Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Tomodachi (ともだち)

Little Tomodachi (ともだち)

30
Set21

Helpo: No arranque do novo ano letivo pode levar o projeto MUDARTE para a sua escola!

Niel Tomodachi

No arranque do novo ano letivo pode levar o projeto MUDARTE para a sua escola!

MUDARTE é um projeto de Prevenção da Violência através do Teatro do Oprimido promovido nas escolas, que já abrangeu 826 alunos, 23 professores e 36 turmas.
É um projeto que está no terceiro e último ano de implementação, que envolve e capacita os jovens na resolução de problemas associados a situações diversas de violência.
Saiba mais através do vídeo e contacte-nos para levar este projeto, gratuitamente, até à sua escola: 211537687 | carolinamarques@helpo.pt


É um projeto implementado pela Helpo, em parceria com a Associação da BASE AO TOPO, Agrupamento de Escolas de Alvide e Clube Gaivotas da Torre - Associação Juvenil, financiado pelo EEA Grants – Programa Cidadãos Ativ@s (financiado pela Islândia, Liechtenstein e Noruega, gerido pela Fundação Calouste Gulbenkian em consórcio com a Fundação Bissaya Barreto).

 

HELPO

 

29
Set21

"Como Deixar de Fazer Dieta" de Sofia Liberal

Niel Tomodachi

A alimentação como um prazer saudável e feliz.

Wook.pt - Como Deixar de Fazer Dieta

Sobre o Livro:

«Nas minhas consultas há sempre espaço para negociação. Não estamos aqui para transformar a alimentação num fardo e muito menos para obrigar as pessoas a comerem aquilo de que não gostam". Este é o livro pelo qual esperava há tanto tempo. Nunca mais faça dieta e seja feliz.»

«Achava que este ia ser um livro sobre dietas, com dicas para perder peso e de como preparar o corpinho para o fato-de-banho? Pois que não. Não é para isso que aqui estou. Estou aqui, isso sim, quase em jeito de omnipresença, para o acompanhar nesta estrondosa caminhada que é a motivação, essa condição que tanto nos tem faltado nos últimos tempos e da qual dependemos para sermos a melhor versão de nós.»

Sofia Liberal não quer que deixe de comer, que se castigue, que sofra ou que a hora das refeições se transforme num pesadelo. Comer deve ser um prazer e não um sacrifício, o nosso corpo e mente agradecem. Sofia quer que coma, mas que coma bem, de forma saudável e feliz. Que alimente o corpo e que o trate bem porque só temos um. E se quiser comer bolos de vez em quando, pois que coma.

Neste livro não vai encontrar proibições nem dietas iguais para todos. Nós não somos todos iguais: a alimentação deve ser adaptada às rotinas de cada um e não o contrário. Nunca viu um livro assim, pois não? É porque Sofia Liberal é única e especial e só quer o melhor para todos nós.

 

Sobre a Autora:

Sofia Liberal nasceu em Vila Nova de Famalicão e formou-se em Ciências da Nutrição, tirando logo a seguir o curso de Nutrição no Desporto da FCNAUP. Além disso fez o curso de Modulação Intestinal, no Rio de Janeiro, Brasil, em 2020 e participou em vários congressos sobre a saúde intestinal e muitos outros temas da saúde. Sofia é nutricoach e tem uma rubrica semanal no programa «D'mais» no Porto Canal. @sofialiberal_nutr

 

29
Set21

"Marilyn - Uma Biografia" de María Hesse

Niel Tomodachi

Wook.pt - Marilyn - Uma Biografia

Sobre o Livro:

Quem era a verdadeira Norma Jeane Baker?
A actriz mais conhecida da História do cinema, o símbolo sexual de uma era inteira, o protótipo, por excelência, de loira burra e, sobretudo, alguém que, até hoje, permanece uma grande incógnita.

Depois de fazer os corações de Frida Kahlo e Bowie florescer, descobrindo o seu lado mais humano, María Hesse revela a alma de Marilyn Monroe, uma mulher que, como tantas outras das suas contemporâneas, explodiu todos os cânones e merece ser lembrada, hoje mais do que nunca, pelo seu talento, a sua sensibilidade, a sua inteligência e as barreiras que quebrou.

