Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Tomodachi (ともだち)

Little Tomodachi (ともだち)

30
Nov22

Noite Europeia do Cinema no Porto e Lisboa

Niel Tomodachi

Pelo quinto ano consecutivo, o Creative Europe MEDIA – o programa da UE de apoio ao setor audiovisual europeu – junta-se à rede Europa Cinemas na organização da Noite Europeia do Cinema – Partilhando histórias que amamos.
Esta iniciativa procura aproximar a Europa dos seus cidadãos, celebrando em conjunto a riqueza e a diversidade da cultura cinematográfica europeia, oferecendo exibições gratuitas em cinemas por toda a Europa.

Os participantes, cinemas integrantes da rede Europa Cinemas, seleccionaram os filmes a exibir de acordo com o interesse do seu público, com o objetivo de os adaptar a uma diversidade de públicos. Nesta edição, por exemplo, os cinemas participantes tiveram a possibilidade de propor filmes familiares para estimular o gosto do público jovem pela sétima arte, filmes clássicos para aproximar os cidadãos do  património cultural cinematográfico partilhado, entre outros, porque o lema é #WeAllLoveStories!




Algumas das exibições serão acompanhadas de atividades como apresentações, perguntas e respostas com realizadores, actores ou outros membros da equipa de produção, bem como debates, nos quais o público terá a oportunidade de discutir o filme com outros cinéfilos.

Em Portugal, a Noite Europeia do Cinema acontecerá no Porto e em Lisboa.
Mães Paralelas, de Pedro Almodóvar, será exibido a 5 de dezembro pelas 19h no Cinema Trindade, no Porto. 
Annie Ernaux Os Anos Super 8, de Annie Ernaux e David Ernaux-Briot, será exibido a 7 de dezembro pelas 19h no Cinema Ideal em Lisboa.

Mães Paralelas


As exibições gratuitas de filmes europeus apoiadas pelo MEDIA chegarão a mais de 8 000 cinéfilos em 75 cidades da Europa, fortalecendo as ligações em torno de uma identidade europeia compartilhada construída na diversidade.
Esta iniciativa, tem crescido consideravelmente ao longo dos anos. A primeira edição de 2018 contou com 34 cinemas; a participação aumentou para 54 em 2019, depois para 67 em 2020 e envolveu nada menos que 71 salas em 2021. Em 2022, 75 cinemas em 26 países da UE participarão na iniciativa.

“Annie Ernaux Os Anos Super 8”

Noite Europeia do Cinema decorre no contexto mais amplo do  Mês do Cinema Europeu  (MOEF) de 13 de novembro a 10 de dezembro de 2022, uma iniciativa lançada este ano pela European Film Academy em parceria com a Europa Cinemas. Durante quatro semanas, mais de 100 salas de cinema membros da rede Europa Cinemas em toda a Europa organizam eventos em torno de filmes europeus.

 

29
Nov22

O Queer Porto 8 arranca hoje!

Texto by esQrever

Niel Tomodachi

O Queer Porto 8 arranca hoje!

Queer Porto 8 está de volta para a sua edição de 2022. Depois de anunciada a sua programação completa, o festival de cinema terá lugar entre 29 de novembro e 4 de dezembro, no Teatro Municipal Rivoli, Casa Comum da Reitoria da Universidade do Porto, Maus Hábitos e Teatro Helena Sá e Costa.

Na Competição Oficial o destaque vai para Nelly & Nadine, documentário que venceu o Prémio Teddy para Melhor Documentário na Berlinale. O filme retrata a inusitada história de amor entre duas mulheres que se apaixonam na véspera de Natal, no campo de concentração de Ravensbrück. La fin de Wonderland é um documentário sobre Tara Emory, uma artista trans que trabalha segundo as suas próprias regras na indústria do sexo; Un Varón, que nos chega diretamente da Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes. O filme é um potente comentário sobre os conceitos de masculinidade na América Latina, através da história de Carlos, que vive num centro de acolhimento para menores. Rua dos Anjos é um filme construído a partir do encontro e da criação fílmica partilhada entre Renata Ferraz e Maria Roxo enquanto trocam experiências dos seus respetivos ofícios: o trabalho fílmico e o sexual. O júri desta competição será composto pelo jornalista e ativista francês Cy Lecerf Maulpoix, pela produtora de televisão da RTP Isabel Roma e pelo realizador João Vladimiro, que avaliarão os oito títulos a concurso.

