Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Tomodachi (ともだち)

Little Tomodachi (ともだち)

02
Mar20

Regar ou não regar? Este vaso independente resolve a questão

Niel Tomodachi

E se um vaso tivesse a capacidade de se auto-irrigar, mantendo as ervas aromáticas viçosas durante, pelo menos, sete dias? O engenho chama-se Easy Flora, é português e o segredo está na cerâmica.

a52a0034-min-scaled_770x433_acf_cropped.jpg

Regar ou não regar? Afogar lentamente ou condenar a planta a agonizar na sua própria secura? O dilema é frequente e resulta, não poucas vezes, em frustração. Não conseguir regar uma planta na dose certa ou simplesmente não conseguir programar a memória para fazê-lo a tempo e horas é o mal de muito boa gente. No ano passado, o problema fez Filipa Alcobia Ferreira e Paulo Destapado começaram a puxar pela cabeça.

Produzir em Portugal e com materiais exclusivamente portugueses foi ponto assente desde o início. Mas como é que um vaso pode manter a terra húmida sem que o cuidador tenha de verter uma gota de água, pelo menos, durante sete dias? “O mais complicado foi mesmo chegar à parte superior do vaso. Fizemos vários testes para que a cerâmica tivesse a porosidade certa, de forma a absorver a água do recipiente inferior, que por sua vez é absorvida lentamente pela planta”, explica Filipa ao Observador.

Paulo Destapado e Filipa Alcobia Ferreira, os inventores do primeiro vaso auto-irrigável feito em cerâmica do mundo © Divulgação

 

Ela vem do marketing e da comunicação, ele da produção de conteúdos digitais. Somadas as partes, o resultado era zero experiência no ramo da cerâmica. “Utilizámos os recursos disponíveis” — Filipa refere-se à FAPOR, fábrica de loiças decorativas e utensílios de cozinha em faiança localizada na Batalha e que, por relações familiares, acabou por ser a incubadora da Easy Flora. Para já, a pequena dimensão do vaso está pensada para ervas aromáticas e os testes feitos apontam para sete dias de autonomia, no mínimo. Saber quando é que está na altura de voltar a pôr água é fácil, basta ver se o recipiente inferior já está vazio.

“O mecanismo já está patenteado, é o primeiro no mundo a garantir a auto-irrigação através da cerâmica”, esclarece Filipa. “Existem outros mecanismos, mas são vasos feitos de plástico e isso foi logo o que quisemos eliminar”, continua Filipa. Na FAPOR, onde os vasos da Easy Flora são produzidos, o processo segue outros exemplos ambientalmente conscientes. Todas as sobras de faiança (cacos, em bom rigor) são incluídos novamente na produção. Se não é zero, o desperdício anda lá perto.

Estes vasos, disponíveis em branco e em cinzento, chegaram ao mercado em dezembro. Agora, a dupla quer investir em divulgação — em Portugal, mas também além-fronteiras. No último mês, a dupla de empreendedores passou pela Maison et Objet, mostra de referência na área do design de interiores. “Ficámos muito surpreendidos por perceber que não havia concorrência simplesmente”, acrescenta Filipa. Na mesma feira, quiseram comprar-lhes o vaso e levá-lo para longe, deixando para trás o nome original. Filipa e Paulo recusaram, até porque de onde veio esta ideia podem surgir muitas mais.

O próximo passo será adaptar o engenho a vasos de maiores dimensões, levá-los para espaços públicos (por enquanto estão à venda na loja online, mas a ideia é pô-los em concept stores) e até convidar artistas para lhes darem um toque especial. O mundo aguarda ansiosamente, na esperança de garantir a sobrevivência das suas plantas domésticas.

