Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Little Tomodachi (ともだち)

Little Tomodachi (ともだち)

28
Ago22

Escultura de Ai Weiwei alerta contra arrogância em "época problemática"

Niel Tomodachi

O dissidente e artista chinês Ai Weiwei adverte contra a arrogância nesta "época tão problemática", com a sua primeira escultura de vidro, feita na ilha veneziana de Murano e intitulada 'Memento Mori', latim para "Lembra-te que deves morrer".

Escultura de Ai Weiwei alerta contra arrogância em "época problemática"

Ai Weiwei não teve de procurar muito para encontrar provas de que o planeta se encontra numa época muito complicada: as bombas russas caem diariamente sobre a Ucrânia; a China pressiona o seu músculo militar no Estreito de Taiwan; os migrantes morrem repetidamente no mar quando os barcos dos contrabandistas se afundam; a Terra aquece, causando seca, desmoronando de glaciares e tempestades violentas; a pandemia que matou pelo menos 6,4 milhões de pessoas persiste.

"Estamos a falar de muitas, muitas coisas. Estamos a falar de imigrantes, de mortes, da guerra, de muitas, muitas questões?, disse Ai Weiwei à The Associated Press em Veneza, na sexta-feira.

A escultura tem 9 metros, quase 3 toneladas de vidro preto, e está suspensa sobre a nave central da igreja desconsagrada de San Giorgio Maggiore, localizada em frente à Praça de São Marcos de Veneza.

Com o título 'A Comédia Humana": Memento Mori', a escultura é a peça central de uma exposição de Ai Weiwei na igreja, que será inaugurada no domingo.

A peça maciça está repleta de símbolos que aludem aos meios de comunicação social e ao estado de vigilância: esqueletos e crânios de vidro intrincadamente pendurados e moldados, tanto humanos como animais, semelhanças com o pássaro do logótipo do Twitter, e câmaras de vigilância.

"Vemos o ambiente desaparecer completamente, sendo destruído pelo esforço humano... e isso irá criar um desastre ou uma fome muito maior. Ou guerra, há uma possível luta política entre a China e o ocidente", disse.

"Temos de repensar sobre os seres humanos e a sua legitimidade sobre o ambiente". Será que merecemos realmente este planeta, ou estamos apenas a ser tão míopes e racistas? E muito, muito apenas egoístas", interrogou-se o artista.

A exposição apresenta também esculturas de vidro mais pequenas. O próprio Ai Weiwei é retratado como um prisioneiro, enquanto outra peça impõe o seu rosto distorcido numa réplica de uma estátua do século XVIII intitulada "Alegoria da inveja".

É fácil identificar referências à sua vida. Depois de se ter pronunciado contra o governo chinês e de ter defendido a liberdade de expressão, Ai Weiwei foi preso pelas autoridades chinesas durante mais de dois meses em 2011, vivendo agora no exílio na Europa.

O artista disse que pensa que a invasão russa da Ucrânia deu às autoridades chinesas um "modelo potencial" para compreender como uma tal operação poderia decorrer em Taiwan.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Quotes:

“How wonderful it is that nobody need wait a single moment before starting to improve the world.” ― Anne Frank

Pesquisar

Nelson's bookshelf: currently-reading

Alfie - O Gato do Bairro
tagged: currently-reading

goodreads.com

2023 Reading Challenge

2023 Reading Challenge
Nelson has read 11 books toward his goal of 55 books.
hide

Arquivo

    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Afiliado Wook

WOOK - www.wook.pt

Comunidade Bertand

Afiliado Miniso

Read the Printed Word!

Em destaque no SAPO Blogs
pub