Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Tomodachi (ともだち)

Little Tomodachi (ともだち)

31
Jan22

"Madalena" de Isabel Rio Novo

Niel Tomodachi

Prémio Literário João Gaspar Simões

1507-1 (2).jpg

Sobre o Livro:

Enquanto se submete a tratamentos para um tumor, uma jovem professora ocupa os longos dias a examinar papéis, retratos e cartas dos bisavós que encontrou num velho armário de livros que outrora lhes pertenceu. É assim que vai desvelando a história dos dois, envolta em mistério, na qual a traição, o ciúme e a tragédia são os ingredientes principais.

Álvaro Amândio, o bisavô culto e ensimesmado, mas sobretudo Madalena Brízida, a bisavó sedutora, enigmática e talvez cruel, vão ganhando contornos diante da jovem mulher, à medida que ela própria se vai descobrindo, nos seus amores do passado, nos seus sofrimentos recalcados, talvez até nas razões para ser como é.

Muito mais do que uma narrativa sobre a doença ou os seus efeitos sobre o indivíduo, Madalena - obra vencedora do Prémio Literário João Gaspar Simões - é um romance notável sobre a família e sobre o que, em cada um de nós, é construído pelos que vieram antes, assinado por uma das grandes vozes da ficção portuguesa contemporânea.

 

Sobre a Autora:

Isabel Rio Novo nasceu no Porto, onde se doutorou em Literatura Comparada. Leciona Escrita Criativa e outras disciplinas no âmbito da literatura, cinema e outras artes, sendo autora de diversas publicações académicas nessas áreas. Enquanto ficcionista, é autora da narrativa fantástica O Diabo Tranquilo (2004), a partir de poemas de Daniel Maia-Pinto Rodrigues, da novela A Caridade (2005, Prémio Literário Manuel Teixeira Gomes), do livro de contos Histórias com Santos (2014) e dos romances Rio do Esquecimento (2016, finalista do Prémio LeYa e semifinalista do Prémio Oceanos), A Febre das Almas Sensíveis (2018, finalista do Prémio LeYa) e Rua de Paris em Dia de Chuva (2020, finalista do Prémio Europeu de Literatura e do Prémio de Narrativa do PEN Clube). Em 2019, publicou O Poço e a Estrada, uma biografia de Agustina Bessa-Luís.

 

31
Jan22

"Adolescentes" de Margarida Gaspar de Matos

Tudo o que sempre quis saber sobre o que pensam, o que desejam, o que sentem.

Niel Tomodachi

1507-1.jpg

Sobre o Livro:

Baseado em estudos e evidência científica, Adolescentes pretende auxiliar pais e educadores que se vejam a braços com esse mistério frequente que é compreender os adolescentes. Este livro procura entender quais as suas expectativas e os seus sonhos, e ir ao encontro das suas necessidades físicas e emocionais, aceitando os seus receios e uma forma de estar muito própria desta fase da vida, que se tornou ainda mais exigente com todos os acontecimentos mundiais ligados à pandemia e às suas consequências mais diretas, como o isolamento e as alterações nas relações sociais e meio ambientais.

A especialista Margarida Gaspar de Matos vai, através da sua experiência enquanto investigadora, mas também com testemunhos de adolescentes, mostrar aos leitores ferramentas que ajudam em termos mais práticos e informados a lidar de forma mais tranquila com esta geração que representa o futuro e a mudança.

 

Sobre a Autora:

Margarida Gaspar de Matos é Psicóloga Clínica e da Saúde. Psicoterapeuta. Professora Catedrática da Universidade de Lisboa na Faculdade de Motricidade Humana. Coordenadora do "G2 — Supportive Environments" do ISAMB (Instituto de Saúde Ambiental/Faculdade de Medicina de Lisboa/Universidade de Lisboa. Membro da Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) e Coordenadora do Board Promotion & Prevention da EFPA pela OPP. Coordenadora Nacional do Estudo da OMS, HBSC (Health Behaviour in School Aged Children).

 

31
Jan22

"O Delírio Nazi" de Heather Pringle

Os académicos de Himmler e o Holocausto

Niel Tomodachi

Entre a superstição, a ciência e o terror

o_delirio_nazi.jpg

Sobre o Livro:

Heinrich Himmler, o segundo homem mais poderoso da Alemanha nazi, estava convencido de que a ciência ignorava os feitos heroicos de uma raça primordial: os arianos. A convicção do líder das SS, povoada por homens e mulheres louros e de olhos azuis, não passava de pura fantasia - mas era inabalável.