O foco no emergente cinema queer português dá-se na secção Prémio Casa Comum. A partir da edição deste ano, esta irá abarcar a Competição In My Shorts de curtas-metragens de escola portuguesas. Aqui é apresentada uma visão contemporânea sobre as questões em torno da identidade e do género, pelas mãos de um conjunto de artistas cujas linguagens estéticas nos mostram o lugar presente da criação cinematográfica nacional, no formato de curta-metragem. Pedro Neves Marquesvolta a marcar presença com Tornar-se um Homem na Idade Média, levantando a questão sobre a possibilidade de gestação artificial no corpo masculino; Aos Dezasseis, de Carlos Lobo, foca-se na construção individual durante a adolescência; em João Gabriel – The Last Day of Summer, Bernardo Nabais trabalha de forma documental as motivações do artista plástico que conduzem à pintura através da pornografia; enquanto Azul, a estreia de Ágata de Pinho na realização, abre a dimensão da catarse a partir de um estado liminal de existência. Cabem ainda mais quatro filmes neste programa, cujo júri será composto pela investigadora e colaboradora do CETAPS Joana Caetano, pelo cineasta José Paulo Santos, e pelo artista e fundador da Livraria Aberta Paulo Brás.

Queer Focus regressa à Casa Comum da Reitoria da Universidade do Porto para dar continuidade a um tema que levou o festival este ano à cidade francesa de Nice, no âmbito da Temporada Portugal-França. O tema da ecosexualidade tem vindo a consolidar-se na programação do festival nos últimos anos e tem permitido dar uma nova luz sobre as questões queer contemporâneas na sua relação com a natureza.

A Sessão de Encerramento do Queer Porto 8 estará a cargo de Les amours d’Anaïs, a mais recente ficção de Charline Bourgeois-Tacquet, protagonizada pela magnética Valeria Bruni Tedeschi. O filme narra a história de uma jovem inquieta e de um triângulo amoroso que desperta um desejo profundo.

Programa Completo Queer Porto 8

Calendário de Sessões do Queer Porto 8 (2022)
Calendário de Sessões do Queer Porto 8

NOITE DE ENCERRAMENTO

Les amours d’Anaïs / Anaïs in Love, Charline Bourgeois-Tacquet (France, 2021, 98’)

COMPETIÇÃO OFICIAL

A Cidade dos Abismos / The City of Abysses, Priscyla Bettim, Renato Coelho (Brazil, 2021, 96’)
La dernière séance / The Last Chapter, Gianluca Matarrese (Italy, France, 2021, 100’)
La fin de Wonderland / The End of Wonderland, Laurence Turcotte-Fraser (Canada, 2021, 85’)
Nelly & Nadine / Nelly och Nadine, Magnus Gertten (Sweden, Belgium, Norway, 2022, 93’)
El Perfecto David / The Perfect David, Felipe Gomez Aparicio (Argentina, Uruguay, 2021, 78’)
Rua dos Anjos / Rising Sun Blues, Renata Ferraz, Maria Roxo (Portugal, 2022, 84’)
Sweetheart, Marley Morrison (UK, 2021, 103’)
Un Varón / A Male, Fabián Hernández (Colombia, France, Netherlands, Germany, 2022, 81’)

PRÉMIO CASA COMUM

Aos dezasseis / At Sixteen, Carlos Lobo (Portugal, 2022, 14’)
Azul / Blue Has No Dimensions, Ágata de Pinho (Portugal, 2022, 20’)
Cabra Cega / Blindman’s Buff, Tomás Paula Marques (Portugal, 2021, 16’)
João Gabriel – The Last Day of Summer, Bernardo Nabais (Portugal, 2022, 29’)
Neve / Snow, Filipe Martins (Portugal, 2022, 18’)
Second, André Santos Martins (Germany, Portugal, 2021, 30’)
Tornar-se um Homem na Idade Média / Becoming Male in the Middle Ages, Pedro Neves Marques (Portugal, 2022, 22’)
Um Caroço de Abacate / An Avocado Pit, Ary Zara (Portugal, 2022, 20’) 