 

Sobre a Autora:

María Hesse (1982). Sem saber, tornou-se ilustradora aos 6 anos. Mas a mãe e a professora sabiam que seria esse o seu caminho. Alguns bons anos depois, após terminar os estudos em Educação Especial, agarrou num lápis e lançou-se, profissionalmente, na piscina da ilustração.
Trabalha há três anos com a editora Edelvives na produção de livros didáticos e também realiza trabalhos de ilustração para as revistas Jot DownMaasui Magazine e Glamour.
María publicou, em várias editoras, as suas obras ilustradas: Orgulho e PreconceitoFrida Khalo: Uma Biografia, obra que ganhou o Prémio da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil do Brasil, Bowie: Uma Biografia e, mais recente, O Prazer.
Para além dos seus trabalhos na área da edição, María Hesse teve as suas obras em várias exposições, desenvolvendo ainda uma atividade pessoal onde a sensibilidade e as mulheres são as principais protagonistas.

 

28
Set21

Miniso: a IKEA japonesa chegou ao Porto (e vai abrir 20 lojas em Portugal)

Niel Tomodachi

Lá pode encontrar bonecos, tecnologia, roupa. Tem um pouco de tudo para todos os gostos.

É um fenómeno mundial que já conta com duas lojas em Portugal: uma na Póvoa do Varzim e outra no ArrábidaShopping. Falamos-lhe da Miniso, que é muitas vezes apelidada de “IKEA” japonês. A marca de fast-fashion abriu agora uma nova loja no Porto, na Praça D. João I.

Os produtos da Miniso são caracterizados pelo seu design minimalista e coleções com diferentes marcas de renome como a Disney, a Marvel, Tom e Jerry e até a Rua Sésamo. 

Esta é a terceira de muitas lojas da Miniso que se levantarão pelo País, visto que a cadeia planeia abrir um total de 20 lojas em Portugal.

“Quando percebemos a proposta da Miniso de trazer até Portugal produtos que misturam as lembranças da infância de muitos, como a Rua Sésamo e a Disney, até peças com design inovador, algumas destas premiadas pelo IF Design Awards e às quais se acrescentam a elevada qualidade de materiais e os preços acessíveis, percebemos que estávamos perante uma equação de sucesso. Foi imediata a vontade de conseguirmos dar resposta ao desafio de acompanhar uma marca como a Miniso”, diz Vera Barata, a retail consultant da Savills Portugal (que assessorou o espaço) citada pelo “Jornal de Negócios”.

A Miniso conta com designers de diferentes países como Japão, Espanha, Dinamarca, Finlândia, Noruega e Coreia do Sul. A colaboração entre todos já rendeu à marca japonesa vários prémios internacionais de design, como o IF Design Awards mencionado anteriormente.

Não é só nas lojas físicas que pode encontrar os vários produtos da Miniso, visto que, adaptando-se aos tempos atuais, contam também com uma loja online com um vasto leque de ofertas.

 

28
Set21

"Querida Sra. Bird" de A. J. Pearce

Niel Tomodachi

Finalista dos British Book Awards para melhor livro de estreia

Querida Sra. Bird - Loja 20|20 Editora: Eu Amo Livros

Sobre o Livro:

Em 1940, enquanto as bombas caem sobre Londres, Emmy Lake tenta contribuir para o esforço de guerra prestando serviço como telefonista no quartel de bombeiros, ao mesmo tempo que sonha com um trabalho como correspondente de guerra.

Quando encontra um anúncio de emprego que parece ir ao encontro das suas expetativas, decide agarrar a oportunidade. Mas afinal o que a espera é um cargo de datilógrafa na revista Amiga da Mulher, sob as ordens da temível Henrietta Bird, responsável pela coluna de conselhos.

Uma palavra amiga pode fazer toda a diferença.