Em 1935, Himmler fundou um instituto de investigação no âmbito das SS destinado a produzir alegadas provas arqueológicas dessa e de outras ficções do III Reich: o Ahnenerbe. Para alcançar o objetivo, que mais não era do que reescrever a história da Humanidade, o arquiteto da Solução Final recrutou uma mistura bizarra de aventureiros, místicos e, também, mais de uma centena de respeitáveis cientistas e académicos alemães.

As finalidades de tão excêntrica missão, que passaria por expedições a lugares como o Tibete, o Iraque ou a Finlândia, eram decididamente políticas - e, como não tardaria a verificar-se, teriam efeitos criminosos a uma escala até então impossível de conceber.

 

Sobre o Autor:

Heather Pringle é uma jornalista canadiana que escreve sobre ciência e, sobretudo, arqueologia. Antes de se dedicar à escrita, foi investigadora num museu e editora de livros. O Delírio Nazi (título original: The Master Plan: Himmler’s Scholars and the Holocaust), sobre as tentativas pseudocientíficas de Himmler para provar a superioridade de uma alegada raça ariana, ganhou o prémio de não ficção Hubert Evans. A autora publicou ainda o livro The Mummy Congress – Science, Obsession, and the Everlasting Dead, e assinou artigos para as revistas National Geographic e Archaeology.

 

31
Jan22

Nobel da Literatura, Bolaño e Cortázar nas novidades de fevereiro

Niel Tomodachi

O mais recente romance do Nobel da Literatura 2021, a estreia em Portugal de Kay Dick, inéditos de Bolaño e Cortázar, e novidades de Itamar Vieira Júnior, Isabel Rio Novo e Manuel Vilas são destaques das editoras para fevereiro.

Nobel da Literatura, Bolaño e Cortázar nas novidades de fevereiro

A Cavalo de Ferro vai lançar, já no início do mês, 'Vidas seguintes', o mais recente romance de Abdulrazak Gurnah, vencedor do Prémio Nobel da Literatura em 2021, que entrelaça história e ficção, para construir uma narrativa lúcida e trágica sobre África, o legado colonial e as atrocidades da guerra, bem como as infinitas contradições da natureza humana.

Outra novidade da Cavalo de Ferro é 'O imoralista', de André Gide, uma das obras mais representativas do universo literário deste autor francês, publicada em 1902 e de imediato envolta em controvérsia e escândalo, alternando entre a exigência de pureza e a satisfação de prazeres proibidos que operam no Homem.

A mesma chancela publica também um inédito até à data em Portugal de Julio Cortázar, 'Um Certo Lucas', coleção de pequenas ficções, sobre os seus pianistas favoritos, sobre os costumes de determinadas famílias argentinas ou o fim de uma história de amor.

A Elsinore, chancela do mesmo grupo, publicará 'A cláusula familiar', de Jonas Hassen Khemiri, romance vencedor do Prémio Médicis 2021 e finalista do National Book Award 2021, que traça um retrato divertido e doloroso das relações familiares nas sociedades modernas e multiétnicas, nas quais o desejo de individualismo se conjuga com os valores ancestrais de identidade e pertença.

A mesma chancela publica 'Para acabar de vez com Eddie Bellegeule', o aclamado primeiro romance de Édouard Louis, autor de quem a Elsinore já publicou 'Quem Matou o Meu Pai' --- obra adaptada a teatro, com encenação do belga Ivo van Hove e que esteve em exibição, em 2021, no Teatro Nacional D. Maria II, no âmbito do Festival de Almada --- e 'História da Violência'.

Para o próximo mês, a Alfaguara traz como novidade a publicação de um novo romance de Manuel Vilas, 'Os beijos', uma história de amor no meio de uma crise mundial, em que uma mulher e um homem tentam regressar ao amor e ao erotismo, "esse lugar misterioso onde os seres humanos procuram o sentido mais profundo da vida", descreve a editora.

O grupo Almedina publica, na chancela Minotauro, 'Raiva', de Sergio Bizzio, considerado um dos melhores romances latino-americanos da última década, adaptado ao cinema, com produção de Guillermo del Toro.