QUEER FOCUS: EcoQueer

Blastogenesis X / Blastogenese X, Charlotte Maria Kätzl, Conrad Veit (Germany, 2021, 27’)
Haldernablou Quadriflore, Tom De Pékin (France, 2017, 50’)
Metamorphosis, The Institute of Queer Ecology (USA, 2020, 48’) + conversa com Cy Lecerf Maulpoix

Three (or More) Ecologies: A Feminist Articulation of Eco-Intersectionality. Part I: For the World to Live, Patriarchy Must Die, Angela Olga Anderson (Germany, Austria, 2019, 37’) + conversa com Stephan Dahl
Uýra – A Retomada da Floresta / Uýra – The Rising Forest, Juliana Curi (Brazil, USA, 2022, 72’)
Water Makes Us Wet: an Ecosexual Adventure, Annie Sprinkle, Beth Stephens (USA, 2018, 80’)

SESSÕES ESPECIAIS

Blitzed: The 80s Blitzed Kids Story, Bruce Ashley, Michael Donald (UK, 2020, 90’)
Esther Newton Made Me Gay, Jean Carlomusto (USA, 2022, 92’)

Máquina do Desejo – 60 Anos do Teatro Oficina / Desire Machine – 60 Years of Teatro Oficina, Joaquim Castro, Lucas Weglinski (Brazil, 2021, 110’) + conversa com Lucas Weglinski


esQrever volta a ser parceira media do Queer Porto em 2022.

 

Source: https://esqrever.com/2022/11/29/o-queer-porto-8-arranca-hoje/

 

25
Nov22

Já pode ver o “Pinóquio” de Guillermo del Toro nas salas de cinema

Niel Tomodachi

Trata-se uma versão em stop-motion (e mais obscura) da famosa história que irá chegar à Netflix em breve.

Mesmo que improvável, 2022 é um ano importante para “Pinóquio”. Depois de a Disney ter estreado em setembro um remake do seu filme icónico de 1940, agora chega a versão mais obscura — e em animação stop-motion — do cineasta mexicano “Guillermo del Toro”. Será um filme mais próximo do seu característico imaginário gótico de fantasia.

“Pinóquio de Guillermo del Toro”, assim se chama o filme, estreou nalguns cinemas portugueses esta quinta-feira, 24 de novembro — é uma espécie de antecipação da estreia mundial na Netflix, marcada para 9 de dezembro. Del Toro escreveu o argumento em parceria com Patrick McHale (“Para Lá do Jardim”). O seu co-realizador é Mark Gustafson, especialista responsável pela animação do aclamado “O Fantástico Senhor Raposo”.

No elenco de vozes estão nomes como Gregory Mann, Ewan McGregor, Ron Perlman, Finn Wolfhard, Cate Blanchett, David Bradley, Burn Gorman, Tim Blake Nelson, Tilda Swinton, John Turturro ou Christoph Waltz, entre outros.

A narrativa original é do livro italiano “As Aventuras de Pinóquio”, escrito por Carlo Collodi e publicado em 1883. ​​“Nenhuma expressão artística influenciou mais a minha vida e o meu trabalho do que a animação e nunca me senti tão ligado a nenhuma personagem como à do Pinóquio”, explicou Guillermo del Toro, em 2018. “Desde que me lembro que queria fazer este filme.”

 

24
Nov22

LGBTI Viseu exibe ARY, o filme que acompanha a descoberta da identidade não binária de Ary Zara

Texto by https://esqrever.com/

Niel Tomodachi

LGBTI Viseu exibe ARY, o filme que acompanha a redescoberta da identidade não binária de Ary Zara

A Associação LGBTI Viseu irá exibir o filme ARY, a longa metragem de estreia de Daniela Guerra. A exibição será no dia 26 de novembro pelas 15:00 no IPDJ de Viseu, em parceria com o Cine Clube de Viseu.

O filme acompanha o quotidiano íntimo de Ary, que não se reconhece na classificação binária de género e aos 28 anos decide redescobrir a sua identidade, iniciando uma viagem ao outro lado do espelho.”

Daniela conta no seu filme “um pedaço da vida de Ary”, que acompanhou entre a fase de início da transição e a realização da mastectomia. Na sua descoberta, Ary percebeu que “uma porta dá acesso a outra porta e acesso a outra”. O processo permitiu-lhe conhecer cada vez mais sobre si mesmo e que “viesse à superfície” o que realmente queria fazer com o seu corpo sem que ficasse preso a um género.

