hoje uma das autoras à agência Lusa.

naom_6086b31e0a3ef.jpg

"É um livro com texto e ilustrações que conta aos miúdos a história das peças que existem ainda, muitas vezes, em casa dos avós", afirmou a artesã Isaura Marques, de 52 anos e que aos 15 começou a trabalhar numa empresa de cerâmica tradicional, em Condeixa-a-Nova.

Concebida por Isaura Marques e Carla Marques, a obra 'Vamos pintar cerâmica!' inclui uma aula de pintura e um glossário.

O livro foi primeiramente publicado pelas autoras, em 2012, com uma tiragem reduzida apoiada por particulares, e foi reeditado este ano pela editora luso-brasileira Flamingo.

"Acabámos por ser as duas autoras e ilustradoras do livro infantil, que naquela altura ninguém nos quis editar", recordou à Lusa Isaura Marques.

Em 2010, no contexto da crise internacional que eclodiu dois anos antes nos meios financeiros, nos Estados Unidos da América, a antiga operária, agora licenciada em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, interveio numa feira de queijo do Rabaçal, no Zambujal, no concelho de Condeixa.

Dissertou na altura sobre produção e pintura dos mais diversos objetos de cerâmica, tendo aproveitado para partilhar conhecimentos e alertado para a importância de salvaguardar, de algum modo, saberes ancestrais que passam de geração para geração.

Atualmente, lembrou a artesã, "os jovens já não aprendem a fazer esta cerâmica antiga", cujas principais oficinas laboravam sobretudo em Coimbra e Condeixa-a-Nova, que dista 12 quilómetros da capital do distrito.

"Em janeiro, tivemos o contacto desta editora, foi tudo muito rápido. Pelo menos, há agora este livro para que os meninos possam aprender a pintar cerâmica", congratulou-se.

Para Isaura Marques, o mais importante, nesta iniciativa, foi "lançar a semente" para o futuro.

"A minha geração foi a última que aprendeu a pintar cerâmica na região", lamentou.

Há 13 anos, para fazer face à crise económica, Isaura Marques começou a trabalhar por conta própria e de forma inovadora, aplicando a experiência na pintura em cerâmica a outros materiais, como madeira ou cortiça, incluindo sapatos e malas de senhora.

Foi aperfeiçoando o trabalho e, a partir da sua loja em Condeixa-a-Nova, produz peças únicas, para o mercado interno, mas também para a exportação, designadamente para Alemanha, Estados Unidos e Macau (China).

"Vivo disto desde 2008", sublinhou a criadora, que chegou também a lecionar História em diferentes estabelecimentos de ensino.

 

16
Abr21

Nova série de Topo Gigio, chega a portugal!

Niel Tomodachi

“Topo Gigio”, o ratinho doce e “otimista” que, entre o final da década de 1970 e os anos 80, mandava as crianças portuguesas para a cama ao som de José Cid, está de regresso à televisão infantil com a estreia exclusiva no Canal Pandadia 12 de Abril, às 18h45.

TOPO GIGIO

O rato de esponja com grandes orelhas e traços de timidez dengosa criado em Itália, em 1959, que atravessou fronteiras e contracenou com Sinatra, Michael Jackson, John Wayne ou Hugo Pratt, regressa a Portugal mais moderno e atual, protagonizando uma nova série de animação realizada em 2D, que o Canal Panda exibe de segunda a sexta-feira, às 7h30, 14h30 e 18h45, e aos sábados e domingos, às 10h00 e 19h00. 

TOPO GIGIO

Para este ratinho espirituoso e sincero, tudo é tão novo, que qualquer coisa se torna uma verdadeira aventura incrivelmente emocionante. Gigio tem fiéis companheiros a seu lado: a melhor amiga Zoe, que o ajuda a contornar qualquer obstáculo, Bike Bob, o companheiro perfeito para andar pela cidade e o ‘G-Team’ (Toupeira, Pombo, Bunny Twins, Tartaruga, Sapo) prontos para se unirem a ele em qualquer altura e qualquer lugar. E, quando o dia acabar, é hora de um pedido simples: um beijo de boa noite e um abraço!