Nome: Easy Flora
Data: 2019
Ponto de venda: loja online
Preço: 34,90 euros

 

Source: https://observador.pt/

02
Mar20

"1 Picasso por 100 euros". O sorteio solidário vai levar água a 200 mil pessoas

Niel Tomodachi

Picasso pintou "Natureza Morta" em 1921. Agora, o quadro vai ser sorteado, basta comprar um bilhete de 100 euros para estar habilitado. As receitas vão permitir levar água potável a 200 mil pessoas.

visuel-picasso-scaled_770x433_acf_cropped.jpg

A ideia foi de Péri Cochin, uma conhecida apresentadora e produtora da televisão francesa, que quis apoiar uma causa solidária sem recorrer ao tradicional formato de uma gala beneficente. Pela segunda vez, o projeto “1 Picasso por 100 euros” vai sortear uma obra do reputado pintor espanhol. Agora, o quadro em questão é “Natureza Morta”, de 1921, avaliado em um milhão de euros.

O sorteio acontece no dia 30 de março e será feito pela leiloeira Christie’s, em Paris. No total, foram postos à venda 200.000 bilhetes, no valor de 100 euros cada um, que podem ser comprados em qualquer parte do mundo. No final, o valor angariado (a simples soma de todos os bilhetes postos à venda é de 20 milhões de euros) será doado a um projeto liderado pela Care.

“Natureza Morta”, quadro pintado por Picasso em 1921 e avaliado em um milhão de euros © Divulgação

 

A ONG estima conseguir fornecer água limpa a 200.000 pessoas no continente africano. O plano inclui a construção e reabilitação de poços, instalações de saneamento e latrinas em povoações e escolas nos Camarões, em Madagáscar e nas regiões mais pobres de Marrocos.

Mas Cochin, de origem libanesa, não é a única envolvida no projeto. David Nahmad não é apenas o dono da obra em questão. Com mais de 300 quadros, é também o maior colecionador de Picassos do mundo. No final do sorteio, ser-lhe-á pago o valor de “Natureza Morta” — uma representação cubista de um recorte de jornal e de um copo de absinto. Até encontrar o novo dono, o quadro vai permanecer onde tem estado, no Museu Picasso, em Paris.

 

As receitas do sorteio vão ser usadas para providenciar água limpa e melhores condições de saneamento a 200.000 pessoas em três países africanos © Divulgação

 

A Administração Patrimonial de Picasso bem como os seus herdeiros associaram-se à iniciativa. “Emocionou-me profundamente o entusiasmo do público por esta iniciativa. É uma forma de a nossa família continuar com o compromisso do próprio Picasso para com as populações mais pobres e, para além disso, de oferecer às outras pessoas a oportunidade de descobrir a sua obra”, referiu Claude Picasso, filho do pintor.

A primeira edição do sorteio “1 Picasso por 100 euros” aconteceu em 2013 e os 5 milhões de euros angariados serviram para construir uma aldeia de artesanato nos arredores de tiro, cidade no sul do Líbano. O vencedor foi Jeffrey Gonano, um norte-americano de 25 anos, residente na Pensilvânia, que levou para casa um desenho de Picasso avaliado em mais de um milhão de dólares.

 

 O quadro será sorteado em Paris, no dia 30 de Março.

 

02
Mar20

O pijama calmante da Mustela ajuda a combater a pele atópica nos bebés

Niel Tomodachi

A marca vai oferecer 10 por cento de desconto imediato na compra do produto, a propósito do Dia Mundial do Sono.

d66831a5c35d8bf217291e9db0b3ea23-754x394.jpg

(Esta condição pode causar desconforto)

A pele atópica afeta negativamente o sono dos bebés ao causar irritabilidade e desconforto. Para ajudar a combater este problema, a Mustela desenvolveu um pijama calmante que ajuda a diminuir a agitação, ao mesmo tempo que promove o bem-estar e a qualidade das noites das crianças pequenas que sofrem desta condição cutânea.

A propósito do Dia Mundial do Sono, que se assinala a 15 de março, a empresa tem uma campanha de 10€ de desconto imediato na compra do Pijama Calmante Cutâneo Mustela. Esta peça infantil inédita torna a pele do bebé mais suave a partir de sete dias de utilização.