Ary Zara fez parte do projeto, com Isaac dos SantosT GUYS CUDDLE TOO, um canal que fez “trans-bordar vários assuntos pertinentes à comunidade LGBTI e quebrar pré-conceitos e preconceitos“. A maior incidência do canal foi a desmistificação do que é ser trans.

A sessão desse dia 26 de novembro tem entrada livre e contará com uma conversa no final do filme com a realizadora Daniela Guerra, ARY Zara e Daniela Bento (pela Direção da ILGA Portugal).

Capa evento Ary um filme de Daniela Guerra
Evento no Facebook


Source: https://esqrever.com/


18
Nov22

Fogo, água, terra e ar convivem no novo filme da Pixar: o primeiro trailer de "Elemental"

Niel Tomodachi

Filme de animação do estúdio é a grande aposta para os cinemas no verão de 2023.

Fogo, água, terra e ar convivem no novo filme da Pixar: o primeiro trailer de

A Pixar divulgou o primeiro trailer de "Elemental", o seu grande lançamento para os cinemas no verão de 2023.

O 27.º filme de animação do emblemático estúdio passa-se em Element City, onde os moradores de fogo, água, terra e ar vivem em conjunto.

Segundo a sinopse oficial, a história apresenta Ember, uma jovem perspicaz e impetuosa, cuja amizade com um rapaz divertido, sentimental e descontraído chamado Wade desafia as suas crenças sobre o mundo em que vivem.

Apresentando as vozes na versão original de Leah Lewis e Mamoudou Athie como Ember e Wade respectivamente, "Elemental" é realizado por Peter Sohn, um veterano com muitos anos na Pixar, onde já dirigiu "A Viagem de Arlo" (2015).

 

11
Nov22

Já há data de estreia para o próximo filme de animação de “SpongeBob”

Niel Tomodachi

A notícia coincide com o anúncio de que uma nova versão de "Avatar: O Último Airbender" deve estrear no mesmo ano.

Certamente que, em algum momento, já todos nos cruzámos com a figura de SpongeBob na televisão ou no cinema. O famoso boneco do canal norte-americano Nickelodeon foi apresentado em julho de 1999 e desde então transformou-se num fenómeno mundial.

A criação partiu de um biólogo marinho e animador chamado Stephen Hillenburg, que resolveu narrar as aventuras de uma esponja e dos seus amigos no fundo do mar. Hoje em dia, os episódios são exibidos em mais de 185 países e traduzidos em mais de 50 línguas.

O sucesso é tanto, que a Nickelodeon Animation e a Paramount definiram esta quinta-feira, 10 de novembro, a data de lançamento nos cinemas para um novo filme sobre a história — será o quarto. Ainda não tem título, mas será lançado a 23 de maio de 2025. Outra novidade é que “Avatar: O Último Airbender” terá uma nova versão a 10 de outubro de 2025.

O mais recente filme “The SpongeBob Movie: Sponge on the Run”, de 2020, foi escrito e dirigido por Tim Hill. Porém, devido à pandemia, não recebeu um lançamento mundial nos cinemas. No início deste ano, foi anunciado que, além do quarto filme da saga, SpongeBob iria receber ainda três spinoffs, focados em personagens secundárias, que vão chegar ao serviço de streaming Paramount+.

 

10
Nov22

“Os Fabelmans”: vai poder ver o novo filme de Spielberg já este fim de semana

Niel Tomodachi

A produção vai estar em exibição em Lisboa, no âmbito do festival LEFFEST. Só em dezembro é que chega aos cinemas.

"Os Fabelmans”, o novo filme de Steven Spielberg, estreia nos cinemas portugueses a 22 de dezembro. Mas os maiores fãs do icónico cineasta vão poder assistir à sua nova produção já este domingo, dia 13.

Trata-se de uma sessão especial promovida pelo Lisbon & Sintra Film Festival (LEFFEST), cuja programação arranca esta quinta-feira, dia 10. “Os Fabelmans” estará em exibição no Teatro Tivoli BBVA, na Avenida da Liberdade, em Lisboa, a partir das 17 horas.