A Sra. Bird recusa-se a ter em consideração as cartas das leitoras que contenham assuntos desagradáveis ou moralmente duvidosos, mas Emmy não é capaz de ignorar os testemunhos de mulheres solitárias ou em sofrimento, e não resiste ao impulso de lhes acudir.

É assim que, em segredo, começa a dar-lhes resposta em nome da Sra. Bird, sem imaginar o que poderá estar a pôr em risco. Afinal, que mal poderia haver na resposta a um pedido de ajuda?

 

Sobre a Autora:

A.J. Pearce é uma autora britânica, natural de Hampshire.
Licenciou-se em História Americana pela Universidade de Sussex.
Em 2012, encontrou um exemplar de uma revista feminina de 1939, tendo ficado particularmente fascinada pela «Página dos Problemas» e pelas centenas de cartas de leitoras que leu durante a sua pesquisa. Foi assim que surgiu a ideia para Querida Sra. Bird, que se tornou bestseller do Sunday Times e foi um dos finalistas dos British Book Awards de 2019 na categoria de Melhor Livro de Estreia, estando já traduzido para 15 línguas.
Atualmente vive no sul de Inglaterra.

 

«Tão hilariante como comovente.»
The Guardian

«Uma história de amizade verdadeira e de como o amor consegue sobreviver até aos tempos mais conturbados.»
Booklist

«Esta história de amizade feminina é o tónico perfeito para aquela sensação retorcida de que o mundo é feio e está louco.»
The Times

 

28
Set21

"Notas sobre um Naufrágio" de Davide Enia

Niel Tomodachi

Um pai e um filho veem a História desenrolar-se à sua frente, no mar de Lampedusa. E a sua relação nunca mais será igual.

Sobre o Livro:

«Este livro é um romance. Conta o que está a acontecer no Mediterrâneo - as travessias, os salvamentos, os desembarques, as mortes - e fala da relação entre mim e o meu pai, abordando ainda a doença do meu tio, seu irmão.» É assim que Davide Enia apresenta Notas Sobre um Naufrágio, um livro que parte da sua experiência em Lampedusa, lugar de um naufrágio simultaneamente individual e coletivo.

De um lado, estão os que atravessaram vários países, e depois o mar, para chegarem à Europa em condições inimagináveis - rapazes feridos e nus, raparigas estupradas e grávidas, crianças e adultos que viram morrer familiares durante a travessia. Do outro, homens e mulheres que os ajudam a desembarcar - voluntários, mergulhadores, pessoal médico, a Guarda Costeira… No meio, o autor, para os ouvir a todos e contar sem paninhos quentes o que realmente acontece em terra e no mar e como as palavras são manifestamente insuficientes para compreender os paradoxos do presente.

 

Sobre o Autor:

Davide Enia (Palermo, 1974) é dramaturgo, ator e romancista, tendo escrito vários livros de ficção e não ficção e realizado um drama radiofónico. Recebeu os mais importantes prémios de teatro em Itália. O romance Notas sobre Um Naufrágio resulta de várias viagens que fez à ilha de Lampedusa, onde assistiu a desembarques sucessivos de migrantes oriundos de vários países africanos, sobreviventes chegados depois de anos de privações, prisão e pressões dos traficantes. A obra, traduzida em várias línguas, venceu o Premio Anima Letteratura 2017, o Premio SuperMondello e Mondello Giovani 2018. A peça baseada no livro, L’abisso, recebeu igualmente vários galardões para Melhor Novo Texto Italiano, Melhor Espetáculo da Estação e Melhor Intérprete de Monólogo atribuído ao próprio Davide Enia.

 

«Uns dias depois de eu ter recomendado Um Muro no Meio do Caminho a uma amiga italiana, ela enviou-me este livro de Davide Enia. “Quando cheguei ao fim, chorei”, confessou-me. Eu também.»
TÂNIA GANHO, AUTORA DE APNEIA

 

28
Set21

História das revoltas contra o império dão outro lado da memória colonial

Niel Tomodachi

Um novo livro concentra histórias da resistência contra o colonialismo português, uma obra coordenada pela historiadora Mafalda Soares da Cunha, que quer ajudar rever a historiografia tradicional, baseada apenas nas virtudes do império.