TOPO GIGIO

Ao longo de 52 envolventes episódios, repletos de personagens enternecedores que cativam as crianças da actualidade, “Topo Gigio” proporciona uma experiência visual maravilhosa que irá criar novas memórias nas crianças de todo o mundo e garantir uma maravilhosa experiência familiar.

 

31
Mar21

Monopólio prepara mudança única (e vão ser os fãs a decidir o que aí vem)

Niel Tomodachi

A Hasbro desafia fãs de todo o mundo a escolherem as novas cartas da Caixa da Comunidade.

aa1c038f54cabcc5827e43544985afcd-754x394.jpg

São já 85 anos de um jogo icónico, em que a fortuna se faz de sorte e estratégia. O Monopólio é um jogo de tabuleiro que tem atravessado gerações e é uma das mais bem sucedidas apostas da Hasbro. O momento, porém, é de mudança.

Pela primeira vez na história do jogo, todas as famosas cartas da Caixa da Comunidade, que em muitos casos podem decidir o rumo de um jogo, vão ser alteradas. E a Hasbro vai passar para os fãs do jogo a possibilidade de decidirem o que aí vem.

Até 9 de abril, a comunidade de jogadores vai votar online as suas preferências. A votação já está a decorrer e o modelo é muito simples: vai ter de escolher a sua favorita entre as opções disponíveis. As 16 futuras cartas da Caixa da Comunidade vão fazer parte de uma nova edição do jogo a ser lançada em setembro deste ano, adianta-se em comunicado.

As hipóteses disponíveis refletem já os tempos atuais, desde um extra que se pode faturar por tratar voluntariamente das redes sociais de uma entidade, até um extra que se vai ter de pagar porque a festa que se organizou não incluiu reciclagem.

Ao longo dos anos, o Monopólio tem-se adaptado aos mais diversos cenários mas tem contado também com edições especiais, desde uma versão em que as mulheres ganham mais, o “Ms. Monopoly”, a uma para millennials que não foi especialmente bem recebida. Desta vez são mesmo as recompensas e despesas extra das famosas cartas da Caixa da Comunidade que estão em jogo.

 

27
Mar21

“Hasta La Vista, Vírus”: O primeiro livro infantil de Pedro Chagas Freitas

Niel Tomodachi

livro_dentro-1013x1024.jpg

Foi um ano complicado, sem dúvida. E continua a ser, feito de desafios, novidades, sacrifícios e, em muitos casos, ainda novas realidades, como aulas à distância, meses sem ver os colegas e amigos.

“Hasta La Vista, Vírus” é o primeiro livro infantil do conhecido escritor Pedro Chagas Freitas e fala sobre esta nova realidade dos alunos em tempos de pandemia. Com ilustrações de Célia Fernandes, o livro aborda o dia-a-dia dos alunos numa altura tão diferente e tem por base uma história bem interessante.

Na verdade, ele nasceu da vontade de um grupo de enfermeiros do concelho de Estarreja que queria que a importante mensagem de prevenção da covid-19 fosse interiorizada, principalmente pelos mais novos.

Aqui, vais conhecer o Filipe e o Zé, dois grandes amigos que adoram brincar juntos no recreio da escola. Um dia, sem que ninguém esperasse, o impensável acontece e surge um vírus que os impede de se abraçarem e brincarem sem restrições, como faziam até então. Este vírus parece assustador, mas, com a ajuda do Professor e de todos os colegas da turma, descobrem uma forma de se transformarem em super-heróis e juntos combaterem este vírus. No final, todos dirão Hasta la vista, Vírus [Adeus, Vírus]!

O Pedro Chagas Freitas é um dos mais famosos escritores portugueses da atualidade: já escreveu mais de uma centena de livros, publicou quase 30, está traduzido em mais de dez línguas e em muitas dezenas de países. Vendeu mais de um milhão de cópias por todo o mundo. O seu primeiro trabalho infantil é da Leya/Oficina do Livro e já está à venda, com o preço aconselhado de 7,90 euros.

 

27
Mar21

Já abriu o novo parque temático do Super Mario (é igual aos jogos)

Niel Tomodachi

O Super Nintendo World fica no Japão e usa tecnologias como realidade aumentada nas suas diversões.

c564ca0ac71765e44f9a9d7e3131bf01-754x394.jpg

Depois de ter sido sucessivamente adiada a abertura por causa da pandemia, já é possível visitar o Super Nintendo World, em Osaka, no Japão. Este parque temático da Universal Studios, inaugurado a 18 de março, é dedicado às aventuras de Super Mario, o famoso canalizador dos vídeojogos. 