Trata-se da história de um operário da construção civil que, farto de sofrer humilhações, se esconde na mansão onde a namorada trabalha como empregada doméstica, depois de, no calor de uma discussão, cometer um assassinato, passando aí a viver incógnito, como um fantasma.

Um história simples de paixão entre dois trabalhadores de classe baixa, que redunda no relato das humilhações que ambos têm de suportar por parte daqueles que se julgam mais poderosos: ele responderá à violência com violência; ela, com submissão e mentiras, segundo a editora.

A Porto Editora aposta forte na ficção nacional, propondo 'Um Cão Deitado à Fossa', vencedor do Prémio Cidade de Almada 2018, que agora se publica, e que constituiu o segundo título de Carla Pais no catálogo da Porto Editora, depois de 'Mea Culpa'.

Depois de, em 2020, ter publicado 'Tropel', Manuel Jorge Marmelo regressa com o romance 'A Última Curva do Caminho', um manifesto em defesa da lentidão e da liberdade individual, com um enredo marcado pelo processo de envelhecimento, pela doença, pela solidão e pela perplexidade diante da inevitabilidade da morte.

Outra novidade nesta editora é a novela gráfica 'O Crespos', de Adolfo Luxúria Canibal, uma metáfora sobre a invisibilidade e a solidão na sociedade contemporânea, com ilustrações de José Carlos Costa.

No ano e no mês em que faz 100 anos, 'Ulisses', a obra-prima de James Joyce e um dos mais importantes romances do século XX, conhece uma nova edição pela Livros do Brasil.

'Ulisses' é publicado no mês em que se assinalam também os 140 anos de nascimento de James Joyce (2 de fevereiro de 1882) e narra um só dia na vida de Leopold Bloom, inspirando-se na 'Odisseia', de Homero.

Entre as novidades da Quetzal inclui-se aquela que é a primeira coletânea de contos do escritor chileno Roberto Bolaño, 'Chamadas Telefónicas', e novos romances de Álvaro Laborinho Lúcio, 'As Sombras de Uma Azinheira', e de Patrícia Müller, 'A Rainha e a Bastarda'.

O clássico feminista 'Malina', da escritora austríaca Ingeborg Bachmann, chega pela Antígona, em nova edição, por altura do 51.º aniversário da sua publicação original, com tradução de Helena Topa e posfácio de Elfriede Jelinek, Nobel da Literatura.

Adaptado ao cinema por Werner Schroeter, em 1991, com guião de Elfriede Jelinek, e Isabelle Hupert como protagonista, 'Malina' trata de um triângulo amoroso numa Viena decadente.

É uma viagem aos limites da linguagem e da loucura de uma mulher, mas, sobretudo, um retrato existencial lúcido e poderoso.

'Malina' é o único romance de Ingeborg Bachmann, pensado como primeiro volume de uma trilogia que ficou interrompida pela morte da autora.

Frederico Pedreira lança um novo livro pela Relógio d'Água, 'Um Virar de Costas Sedutor', dois anos depois de 'A Lição do Sonâmbulo', publicado pela Companhia das Ilhas, distinguido com os prémios literários da União Europeia e da Fundação Eça de Queirós em 2021.

A mesma editora vai publicar 'Eles', de Kay Dick (1915-2001), escritora e jornalista inglesa, nunca antes publicada em Portugal.

Com prefácio da escritora Carmen Maria Machado, este livro, publicado originalmente em 1977, consiste numa série de sequências de sonho, e ganhou o prémio de literatura do Sudeste das Artes, tendo sido descrito como "uma obra-prima distópica perdida", pela revista The Paris Review, em 2020.

Quanto às apostas da D. Quixote, uma das novidades é 'Doramar ou a Odisseia', novo livro de contos de Itamar Vieira Junior, o escritor brasileiro que em 2018 venceu o Prémio Leya e, em 2020, o Jabuti e Oceanos, pelo romance 'Torto arado'.

Trata-se de um conjunto de histórias herdeiras da tradição literária brasileira, mas simultaneamente contemporâneas no tratamento de questões como a destruição da floresta, a exploração dos mais fracos, a construção de muros entre países, as lutas pelos direitos humanos.

As heroínas destas histórias são maioritariamente mulheres obrigadas a lutar contra a adversidade, mas também estão presentes aqueles que regra geral não têm voz, como os escravos levados de África ou os índios empurrados para fora das suas terras.