 

Este pijama está disponível em dois tamanhos: dos 6 aos 12 meses e dos 12 aos 24 meses. Está disponível nas farmácias e parafarmácias portuguesas e é um cosmetêxtil feito cem por cento de algodão com costuras exteriores, sem fragrância e impregnado com ativos calmantes de origem natural.

 

01
Mar20

Nestlé cria ração que reduz alergénicos no pêlo dos gatos

Niel Tomodachi

O produto é lançado em abril, apenas nos Estados Unidos. Nos meses seguintes chega a Portugal.

59b71546047fc91221091e43d013b589-754x394.jpg

Em média, um em cinco adultos são sensíveis a alergénicos em pêlo de gatos. Para melhorar a vida dessas pessoas, a Nestlé Purina criou uma ração que reduz essa sensibilidade. Chama-se Pro Plan LiveClear e, segundo o site “HiperSuper”, é o resultado de mais de 10 anos de pesquisa.

Segundo a mesma publicação, “o produto apresenta na sua fórmula uma proteína específica proveniente de ovos, que neutraliza a proteína Fel d 1, produzida naturalmente pela saliva dos gatos e que é apontada pela Nestlé como principal alergénico presente no pêlo dos gatos”.

Este produto passa a estar à venda em abril, mas apenas nos Estados Unidos da América. Só nos meses seguintes chegará aos restantes mercados onde a Purina está presente, incluindo Portugal. Por enquanto, não foram divulgados preços.

 

01
Mar20

Esta caminhada solidária é para ser feita com o cão

Niel Tomodachi

A Junta de Freguesia de Benfica marcou uma Cãominhada para sábado, 7 março

3c6278f6afedd3e20f224f8a06d02c3d-754x394.jpg

No próximo sábado, 7 de março, a Junta de Freguesia de Benfica vai organizar uma Cãominhada em que o objetivo passa pelos donos fazerem o percurso com os seus cães. O início está marcado para as 9h30 no Complexo Desportivo da Junta de Freguesia de Benfica.

Não é preciso fazer inscrição para participar nesta atividade. Contudo, como é um evento solidário, pode dar os donativos que quiser. Estes revertem para a Associação Focinhos e Bigodes, que se dedica à proteção de animais abandonados.

Segundo a organização da Cãominhada, pode doar dinheiro ou géneros para cães ou gatos.

01
Mar20

PAR quer acolher refugiados sírios que se encontram na Turquia

Niel Tomodachi

A Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR) mostrou-se hoje disponível para acolher refugiados sírios que se encontram na Turquia e apela ao Governo para que seja aplicado o acordo bilateral com a Grécia.

naom_56e5902a32564.jpg

A PAR mostra-se, desde já, disponível a acolher "os requerentes de asilo e refugiados que se encontrem em território grego e a colaborar com o governo português na identificação de obstáculos e no reforço da capacidade de acolhimento portuguesa", pode ler-se num comunicado enviado às redações.

A Plataforma esta preocupada com a atual situação política vivida na Turquia, país que acolhe no seu território cerca de 3,6 milhões de refugiados sírios e que, na sexta-feira, "decidiu abrir as suas fronteiras a estes refugiados com destino à Europa".

Esta situação, refere a nota, "poderá vir agravar a já frágil situação humanitária vivida na Grécia, em especial nas ilhas gregas de Lesbos, Quios Samos e Kos, onde mais de 56 mil pessoas aguardam uma resposta ao seu pedido de Asilo.

Considera a PAR ser "absolutamente urgente" que Portugal reforce a sua capacidade de acolhimento para que possa receber mais refugiados e garantir-lhes uma resposta rápida e digna, podendo isso ser feito através do .Acordo Bilateral assinado em Portugal e a Grécia.