Os blocos que fazem a construção desta mini cidade facilmente nos transportam para o centro do jogo e não é por acaso. No entanto, e apesar de as projeções de receber grandes multidões por altura dos Jogos Olímpicos de Tóquio terem sido alteradas e a abertura adiada em quase um ano, o objetivo final manteve-se.

“Recriámos perfeitamente o mundo do jogo. Encontrará plantas piranhas em tamanho real e Bowser, irá ver como é ser Mario” disse o responsável de comunicação da Universal Studios Japão, Ayumu Yamamoto, citado pelo jornal inglês “Daily Mail”.

Enquanto visita o parque, cada pessoa terá consigo uma pulseira que, ligada ao smartphone, permite ir apanhando moedas virtuais tal como o personagem. Ao mesmo tempo, toda a visita é acompanhada pela característica música do jogo.

Existe ainda uma atração que não pode mesmo perder: a grande montanha russa inspirada no jogo Mario Kart. Aqui é utilizada a realidade aumentada para viajar pelo castelo de Bowser mas também é possível dar uma voltinha no dinossauro Yoshi. O parque tem outros serviços como restaurantes temáticos e haverá sempre personagens em tamanho real a passear entre os visitantes.

O Super Nintendo World custou mais de 466 milhões de euros e deverá ser replicado noutros parques da Universal, como o de Singapura, o de Hollywood ou o de Orlando.

 

26
Mar21

"Se Algum Dia Vieres à Terra"

Niel Tomodachi

350x (6).jpg

Sobre o Livro:

Inspirado pelos milhares de crianças que conheceu nas suas viagens à volta do mundo para apoiar a UNICEF e a ONG Save the Children, Sophie Blackalll criou um magnífico guia do nosso planeta. Bem mais do que um simples compêndio, é um apelo a todos nós para que cuidemos não só da Terra mas também uns dos outros.

Se algum dia vieres à Terra,
Há algumas coisas que precisas de saber…
Nós vivemos em casas dos mais variados tipos.
Nas mais variadas famílias.

Somos todos diferentes uns dos outros,
Mas somos todos extraordinários.
E, juntos, partilhamos
Um planeta maravilhoso.

Este livro é muito especial, completo e fascinante!

Através dele podem ser abordados importantes conceitos sobre o mundo (espaço, seres vivos, estações do ano, natureza,…) e diversidade humana (cultura, profissões, famílias, condições físicas, sociais).

 

Sobre a Autora:

Sophie Blackall é uma artista australiana e ilustradora de livros infantis. Vive e trabalha em Brooklyn, Nova Iorque. Conquistou vários prémios, como o Ezra Jack Keats Award e duas vezes a Medalha Caldecott.
Formada em Design, Sophie já ilustrou mais de 30 livros para crianças. O seu trabalho inclui também animação e ilustrações para a imprensa.

 

22
Mar21

“O Livro do Cérebro” revela o que se passa na tua cabeça

Niel Tomodachi

capa.jpg

Sabias que, quando aprendemos algo novo, os neurónios criam ligações fortes entre si e é assim que se forma uma nova memória?

E que o nosso cérebro é constituído por 60% de gordura e tem cerca de 86 mil milhões de neurónios?

As neurocientistas Ana Rita Fonseca e Patrícia Correia respondem a estas e muitas outras curiosidades em “O Livro do Cérebro”, da editora Booksmile. Por exemplo, é um mito dizer que só usamos 10% do nosso cérebro, garantem.

Através de ilustrações coloridas e um glossário com definições simples, as autoras pretendem desvendar o funcionamento deste órgão e a sua influência nas nossas atividades diárias. A obra tem dicas para melhorar a memória e ainda a oferta de um poster com as principais zonas do cérebro.

A propósito, fica a saber que a Semana Internacional do Cérebro se assinala entre 15 a 21 de março.

(S)

18
Mar21

Histórias Para Crianças#18

Niel Tomodachi

"Ser Pequeno na Cidade" de Sydney Smith 

Obra galardoada e aclamada pela crítica!