Outro destaque da D. Quixote é o novo romance de Isabel Rio Novo, 'Madalena', vencedor do prémio literário João Gaspar Simões, sobre uma mulher em tratamentos contra um tumor, que descobre e examina o espólio dos bisavós: um romance sobre a família e a construção do eu, muito mais do que uma narrativa sobre a doença.

Pela mão da D. Quixote, chega também 'Canción', novo livro do guatemalteco Eduardo Halfon, de quem a editora publicou no ano passado 'Luto', romance sobre uma história de familia de uma personagem chamada Eduardo Halfon --- que pode ou não ser o autor ---, e que arrebatou o Prémio do Melhor Livro Estrangeiro (França), o Prémio Edward Lewis Wallant (EUA), o Prémio Internacional do Livro Latino (EUA) e o Prémio das Livrarias de Navarra (Espanha).

Com 'Canción' o autor regressa a esse universo literário que criou, para se embrenhar na brutal e complexa história recente do seu país, na qual se torna cada vez mais difícil distinguir vítimas de verdugos.

A Tinta-da-China vai publicar em fevereiro 'A Liberdade dos Futuros', de Jorge Pinto, um livro sobre democracia, liberdade e ecologia, 'Mortal e Rosa', "livro maior" de Francisco Umbral sobre a morte do próprio filho e a sacralidade da infância, bem como 'José Saramago: A escrita infinita', ensaios em diálogo com a obra de Saramago no ano do centenário, com organização de Carlos Nogueira, diretor científico da Cátedra José Saramago da Universidade de Vigo.

Pela editorial Presença chega "A Breve Vida das Flores', de Valérie Perrin, um livro que venceu os Prémios Maison de la Presse e Prix des Lecteurs e foi o livro mais vendido do ano em Itália.

 

31
Jan22

Curta "Uma pedra no sapato" venceu Grande Prémio do IndieJúnior Porto

Niel Tomodachi

A curta-metragem francesa "Uma pedra no sapato", de Eric Montchuad, venceu o Grande Prémio do festival de cinema infantil e juvenil IndieJúnior Porto, cuja 6.ª edição terminou hoje, anunciou a organização.

Curta "Uma pedra no sapato" venceu Grande Prémio do IndieJúnior Porto

O filme de animação "Uma Pedra no Sapato" foi "a escolha do Júri Oficial para ser premiado no valor de 1.250 euros", de acordo com um comunicado da organização do IndieJúnior Porto, hoje divulgado no 'site' oficial do festival.

A curta de Eric Montchaud "conta a história de um novo aluno sapo que chega a uma escola de coelhos e sente que está onde não pertence".

O júri, composto pela investigadora Gabriela Trevisan e os realizadores João Gonzalez e Laura Gonçalves, atribuiu ainda uma Menção Especial à longa-metragem de animação "A Travessia", de Florence Miailhe, "que narra a travessia heroica de dois irmãos que lutam pela sua liberdade".

Nesta edição foi também atribuído, pela primeira vez, o Prémio Impacto, no valor de mil euros, "resultado de uma parceria com a Universidade do Porto e criado com o objetivo de distinguir um filme que incentive a mudança de perceções e consiga desafiar as convenções".

A animação "Na Natureza", de Marcel Barelli, "conquistou este novo prémio com a temática da sexualidade, numa abordagem divertida e original, desafiando um novo olhar sobre o tema".

O Prémio do Público para Melhor Filme, no valor de 500 euros, foi para "Tinta", de Joost Van Den Bocsh, "uma animação holandesa divertida que, em dois minutos, coloca o público a rir com um polvo que apenas quer que o vidro que enquadra o seu habitat esteja total e completamente limpo".

Na 6.ª edição do IndieJúnior Porto, que decorreu entre terça-feira e hoje, foram exibidos cerca de 50 filmes, em locais como o Teatro Rivoli, a Casa das Artes, o Maus Hábitos e a Reitoria da Universidade do Porto.