"A PAR apela assim, mais uma vez, à efetiva transferência de requerentes e beneficiários de asilo ao abrigo do Acordo Bilateral - assinado em março de 2019 entre o governo português e o governo grego -- para Portugal, onde sejam tratados como pessoas e encontrem a Paz e a estabilidade que merecem e procuram", apela-se no documento.

Segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), cerca de 13 mil pessoas abandonaram o território turco com destino à Grécia, pais que se recusa a abrir-lhes as suas portas, prometendo reforçar o controlo das fronteiras e recorrendo ao gás lacrimogéneo para repelir as centenas de famílias que tentam chegar à Europa através do seu território.

A PAR ressalva que há famílias acompanhadas de menores e em situação de particular vulnerabilidade, que fogem de perseguições ou que procuram Paz que o seu país não lhes consegue garantir e critica a ausência de uma "resposta europeia concertada à recolocação destas pessoas em território grego pelo espaço comunitário".

Cerca de 13 mil pessoas estavam no sábado junto da fronteira greco-turca após o Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, ter aberto as fronteiras para deixar passar migrantes e refugiados para a Europa, segundo a OIM.

O Presidente da Turquia abriu as fronteiras com a Europa para a passagem de migrantes e refugiados, adiantando que nas próximas horas entre 25 mil e 30 mil pessoas podem tentar chegar à Grécia.

A Turquia alberga atualmente 3.5 milhões de refugiados sírios e centenas de migrantes e refugiados da Ásia, África e Médio Oriente usam o país como ponto de trânsito para alcançar a Europa através da Grécia.

 

01
Mar20

CHICKEN SOUP IN LAO STYLE

Niel Tomodachi

chi1.jpg

The national dish of Laos is “Chicken Soup”, a local food in Laos. The ingredients in the ingredients are lemongrass, mint leaves, garlic and shallot. Most of Laos food has vegetables and herbs as ingredients in their cooking, similar to Thai food. “Chicken soup” is considered the most simple food. Minimal cooking The original flavor was not as spicy as we understood it.

The process for making this recipe.

  1. Lemongrass, garlic, onion, chilli pounded enough
  2. Put water into the pot until hot. Put the pounded ingredients in.
  3. When the water boils, add the chicken, when the chicken is cooked, flavored, sour, spicy, salty
  4. Put into a bowl and sprinkle with mint and dill. Serve hot with sticky rice.

 

01
Mar20

OKONOMIYAKI

Niel Tomodachi

e0b982e0b8ade0b982e0b884e0b982e0b899e0b8a1e0b8b4e0Okonomiyaki (Japanese Pizza) means grilling, is a delicious pancake that has lettuce and other ingredients in the flour at a famous shop. Mizuno is a family-run business that has been around since World War II. Use sweet potato as the main Along with grilled pork and scallops, some shops will serve okonomiyaki already cooked Or some stores may serve as ingredients for you to smear on a flat pan by yourself, which will allow you to have fun and enjoy before eating.

 

01
Mar20

Histórias Para Crianças#4

Niel Tomodachi

Ler uma linda história infantil para seu filho a qualquer momento ou na hora do sono é mágico.

Assim, trago mais algumas sugestões para os mais novos:

"Pede um Desejo" de Chris Saunders

Uma vez por ano, os desejos lançam-se no ar,
cheios de esperança, com uma luz sempre a brilhar:

O Coelho apanha um desejo pela primeira vez.
Tem tanta sorte que consegue logo três!
Mas, sem a certeza sobre que maravilhas pedir,
pede ajuda aos seus amigos para se decidir.