350x (6).jpg

Pode ser um pouco assustador estarmos sós na grande cidade. Há sempre movimento, muito barulho, pessoas que andam apressadas, animais e lugares que nos metem medo…
Mas há sempre uma maneira de chegarmos mais tranquilos e seguros para junto daqueles que gostam de nós.

Da partilha da sensação de ser pequenino na grande cidade às dicas e conselhos a quem também se pode estar a sentir assim perdido e desamparado, este é um livro intimista que traduz esse sentimento que é real e que todos, em alguma altura da nossa vida, já sentimos.
Edição de capa dura, com ilustrações de Sydney Smith, autor multipremiado, que acompanham e complementam a história.

 

"Papá das Pernas Longas" de Nadine Brun-Cosme

350x (2).jpg

Uma manhã, o carro do pai teve problemas para começar a andar. O pai leva o Mateus ao infantário, mas este fica preocupado a pensar que o carro pode não funcionar à hora de o ir buscar.

O pai começa então a derrubar os medos de Mateus apresentando uma série de sugestões cada vez mais criativas para modos alternativos de transporte - de um trator a um dragão, um urso polar a um barco a remos. Mas, se tudo mais falhar, ele virá a pé. . . porque para ir buscar o Mateus, as pernas do pai nunca estarão muito cansadas.

E uma vez em casa, haverá uma festa com convidados muito especiais, que será animada e brilhante.

Livro alegre, com ilustrações coloridas, frescas e engraçadas de uma ilustradora francesa excecionalmente talentosa e cheia de charme retro.

A história ideal para partilhar com todas as crianças ansiosas com os momentos de separação dos pais!

 

"Artur e as Pessoas Muito Apressadas" de Nadine Brun-Cosme

350x (3).jpg

Todos os dias, o Artur tem de se despachar a fazer tudo. O pai, a mãe, o professor e a auxiliar da escola dele estão sempre cheios de pressa!

Assim correm os seus dias, rodeado de pessoas muito, muito, apressadas. Até que, certa manhã, o Artur tem finalmente a oportunidade de fazer as coisas ao seu ritmo…

Livro alegre com ilustrações coloridas, frescas e engraçadas!

História com espírito caloroso e reconfortante sobre a relação próxima entre pais e filhos.

 

"Papá Ventania" de Emer Stamp

350x (4).jpg

Completamente Pun-Tástico

Papá Ventania é um urso Muito Ventooosooo.

Aonde quer que vá.
Faça o que fizer.
E a pior parte?
A culpa Nunca é dele!

Os mais novos acharão hilariante a história à volta dos puns, e aprenderão a importância de assumir culpas, ao invés de envergonhar os outros.

 

"A Melhor Forma" de Naomi Jones e James Jones 

350x (2).jpg

Esta é a história absolutamente irresistível de um triângulo que está à procura do seu lugar no mundo.
Pois é. O triângulo sente-se sozinho. Não conhece mais nenhum igual a ele... Além disso, acha que ninguém quer brincar com ele, porque não se encaixa nas outras formas. Porém, os círculos, os quadrados, os hexágonos e as estrelas demonstram-lhe o contrário. Juntos, descobrem novos jogos e possibilidades de brincar. O triângulo é a única forma que consegue encaixar-se em todas as formas. Ele é… a forma perfeita.

Este é um livro com um estilo gráfico elegante, afetuoso e com uma mensagem muito importante sobre diversidade, interação e integração de pessoas de culturas e aspetos diferentes.
As crianças vão adorar os diferentes padrões e desenhos, enquanto aprendem que a singularidade não é um problema e que quanto maior a variedade, melhor.

 

16
Mar21

Histórias Para Crianças#17

Niel Tomodachi

 Oi Amiguinhos!!! 

Durante o período em que as crianças pequenas estão em casa, ler para elas pode ser uma atividade prazerosa para toda a família.

Partilho neste post mais livros para todos, sendo alguns deles novidades deste mês de Março.

::::

"Obrigado, Professor!" de Kobi Yamada

350x (2).jpg

Quem não se lembra da sua professora preferida, do seu professor predilecto?
Que seria de nós sem os professores, essas pessoas especiais que nos inspiram, nos apoiam e nos estimulam?