O novo filme é baseado nas memórias de infância de Spielberg. Semi-autobiográfico, baseia-se no início da sua paixão pelo cinema, na sua dinâmica familiar — que marcaria a sua obra — e naquilo que o tornou num cineasta adorado por tantos milhões de fãs. O elenco junta nomes como Michelle Williams, Paul Dano, Seth Rogen ou Gabriel LaBelle, entre outros.

 

08
Nov22

Filme sobre Pedrógão Grande produzido por DiCaprio vai ser exibido esta semana

Niel Tomodachi

O documentário "From Devil's Breath" ("O Sopro do Diabo"), de Orlando Von Einsiedel, produzido por Leonardo DiCaprio, que aborda o grande incêndio de Pedrógão Grande de 2017, vai ser exibido esta semana em Portugal, revelou a Cinemas NOS.

Incêndios de Pedrógão mataram 66 pessoas em 2017

De acordo com a exibidora, o filme será mostrado entre sexta-feira e domingo em Lisboa, Loulé, Viseu, Funchal, Aveiro, Braga, Matosinhos e Coimbra, no total de 24 sessões.

Os bilhetes têm "um custo simbólico de cinco euros e parte da receita será doada a um projeto de reflorestação a selecionar pela Casa do Impacto", que é um 'hub' de inovação promovido pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, refere a exibidora.

"From Devil's Breath" é uma curta-metragem documental de 40 minutos que conta a história de sobreviventes do grande incêndio de Pedrógão Grande, no verão de 2017, que vitimou 66 pessoas.

A equipa de produção e coprodução do filme reuniu várias pessoas, entre as quais o ator Leonardo diCaprio e os jornalistas Tiago Carrasco e Catarina Fernandes Martins.

As gravações para o documentário decorreram no início de 2020 e retratam a história de Nádia Piazza, que perdeu o filho e que foi presidente da Associação das Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande, de um dos feridos graves, Vítor Neves, do bombeiro Sérgio Lourenço e de Sofia Carmo, dinamizadora de projetos de reflorestação na área afetada, disse à agência Lusa o jornalista Tiago Carrasco, no final de 2021.

A história dos sobreviventes e daquilo que aconteceu em Pedrógão Grande é cruzada com o trabalho e perspetiva do ecologista inglês Thomas Crowther, com trabalho na restauração de ecossistemas, que também esteve em Pedrógão Grande e que propõe soluções para a problemática, explicou.

Segundo o jornalista, a produção chegou a pensar em fazer o filme na Califórnia (Estados Unidos) ou na Austrália, mas acabou por escolher o caso de Pedrógão Grande, "por ter sido tão devastador, tão concentrado e uma tragédia com uma enorme perda de vidas".

"From Devil's Breath", que já foi apresentado no Festival de cinema de Palm Springs (EUA) e na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP26), vai ser exibido no domingo, dia 13, no canal norte-americano MSNBC e fica disponível na plataforma de 'streaming' Peacock.

O filme é exibido no âmbito da série documental "Tipping Point", do apresentador Trevor Noah e da produtora Time Studios.

Orlando Von Einsiedel, que assina "From Devil's Breath", venceu um Óscar de melhor curta documental em 2017 pelo filme "Os Capacetes Brancos", sobre voluntários de equipas de socorro, na guerra da Síria.

De acordo com a exibidora Cinemas NOS, a sessão de "From Devil's Breath" no cinema Amoreiras, na sexta-feira, em Lisboa, incluirá um debate sobre alterações climáticas com o deputado Miguel Costa Matos (PS), com a coprodutora Catarina Fernandes Martins, a responsável pelo programa de reflorestação de Pedrógão Grande, Sofia Carmo, e com moderação de Inês Sequeira, diretora da Casa do Impacto.

 

06
Nov22

"The Half of It (Se Tu Soubesses…)"

Amor numa não história de amor

Niel Tomodachi

 Assisti a este filme ontem na Netflix e adorei!!!! 

The_Half_of_It_poster.jpeg

Escrito e produzido por Alice Wu, Se Tu Soubesses… estreou na Netflix a 1 de maio de 2020. O filme dá uma nova vida às comédias românticas juvenis e pergunta-nos o que é o amor. Apesar de ter um bom argumento e uma fantástica cinematografia, peca pela falta de emoções fortes.