Com os conselhos do Rato, da Raposa e do Urso,
o Coelho descobre que pensar nos outros
pode trazer a melhor riqueza de todas

"O Elefante com o Coração na Lua" de Marlene Ferraz

«O amor pode vir de repente e durar para sempre.» - Ditado dos mais antigos elefantes
O amor é uma constante na vida de todos os animais: pássaros, lagartos, homens e até elefantes. Por isso, o Pesado, um rapaz da manada elefantina da grande floresta que tinha o coração desocupado, andava triste: não havia raparigas elefantes por quem se enamorar. Então, cheio de vontade de conhecer este sentimento tão poderoso, encanta-se por uma coisa também redonda, provavelmente pesada e luminosa. Comovidos, todos os animais amigos tentam ajudar a elaborar um plano para erguer o sonhador elefante ao céu e levá-lo a conhecer essa luz que o fascina. Esta é a história do primeiro elefante do mundo a navegar no espaço, em direção à Lua e ao amor.

"O Amor que Bate no Coração" de Jane Chapman

O Pequeno Urso partiu a planta preferida da mãe. E se ela deixar de o amar como antes? Felizmente, a Mamã Ursa sabe exatamente o que fazer… "Põe a tua pata junto ao meu coração", diz, a sorrir. " Sentes o meu amor a ti a bater sem nunca parar?" Agora, o Pequeno Urso sabe sempre que palavras recordar sempre que algo não corre tão bem!

"Endireita-te" de Rémi Courgeon

Adjoa, endireita-te! Em Djougou, para que uma menina cresça, põem-lhe coisas na cabeça: café, feijão, bananas, sonhos, jerricãs e até segredos difíceis de guardar.

E é de dentes cerrados e cabeça erguida, como lhe ensinaram, que Adjoa nos diz como foi pesando cada objecto, cada gesto e sentimento, desde pequenina a crescida.

Uma história contada em jeito poético e inusitado, que nos mostra como se podem transformar objectos de dor em actos de amor.

"27 Histórias para Comer a Sopa" de Ursula Wölfel

Era uma vez um menino que não queria comer a sopa. A mãe disse-lhe: «Sou eu quem ta vai dar.» Então o menino respondeu: «Está muito quente!»

A mãe mexeu a sopa. Agora já não estava quente. Mas o menino virou a cabeça e resmungou: «Não tenho fome! Não quero comer! Quero brincar!»

Então a mãe começou a contar-lhe uma história para ele comer a sopa.

A apaixonante história da máquina de saltos, os estranhos gostos culinários de uma vaca, a história de uma borboleta recém-nascida que tinha medo de voar ou a generosidade de um esquilo para com uma família de ratos são alguns dos contos breves - mas de intenso sabor - que uma mãe vai desfiando para vencer a falta de apetite do filho frente a um prato de sopa.

Todos nós, nalgum momento da infância ou da maturidade, já nos vimos refletidos neste livro, ora arquitectando artimanhas para estimular o apetite dos mais pequenos, ora abrindo a boca para dar as boas-vindas a sucessivas porções de comida que sulcavam o ar a bordo de talheres voadores.

Neste caso, a colher que seguramos com estas "27 histórias para comer a sopa" contém as muito sugestivas narrativas de Ursula Wölfel, adornadas pelo talento do ilustrador Pablo Bernasconi. Para comer a sopa, para ir para a cama, para tomar banho... qualquer atividade se torna irresistível se for precedida de algum destes contos, estruturados com uma linguagem simples e prática.

"Nico - O Unicórnio" de Natalina Cóias

O Nico é um unicórnio muito especial que tudo enche de alegria graças aos seus espirros mágicos.

Uma obra encantadora para os mais pequenos de Natalina Cóias, uma das mais talentosas ilustradoras nacionais.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pág. 22/22

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Quotes:

“How wonderful it is that nobody need wait a single moment before starting to improve the world.” ― Anne Frank

Pesquisar

Nelson's bookshelf: currently-reading

Alfie - O Gato do Bairro
tagged: currently-reading

goodreads.com

2022 Reading Challenge

2022 Reading Challenge
Nelson has read 0 books toward his goal of 50 books.
hide

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Afiliado Wook

WOOK - www.wook.pt

Comunidade Bertand

Afiliado Miniso

Read the Printed Word!

Em destaque no SAPO Blogs
pub