Este livro é para eles: os educadores, os treinadores, os orientadores.
Para lhes agradecer por todos os mundos que nos abriram.
Para lhes agradecer a diferença que fizeram na nossa vida.

 

"O Dragão que Não Gostava de Fogo" de Gemma Merino

Da vencedora do prémio Oscar's Book

350x (6).jpg

Todos os bons dragões adoram voar e cuspir fogo. Não gostam de água. Então o que deve um pequeno dragão fazer quando descobre que sabe nadar como um peixe e que estar na água é... Maravilhoso? e o que irá o seu pai dragão pensar?

Uma história encantadora e divertida sobre aceitação, diferença, e amor familiar.

 

"O Macaco Rabugento Não Quer Dormir" de Suzanne Lang

350x (3).jpg

Desta vez, o Quim Panzé, o chimpanzé, está de bom humor!
Hoje vai a uma festa de pijama na árvore dos pais e não podia estar mais entusiasmado com todas as atividades que a família planeou.
Vão pescar térmitas, fazer um banquete noturno e contar histórias assustadoras.
O Quim mal pode esperar para ficar acordado a noite toda!

Será que a falta de sono não o vai deixar rabugento?

 

"O que Veem as Estrelas" de Nuno Camarneiro

350x (4).jpg

Quando uma menina chamada Rita, um cão chamado Bernardino e um cientista chamado Alfredo se encontram num jardim, todas as perguntas são possíveis.
De olhos fechados e com as ideias muito abertas é possível observar o universo inteiro, mesmo planetas em forma de cachimbo, girafas marrecas e jardins onde crescem livros.

 

"A Verdade sobre os Avós" de Elina Ellis

350x (11).jpg

Quando somos crianças, todos os adultos parecem muuuuuito velhinhos.

Mas ser mais velho não significa ser chato e deixar de namorar ou de dançar. Este livro mostra que a idade não impede que as pessoas sejam surpreendentes e desejem ser felizes.

Elina Ellis, vencedora do prémio Macmillan de Ilustração, criou este livro para acabar com os preconceitos sobre as pessoas mais idosas.

Livro divertido e nostálgico, com ilustrações num estilo muito original, de uma ilustradora inglesa excecionalmente talentosa.

Uma quebra com os estereótipos sobre a terceira idade e uma celebração desta fase da vida com alegria, ternura e bom-humor, ideal para momentos de partilha entre avós e netos.

Edição de capa dura e com acabamentos de fino recorte.

 

"O Rapto do Príncipe Oleomargarine" de Mark Twain e Philip Stead

350x (12).jpg

Esta história intemporal é o primeiro livro infantil ilustrado de Mark Twain, imaginado por duas das figuras mais importantes da literatura infantil atual, Philip e Erin Stead.

Uma noite em 1880, num hotel em Paris, as filhas de Mark Twain pediram que ele lhes contasse uma história.

Através de uma imagem numa revista, Twain inventa a história de Johnny, um rapaz pobre que possuía umas sementes mágicas e se viu envolvido na missão de salvar um príncipe que fora raptado.

Mais tarde, Twain acrescentaria algumas notas à história, mas esta ficou por terminar... até agora!

 

"Não Tenho Medo do Escuro" de Jakub Cenkl e Helena Haraštová

350x (3).jpg

Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para Educação Pré-Escolar.

Ultrapassar a fase típica do medo do escuro vai ser mais fácil com a ajuda deste livro! Ao longo das páginas a criança poderá identificar-se com os medos do personagem principal, mas em todas elas o medo não passa de fruto da sua imaginação -basta puxar as abas, acender as luzes e perceber que afinal nada há a temer. Uma ajuda indispensável para superar os medos das crianças.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Quotes:

"We need four hugs a day for survival. We need eight hugs for maintenance. And we need twelve hugs a day for growth." - Virginia Satir

Pesquisar

Nelson's bookshelf: currently-reading

Alfie - O Gato do Bairro
tagged: currently-reading

goodreads.com

2021 Reading Challenge

2021 Reading Challenge
Nelson has read 1 book toward his goal of 25 books.
hide

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Afiliado Wook

WOOK - www.wook.pt

Comunidade Bertand

Read the Printed Word!

Em destaque no SAPO Blogs
pub