Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Tomodachi (ともだち)

Little Tomodachi (ともだち)

29
Ago22

Armazém — o polo cultural do Porto que nos leva de volta ao passado

Niel Tomodachi

As cadeiras penduradas na fachada são um convite a que sinta a energia deste espaço único que até tem lounge para animais.

“Fazer de um armazém o Armazém. E assim foi”. É desta forma que se apresenta o projeto criado em 2015 por Raquel e Batata Cerqueira Gomes, num acolhedor espaço em Miragaia, mesmo em frente à Alfândega do Porto, que não deixa ninguém indiferente.

O desafio foi enorme, mas foi superado com êxito. “Propuseram-me pegar num armazém com 1.500 metros quadrados, que estava abandonado. Chovia e não havia luz”, conta Batata Cerqueira Gomes à PiT.

“Há oito anos, Miragaia era uma zona problemática. Mas agarrámos no espaço, demos-lhe nova vida e o local deu uma volta de 180 graus. Foi brutal. Hoje em dia, não só por nós mas igualmente por outros projetos que também vieram para esta zona, Miragaia tem muito movimento”, sublinha o proprietário.

A aposta vingou. No Armazém poderá encontrar várias lojas com velharias, antiguidades e peças vintage, bem como uma galeria de arte, uma zona comum — perfeita para quem procura um local para descontrair —, um bar e uma esplanada”, explica Batata Cerqueira Gomes. É como passear num museu, onde a originalidade e a antiguidade andam de mãos dadas.

Desde o momento em que entra até que sai, tudo aquilo que vir e tocar está à venda, desde a cadeira onde se senta até ao bule de beber o chá. E vai ter muito para ver, sem pressas, já que este é um espaço onde pode e deve demorar-se.

 

100 por cento pet friendly

O espaço é pet friendly, podendo os animais entrar em todo o lado — o que não é de admirar, já que os cães são uma grande paixão do casal. “Tenho quatro cães em casa. Quando se gosta deles, ser pet friendly faz naturalmente parte”, diz Batata Cerqueira Gomes.

“Uma das primeiras ideias que nos veio à cabeça foi que havíamos de ter um lounge para cães”. Se assim o pensaram, melhor o fizeram. E é na zona da esplanada que podemos encontrar esse espaço criado a pensar nos amigos de quatro patas.

“Esse espaço é para eles repousarem, mas às vezes até tem mais pessoas do que cães, porque é muito confortável”. E está tudo pensado. Há setas a indicar o caminho, com fotos de cães, e ninguém se perde. “Quando fomos a Londres, comprámos tecido só de cães para o sofá dessa zona, mas foi-se destruindo e já mudámos o tecido mais de 20 vezes”, diz o proprietário com um sorriso aberto.

Sobre o tipo de animais que recebem de visita, o proprietário explica que “às vezes vem um ou outro gato, mas são sobretudo cães”. “Ainda hoje [24 de agosto] já vi mais de 10 raças diferentes aqui dentro. Vêm muitas pessoas com os animais – e àquelas que chegam meio a medo, sem saber se podem entrar, nós quase estendemos o tapete vermelho para os cães entrarem. Adoramos”.

 

O bichinho das compras

Batata Cerqueira Gomes sempre esteve ligado à restauração. Foi dono do Twins, o seu primeiro ponto de referência — e que foi eleita durante três anos a melhor discoteca do país. “Tinha a discoteca no Porto e em Lisboa. Mas este bichinho das velharias e do vintage andava sempre presente”, confidencia.

“Eu e minha mulher sempre tivemos o vício de procurar objetos originais nas nossas viagens. Compramos peças nas nossas viagens pela Europa e vamos a feiras e leilões”, explica o proprietário, acrescentando que tentam “ser originais e ter peças diferentes”.

Para Batata Cerqueira Gomes, “o facto de fazermos uma coisa de que gostamos torna tudo ainda melhor”. E é o que faz. Faz o que gosta. Hoje em dia, diz, “temos 1.500 m2 bastante recheados”.

O espaço é belíssimo e só quem lá entra percebe a magia. “O armazém tem 160 anos e é muito mais antigo do que a Alfândega do Porto”, explica o proprietário. “Foi a primeira localização da Real Companhia Velha. Os barcos paravam onde é hoje a Alfândega do Porto e as pipas vinham a rolar até ao armazém”.

Batata Cerqueira Gomes é o maestro do Armazém, mas faz questão de frisar que “é sempre um trabalho de equipa”. E a projeção internacional chegou cedo. “Ao fim de seis meses de abrir o Armazém tive a visita do ‘The New York Times’, que fez meia página sobre nós. A partir daí foi um corrupio de entrevistas Veio a ‘Figaro’ japonesa, a ‘BBC’, foi de loucos”, recorda.

O Armazém é, sem dúvida, um amor bem cuidado. “É um espaço muito bonito, com uma energia incrível”, afiança o proprietário, com orgulho na voz. E é de tal forma bonito que há membros da Faculdade de Arquitetura que ali vão dar palestras.

O espaço, com lojas repletas de artigos belíssimos a perder de vista, é pet friendly em todos os sentidos. “Dos dois metros para cima, não se tira as teias de aranha. Elas fazem parte e onde não incomodam não se mexe. Faço questão de as deixar ficar”, remata Batata Cerqueira Gomes.

A traça antiga foi toda mantida. Há telhado em vidro, traves e barrotes de madeira e muita pedra. Um Armazém onde os tempos de ontem desaguam onde a imaginação nos levar.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Quotes:

“How wonderful it is that nobody need wait a single moment before starting to improve the world.” ― Anne Frank

Pesquisar

Nelson's bookshelf: currently-reading

Alfie - O Gato do Bairro
tagged: currently-reading

goodreads.com

2022 Reading Challenge

2022 Reading Challenge
Nelson has read 0 books toward his goal of 50 books.
hide

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Afiliado Wook

WOOK - www.wook.pt

Comunidade Bertand

Afiliado Miniso

Read the Printed Word!

Em destaque no SAPO Blogs
pub