Ellie Chu é introvertida e uma aluna de excelência que, a troco de dinheiro, faz os trabalhos dos colegas. Chega o dia em que Paul, um rapaz popular, lhe pede para escrever uma carta para dar a Aster, uma rapariga também popular de quem gosta. Por precisar do dinheiro, Ellie aceita e começa assim uma troca de mensagens e o caminho para encontrar amor e amizade.

Se Tu Soubesses

Se Tu Soubesses… preza-se pela distinção face às comédias românticas de adolescentes habituais. Apesar de ter um plot inicial comum, o facto de o rapaz popular falar com a rapariga solitária, as relações entre as personagens não são banais. O filme mostra o quão poderosa pode ser uma conexão intelectual entre duas pessoas e como estas se conhecem através da filosofia, da pintura, da literatura e de crenças que as tornam quem são, em vez dos típicos temas vulgares.

A longa-metragem começa com uma crença da Grécia Antiga relativa a alma gémeas. Ao longo da narrativa, surgem referências a autores como Platão e Oscar Wilde, que refletem sobre o que é o amor. Como Ellie diz em determinado momento: “isto não é uma história de amor”. É sim uma história sobre amor: reflete sobre o que é, as diferentes formas de amar e a procura da outra metade da alma, a aclamada “alma gémea”.

Se Tu Soubesses

A qualidade da cinematografia é rapidamente notória, a começar pela criativa animação inicial, que apela logo ao olho. Para além disso, o que poderia tornar-se aborrecido, como a primeira cena de Ellie a andar de bicicleta, ganha vida pelo uso astuto de diferentes planos. Assim, desde o princípio, é estabelecido o nível de cinematografia que se desenvolve no resto do filme, sendo este cuidado, inteligente e coeso.

A diversidade é um ponto forte na produção. É agradável e importante ver outras culturas que não a americana, como a cultura chinesa e latina, representadas no ecrã. Outro aspeto que dá frescura ao trabalho é o facto de tanto o elenco como Alice Wu, realizadora e produtora, não serem personalidades muito conhecidas. Salienta-se a performance de Leah Lewis e Daniel Diemer, que tornam a relação entre Ellie e Paul mais especial.

Se Tu Soubesses… sustenta um bom argumento com boas representações. Porém, e apesar de eu entender e valorizar a produção de um filme com uma simplicidade que por si só cativa, este infelizmente peca pela falta de momentos fortes que arrebatam com os sentimentos.

 

02
Nov22

Chegou o trailer completo do novo “Avatar” — faltam menos de dois meses

Niel Tomodachi

É um dos filmes mais aguardados do ano e será bastante longo. Assista às novas imagens e saiba do que trata a história.

Esta quarta-feira, 2 de novembro, foi divulgado o trailer completo de “Avatar: O Caminho da Água”. Vai estrear nos cinemas a 15 de dezembro e é um dos filmes mais aguardados do ano. Trata-se de uma produção de James Cameron, o famoso e conceituado cineasta que também é o responsável pelas diversas sequelas que estão a ser preparadas.

Este filme, como a NiT noticiou, será bastante longo — terá três horas e 10 minutos de duração. Se os resultados nas bilheteiras forem satisfatórios, o terceiro projeto da saga deverá estrear em dezembro de 2024, o seguinte em 2026 e o quinto “Avatar” em 2028.

“O Caminho da Água” começa mais de uma década depois dos acontecimentos do primeiro filme e centra-se na família Sully (Jake, Neytiri e os seus filhos). “Os problemas que os perseguem, os esforços que fazem para se manterem uns aos outros em segurança, as batalhas que lutam para permanecerem vivos e as tragédias que suportam” são o foco da obra.

Sam Worthington, Zoe Saldana, Sigourney Weaver, Kate Winslet, Cliff Curtis, Britain Dalton, Filip Geljo, Jaime Flatters e Bailey Bass fazem parte do elenco.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Quotes:

“How wonderful it is that nobody need wait a single moment before starting to improve the world.” ― Anne Frank

Pesquisar

Nelson's bookshelf: currently-reading

Alfie - O Gato do Bairro
tagged: currently-reading

goodreads.com

2022 Reading Challenge

2022 Reading Challenge
Nelson has read 0 books toward his goal of 50 books.
hide

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Afiliado Wook

WOOK - www.wook.pt

Comunidade Bertand

Afiliado Miniso

Read the Printed Word!

Em destaque no SAPO Blogs
pub