Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Little Tomodachi (ともだち)

Little Tomodachi (ともだち)

Qui | 21.05.20

Hoje é o Dia da Meditação, e este site português ajuda a começar

ともだち

Duas portuguesas aproveitaram a quarentena para criar um site com meditações guiadas gratuitas, úteis no combate à ansiedade. Mesmo quem nunca experimentou essa prática associada ao bem-estar físico e mental pode dar ali os primeiros passos. Nesta quinta-feira, 21 de maio, comemora-se o Dia Mundial da Meditação.

silhouette-of-man-at-daytime-1051838-1-960x640.jpg

O site Brave Maryan, com dicas e meditações guiadas gratuitas para iniciantes (e para quem já tem alguma experiência), nasceu pela mão de Inês Roseta, professora de ioga e meditação, e Mariana Crespo, arquiteta apaixonada por ilustração, que começou por ser sua aluna.

“A meditação é uma ajuda preciosa para ultrapassar este momento de ansiedade que vivemos”, defende Inês, explicando que no início convém ter alguma orientação, para melhor lidar com a torrente de pensamentos. “Há muitas pessoas que, sabendo os benefícios da meditação, começam a tentar meditar por sua conta, procurando online algum apoio. Há muita oferta em sites e apps, mas são, maioritariamente, meditações guiadas noutras línguas”, observa.

Inês Roseta
Fotografia: DR

A dupla mostra-se disponível para esclarecer dúvidas e continuar a partilhar diferentes técnicas de meditação e outras informações, para incentivar a continuidade de uma prática com benefícios comprovados cientificamente. Em preparação estão também meditações para crianças, acompanhadas por ilustrações de Mariana, com vista ao desenvolvimento de capacidades como a concentração e a autoestima.

Mariana Crespo
Fotografia: DR

Os efeitos são visíveis logo no quotidiano, garante Inês: “Ao praticar meditação vamos ter consciência dos benefícios que daí advêm, não propriamente quando estamos sentados, de olhos fechados, a respirar, mas antes no dia-a-dia, na forma como lidamos connosco, com os outros, como encaramos as questões e situações que vão surgindo”. Não duvida: “Meditar concentra-nos, devolve-nos a casa, ensina-nos a conviver connosco. Traz clareza, e ajuda a aceitar que tudo seja como é.

1 comentário

Comentar post