História das revoltas contra o império dão outro lado da memória colonial

O objetivo é juntar, numa série de pequenos artigos, a "visão dos sem voz, das personagens mais anónimas, menos reconhecidas pela historiografia tradicional", explicou à Lusa a historiadora, reconhecendo que a obra se inscreve numa tendência da historiografia recente de dar uma perspetiva mais abrangente que a tradicional, marcada pelo lusotropicalismo e pelo discurso da excecionalidade do império português.

A opção por obras com a visão dos subjugados "não é por causa do reino do politicamente correto ou da importação de agendas de investigação de outros países", explicou a historiadora, docente na Universidade de Évora. Contudo, "eliminar ou não incorporar na análise dos processos sociais e históricos" -- os subjugados ou o outro -- faz com que "perca precisão, rigor e também a complexidade".

Para a investigadora e coordenadora de um projeto de investigação europeu sobre a resistência aos impérios ibéricos, o olhar centrado em quem foi derrotado permite outro tipo de análises da "maior complexidade e interdependência dos atores históricos".

Estes novos olhares da historiografia portuguesa, em linha com o que sucede noutros países, também está a acontecer nas ex-colónias do império: "Os países de expressão portuguesa estão a fazer a sua análise e têm hoje uma maior perceção da complexidade da sua história", reconheceu, embora admitindo que esse "trabalho está bastante menos desenvolvido do que aqui em Portugal".

Mafalda Soares da Cunha admitiu que este olhar alternativo traz também novas críticas e os "historiadores são acusados de antipatriotismo e de quererem desfazer a grandiosidade do passado pátrio". Ora, "problematizar e acrescentar complexidade não significa desqualificar o que foi feito".

Mais do que novas fontes, este tipo de historiografia procura olhar para a documentação com outro olhar: "os arquivos são espaços de memória construídos pelo poder dominante" e "há que reler num treino que os historiadores vão tendo de que a mesma fonte pode ser lida de múltiplas maneiras".

Adicionalmente, cruzam-se outros olhares transdisciplinares, como a arqueologia ou a etnologia.

Sobre o livro, Mafalda Soares da Cunha espera que a obra tenha aceitação, porque inclui "temas muito diversificados" e "pode ser uma leitura agradável, com entrada em vários grupos de leitores".

O livro "Resistências -- Insubmissão e Revolta no Império Português" chega hoje às livrarias e inclui 50 histórias de insubmissão ou rebeldia ocorridas em territórios sob domínio português entre 1500 e 1850.

"Os protagonistas destas páginas são pessoas discriminadas em função do seu género, religião, etnia, raça, ou nível de riqueza, revelando Portugal e o seu império como um espaço onde circulavam leis e formas institucionais, mas também ideias subversivas, ao longo de três séculos e meio", refere a editora Leya.

Revoltas de escravos e indígenas, perseguições a judeus, hereges ou cristãos, protestos de mulheres e de colonos ou os primeiros ensaios independentistas são retratados na obra, que inclui a assinatura de três dezenas de historiadores de vários países.

 

28
Set21

Se és fã de banda desenhada, toma nota!

Niel Tomodachi

O Festival AmadoraBD arranca a 21 de outubro, na Amadora, em três espaços de exposição, o Ski Skate Amadora Park, a Bedeteca e a Galeria Municipal Artur Boal e, ao contrário do ano passado, já poderá receber visitas presencias.

Da programação, constam pelo menos nove exposições específicas, mostras de exemplares de livros carismáticos, encontros com autores e atribuição de prémios para a melhores produções de BD de 2021 e um especial para a melhor BD de um autor português.