 

31
Jan22

"Ganbatte" de Nobuo Suzuki

O segredo japonês da resiliência e da superação

Niel Tomodachi

Wook.pt - Ganbatte

Sobre o Livro:

Nunca desistas, segue em frente.
Em tempos de dificuldades e desafios, muitos sentem que devem reconstruir a sua vida. Os japoneses têm na filosofia do ganbatte o segredo para renascer das cinzas uma e outra vez.
Ganbatte ensina-o a superar todos os obstáculos e a seguir em frente, para alcançar qualquer objetivo a que se tenha proposto. Com este livro inspirador, saberá como aplicar no dia a dia a tenacidade e a resiliência dos japoneses. Aconteça o que acontecer, siga em frente com entusiasmo, amor e persistência. Aguarda-o uma travessia única, uma viagem exclusivamente sua. Acima de tudo, acredite em si mesmo e na sabedoria do seu coração.

 

Sobre o Autor:

Nobuo Suzuki

 

31
Jan22

"A Vila dos Tecidos" de Anne Jacobs

Niel Tomodachi

500x (1).jpg

Sobre o Livro:

O destino de uma família numa época de convulsões e a história de um amor que tudo vence.
Augsburgo, 1913. A jovem Marie começa a trabalhar na cozinha da impressionante mansão dos Melzer, uma família rica, dona da indústria têxtil da região.
Enquanto Marie, uma rapariga pobre, acabada de sair do orfanato onde cresceu, luta, entre intrigas e disputas, por um lugar entre os criados que a olham com desconfiança; os Melzer aguardam com ansiedade o começo da nova temporada dos bailes de inverno, altura em que a bela Katharina, a filha mais nova, será apresentada à sociedade. Apenas Paul, o herdeiro do império Melzer, parece alheio à azáfama, preferindo a sua vida de estudante em Munique. Até que conhece Marie…
A Vila dos Tecidos é o primeiro volume de uma apaixonante saga familiar, que já conquistou mais de dois milhões e meio de leitores.

 

Sobre a Autora:

Anne Jacobs

 

31
Jan22

"Talvez Devesses Falar com Alguém" de Lori Gottlieb

Uma terapeuta, o terapeuta dela, e a vida de todos nós

Niel Tomodachi

O livro que deu conforto (e gargalhadas) a milhares de leitores

Wook.pt - Talvez Devesses Falar com Alguém

Sobre o Livro:

Da autora bestseller do New York Times, psicoterapeuta e colunista nacional de aconselhamento, este é um livro hilariante, provocador e surpreendente, que nos leva aos bastidores do mundo de uma terapeuta - um lugar onde os seus pacientes estão à procura de respostas (e ela também!). Num dia Lori Gottlieb é uma terapeuta que ajuda pessoas no seu, no outro uma crise faz o seu mundo desabar. Subitamente entra na história Wendell, um terapeuta peculiar mas experiente, em cujo escritório ela "aterra". Com uma sabedoria e humor surpreendentes, Gottlieb convida-nos a entrar no seu mundo como profissional e paciente, examinando as verdades e ficções que contamos a nós próprios e aos outros enquanto oscilamos na corda bamba entre o amor e o desejo, o significado da vida e a mortalidade, a culpa e a redenção, o terror e a coragem, a esperança e a mudança. Este é um livro revolucionário na sua transparência e oferece um passeio profundamente pessoal mas universal pelos nossos corações e mentes.

 

Sobre a Autora:

Lori Gottlieb

 

«Um livro que me desafiou a olhar-me sob uma luz inteiramente nova e, ao mesmo tempo, extremamente divertido e absorvente. Uma raridade!»
Katie Couric, jornalista

 

30
Jan22

"A Lista de Coisas que Nunca Vão Mudar" de Rebecca Stead

Niel Tomodachi

500x.jpg

Sobre o Livro:

O meu pai acredita que eu devo receber uma mesada por fazer as tarefas da casa. A minha mãe acredita em mesadas livres e acha que as coisas da casa são para ser feitas a troco de nada. Mas o meu pai dá-me um dólar a mais do que a minha mãe. Parece confuso? Bem-vindos à minha vida.

Uma história sobre a ansiedade provocada pelas mudanças da vida e sobre como o amor pode fazer a diferença!

Há dois anos, os pais da Bea divorciaram-se. Mas apesar de estar dividida entre duas casas, os pais são amigos, amam-na e isso é para ela o mais importante.

Agora o pai da Bea anunciou que ele e o seu namorado vão casar. São notícias maravilhosas e ela não podia estar mais entusiasmada, pois vai concretizar o seu sonho e ganhar uma irmã da sua idade!