As exposições concentram-se em heróis e autores consagrados, razões de sobra para atrair os amantes da BD: por exemplo, poderás rever lá as personagens da Mulher-Maravilha (a Wonder Woman do DC Comics, criada em 1940) e do Lucky Luke, o cowboy “solitário”, da autoria do franco-belga Morris em 1946, ou Michel Vaillant, o famoso piloto automobilista francês, em mostras retrospetivas para que fãs e público em geral saboreiem um pouco das aventuras destes heróis. Se gostas de mangá ou tens curiosidade em conhecer esta BD japonesa, poderás também apreciar uma retrospetiva da sua história desde o séc. VII até aos nossos dias.

Foram convidados autores famosos para estarem presentes nessas exposições, com destaque para os portugueses Miguel Mendonça e Daniel Henriques e o catalão Álvaro Martínez Bueno, que trabalham na DC Comics, assim como os dois escritores que continuaram a fazer histórias sobre Lucky Luke após o desaparecimento do seu criador, mas também Frank Pé, autor da nova adaptação da BD da personagem Marsupilami e ainda Georges Bess, autor da adaptação de “Bram Stocker” para BD.

O festival AmadoraBD estará em exibição até 1 de novembro.

 

28
Set21

"Do XL ao S" de Joana Menezes Nunes

Perder peso com saúde e saber mantê-lo

Niel Tomodachi

Perca peso e aprenda como evitar recuperar os quilos perdidos.

Wook.pt - Do XL ao S

Sobre o Livro:

Os números são assustadores: no seu conjunto, mais de 50% dos portugueses têm excesso de peso ou obesidade. As dietas de emagrecimento e as dicas milagrosas para perder peso estão por todo o lado: livros, revistas, anúncios, Internet, redes sociais... É impossível fugir-lhes e quase se poderia dizer que, com tantos conselhos, só não emagrece quem não quer. Contudo, não é bem assim: informação sólida e cientificamente comprovada escasseia e filtrá-la pode ser uma tarefa ainda mais árdua.

Como se poderá escolher aquela estratégia de perda de peso que funciona connosco?
E de que modo se pode evitar recuperar todos os quilos que se perderam com dietas inadequadas e desequilibradas que muitas vezes até são prejudiciais à nossa saúde?
E se a pessoa até está a fazer uma alimentação correta acompanhada de exercício físico e, mesmo assim, não consegue emagrecer?

Foi a pensar nestas perguntas que Joana Menezes Nunes, médica endocrinologista e investigadora especializada no tratamento da obesidade, concebeu este livro.

Nele ficará a saber, entre outras coisas:

- Como criar um défice calórico para perder peso de forma saudável e duradoura;
- Qual a importância da água, do descanso e do sono no processo de emagrecimento;
- De que modo a saúde intestinal pode influenciar a perda de peso e a saúde no geral;
- Como manter o foco e evitar as tentações que o farão desviar-se do seu objetivo;
- De que forma a alimentação poderá ajudá-lo em alguns problemas de saúde.

 Escrito com base em informação cientificamente comprovada, este livro prático irá ajudá-lo a transformar por completo a sua alimentação e a sua saúde.

 

Sobre a Autora:

Joana Menezes Nunes é médica endocrinologista. Os seus trabalhos científicos em várias áreas da endocrinologia têm-lhe valido vários prémios a nível nacional e internacional. Atualmente, a sua prática clínica incide sobretudo no tratamento da obesidade, diabetes mellitus e dislipidemia. Além da atividade que exerce em várias clínicas e hospitais no Porto, dedica-se também à investigação médica, nomeadamente em ensaios clínicos na área da obesidade. Do XL ao S é o seu primeiro livro. Poderá saber mais sobre a autora e sobre o seu trabalho em www.joanamenezes.com

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pág. 1/11

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Quotes:

“How wonderful it is that nobody need wait a single moment before starting to improve the world.” ― Anne Frank

Pesquisar

Nelson's bookshelf: currently-reading

Alfie - O Gato do Bairro
tagged: currently-reading

goodreads.com

2021 Reading Challenge

2021 Reading Challenge
Nelson has read 1 book toward his goal of 25 books.
hide

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Afiliado Wook

WOOK - www.wook.pt

Comunidade Bertand

Afiliado Miniso

Read the Printed Word!

Em destaque no SAPO Blogs
pub