Só que a Bea carrega um (grande!) segredo que ensombra este momento tão especial. Uma decisão impulsiva pode pôr em risco a felicidade dos que a rodeiam... Para tentar evitar isso, a Bea vai precisar de muita coragem, humildade e confiança no amor.

 

Sobre a Autora:

Rebecca Stead é uma autora bestseller de livros para crianças e jovens, já foi nomeada e venceu vários prémios internacionais, como a Medalha Newbery ou o prémio Guardian na categoria de Ficção Infantil. Rebecca acredita que a coisa mais importante a saber sobre a escrita é que não existem propriamente regras. E depois de anos a criar histórias para adultos, que nunca saíram da gaveta, decidiu reler todos os livros que a fizeram feliz em criança e começar a escrever para os mais pequenos.

 

«Nenhum autor do momento compreende a vida das crianças com maior clareza, doçura e encanto como a única e incomparável Rebecca Stead.»
Katherine Applegate, autora de O Único e Incomparável Ivan

«Um livro belíssimo»
The New York Times

 

30
Jan22

"Os Beijos" de Manuel Vilas

Niel Tomodachi

Wook.pt - Os Beijos

Sobre o Livro:

Uma ode ao poder salvífico do amor, do autor dos aclamados romances Em Tudo Havia Beleza e E, de Repente, a Alegria.

Março de 2020. Um professor reformado abandona Madrid, cumprindo ordens médicas, e instala-se sozinho numa casa na floresta, nas proximidades de uma pequena povoação. Aí conhece uma mulher hipnotizante, quinze anos mais nova. Ele chama-se Salvador, ela chama-se Montserrat: entre os dois germina uma inesperada relação de confiança, alimentada por uma cadeia de revelações surpreendentes.

Os encontros sucedem-se e são como um bálsamo redentor para duas vidas marcadas pela solidão. Apaixonam-se perdidamente e vão construindo uma relação madura, mesmo se assombrada pela realidade de corpos que já perderam a juventude, pelas memórias de um passado que teima em reaparecer e pela estranheza de se encontrarem numa era que apanhou a Humanidade de surpresa. A narrativa de um homem e de uma mulher que procuram no amor o sentido mais profundo da vida.

O novo romance de Manuel Vilas é uma história de amor em tempos estranhos.

 

Sobre o Autor:

Manuel Vilas é um premiado poeta e narrador espanhol nascido em Aragão (Barbastro, 1962). Entre os seus livros de poesía destacam-se El cielo (2000); Resurrección (2005; XV Premio Jaime Gil de Biedma); Calor (2008; VI Premio Fray Luis de León); Gran Vilas (2012; XXXIII Premio Ciudad de Melilla) e El hundimiento (2015; XVII Premio Internacional de Poesía Generación del 27). A sua poesia reunida publicou-se em 2010 com o título Amor, e a antologia Poesía completa saiu em 2016. É autor dos romances España (2008), que foi eleito pela revista literária Quimera como um dos dez romances mais importantes da primeira década do século XXI; Aire Nuestro (2009), distinguido com o Prémio Cálamo; Los inmortales (2012) e El luminoso regalo (2013). Também é autor de livros de contos e crónicas. Além dos prémios citados, venceu o Premio Llanes de literatura de viagens, e o Premio de Las Letras Aragonesas, em 2015. Em tudo havia beleza (publicado em Espanha com o título Ordesa) foi o primeiro romance seu a ser publicado em Portugal. Conquistou a crítica e milhares de leitores em vários países, tendo arrecadado o Prix Femina em França. Seguiu-se-lhe o romance: E, de repente, a alegria, finalista do Prémio Planeta em 2019.

 

«Vilas explora aqui os matizes de uma narrativa imaginária que se reflete uma vez mais no espelho do grande tema da sua obra: o amor.»
El Periódico

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pág. 1/17

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Quotes:

“How wonderful it is that nobody need wait a single moment before starting to improve the world.” ― Anne Frank

Pesquisar

Nelson's bookshelf: currently-reading

Alfie - O Gato do Bairro
tagged: currently-reading

goodreads.com

2022 Reading Challenge

2022 Reading Challenge
Nelson has read 0 books toward his goal of 50 books.
hide

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Afiliado Wook

WOOK - www.wook.pt

Comunidade Bertand

Afiliado Miniso

Read the Printed Word!

Em destaque no SAPO Blogs
pub